Seu parceiro passa mais tempo no celular do que com você?

Um casal abraçado enquanto cada um olha para a tela do seu próprio celular

Categoria: Casamento

Avatar de Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Importante: este artigo é meramente informativo e insuficiente para um diagnóstico definitivo. Sendo assim, é recomendado agendar uma consulta sobre seu caso em particular.

Publicidade
Início do artigo

Seu parceiro passa mais tempo no celular do que interagindo com você? Seu relacionamento mudou para pior quando ele preferiu as redes sociais, e não o relacionamento romântico?

Você não está sozinho.

Cerca de 71% das pessoas passam mais tempo em seus celulares do que com seus parceiros românticos. Destes 71%, 52% gastam entre três a quatro horas a mais em seus celulares do que com seus parceiros, todos os dias.

Embora os smartphones e as redes sociais não impactassem nossa vida há 10 anos atrás, hoje sim.

As pessoas gastam, em média, 5,4 horas de tela nos celulares todos os dias. Além disso, os 10% dos usuários mais conectados o tocam quase 5.500 vezes ao longo do dia!

Em grande parte, a dependência por tecnologia é intencionalmente produzida. As redes sociais, por exemplo, são construídas propositadamente para nos manter presos ao celular.

Leia também:  O que os casais precisam saber sobre o tratamento silencioso

Independentemente disso, é provável que você esteja muito incomodado ao ver seu parceiro olhando constantemente para a tela do celular, enquanto tenta conversar.

Sem surpresa, 43% dos “usuários de tecnologia pesada”, ou seja, aqueles que passam entre cinco e oito horas em seus telefones todos os dias, têm problemas de relacionamento quando comparado aos 28% daqueles que passam menos de uma hora por dia.

Se seu parceiro gasta muito tempo olhando o celular e seu relacionamento está piorando por causa disso, a boa notícia é que ainda há esperança.

Identificar os maus hábitos que estão prejudicando o relacionamento e trocá-los por bons hábitos, além de conversar com um Psicólogo se o problema persistir irão fortalecer o relacionamento, bem como permitir o encontro do verdadeiro amor em um mundo impulsionado pelas redes sociais.

Os maus hábitos nas redes sociais que atrapalham o relacionamento

Para eliminar maus hábitos do dia-a-dia, primeiro é necessário identificá-los.

Se seu parceiro está acumulando muito tempo na tela enquanto está com você, aqui estão alguns dos hábitos que certamente estão impulsionando esse comportamento:

Phubbing

Phubbing é o ato de desprezar outra pessoa para dar atenção ao celular.

Por exemplo: quando você está saindo com seu parceiro, e de repente ele decide atender o telefone, esteja ele consciente desse ato ou não.

Usar o telefone à mesa

Estejam vocês tomando café da manhã, almoçando ou jantando, as refeições são o momento perfeito para conversarem e perguntarem como foi o dia ou quais planos um do outro.

Se seu parceiro costuma atender o telefone durante a refeição, é provável que você não fique muito feliz.

Leia também:  3 tipos de comunicações tóxicas que acabam com relacionamentos

Além disso, seu parceiro pode colocar todo tipo de graxa e outros restos de comida em seu dispositivo. Que nojo!

Espionar antigos interesses amorosos

As redes sociais nos permite manter em contato com outras pessoas à distância.

De fato, cerca de 34% dos indivíduos espionam um ex ou interesse romântico atual online.

Se seu parceiro é o tipo de pessoa que tem esse comportamento, você não ficará muito feliz quando descobrir o que pode estar acontecendo.

Verificar as redes sociais logo pela manhã e a última coisa à noite

Seu parceiro é o tipo de pessoa que verifica as redes sociais antes de dizer bom dia, ou que a verifica como a última coisa antes de dormir?

Nesse caso, esses hábitos causarão rachaduras em seu relacionamento, pois a atenção dele estará em outro lugar durante os momentos íntimos do dia.

É óbvio que esta lista não é de forma alguma exaustiva. Mas, deve lhe dar uma boa ideia de alguns dos maus hábitos mais induzidos por smartphones e que atrapalham os casais.

Publicidade

Quais novos hábitos introduzir para manter o relacionamento vivo?

Se o excesso de tempo de tela do seu parceiro está arruinando o relacionamento, sugira algumas das mudanças a seguir:

Excluir aplicativos

Quando o excesso de tempo de tela está atrapalhando o relacionamento, há uma solução simples: excluir os aplicativos que estão roubando a maior parte do tempo.

Ao não ter alguns aplicativos no telefone, será mais improvável que seu parceiro gaste tempo nas redes sociais quando estiver com você.

Exercitar a empatia

O seu parceiro precisa colocar-se no seu lugar.

Leia também:  Por que alguém sempre escolhe o mesmo tipo de parceiro?

Como ele se sentiria se você pegasse o telefone no meio de uma conversa e começasse a ignorá-lo? Provavelmente, não ficaria muito feliz.

Ao tentar ver as coisas da sua perspectiva, pode ser mais fácil para ele se livrar do telefone quando estiverem juntos, pois espera-se que ele não queira ferir os seus sentimentos.

Colocar o celular em outra sala

Quando você estiver tentando ter algum tempo de qualidade sozinho com seu parceiro, seja ao preparar uma refeição ou resolver um quebra-cabeça juntos, sugira que ele deixe o telefone em outra sala.

Quando o celular está fora do alcance, ele não poderá pegá-lo no meio da conversa.

Providenciar um despertador real

Cerca de 83% das pessoas usam o telefone como despertador. Se isso se aplica ao seu parceiro, considere comprar um despertador antigo e deixar o telefone fora de alcance enquanto vocês dormem.

Ao fazer isso, vocês eliminarão a tentação de vasculhar o telefone logo pela manhã e antes de dormir.

Façam uma terapia de casal

Dependendo de quão ruim é a dependência com as redes sociais, abandonar os maus hábitos e desenvolver os bons pode não ser tão fácil e simples.

Se a situação for particularmente difícil, sugira uma terapia de casal para superar os desafios.

O Psicólogo certo vai ajudá-los a lidar com os problemas e a encontrar uma solução amigável para ambos.

Sobre o autor: Emilson Lúcio da Silva

Avatar de Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Artigos relacionados

Avatar do Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Autor: Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Emilson Lúcio da Silva é Psicólogo desde 2012. Ele possui o título de especialista pelo Conselho Federal de Psicologia e é reconhecido como uma autoridade na área de saúde mental.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *