O poder dos narcisistas em conduzir para polarização

Quatro pilhas alinhadas com o pólo positivo para cima

Categoria: Narcisismo

Avatar de Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Importante: este artigo é meramente informativo e insuficiente para um diagnóstico definitivo. Sendo assim, é recomendado agendar uma consulta sobre seu caso em particular.

Publicidade
Início do artigo

Os narcisistas são conhecidos por serem egocêntricos e arrogantes. Mas eles também podem ser extremamente capazes de conduzir para polarização.

O impacto dessa polarização é contagioso, de modo que outras pessoas próximas à ele comecem a ver o mundo também dessa maneira. Consequentemente todo um grupo pode se polarizar dentro de si.

Polarização nas famílias

Isso ocorre especialmente durante e após uma separação ou divórcio.

Um pai narcisista diz ao filho que o outro pai é estúpido ou um perdedor, ou que o divórcio é tudo culpa do outro. Com o tempo a criança absorve esses comentários negativos, e começa a usá-los como sendo seus: “Papai diz que você é um perdedor” ou “Mamãe diz que você nunca será muito”.

Em seguida, a criança resiste ou a recusa o contato com o pai “perdedor”. A família acaba na justiça com parentes, amigos e profissionais de um lado ou de outro, ocasionando uma guerra tribal.

Um lado pode dizer que a criança resiste ao contato com um dos pais porque o pai “rejeitado” é abusivo ou inadequado com ela. Os outros defendem o genitor rejeitado, dizendo que o “favorecido” falou mal do genitor rejeitado na frente dos filhos.

Leia também:  As melhores estratégias para fazer um narcisista te respeitar

À medida que mediadores, avaliadores e juízes tentam descobrir isso, o nível de raiva e frustração aumenta entre todos os envolvidos. Isso se transforma em uma grande polarização emocional chamada alienação parental.

No entanto, algumas vezes esse desentendimento é impulsionado por um dos pais com pensamento de tudo ou nada, emoções não gerenciadas e um senso arrogante de superioridade. Um pai narcisista, embora existam outras possibilidades em alguns casos.

A criança geralmente adota o pensamento de tudo ou nada e as emoções não gerenciadas de um dos pais, e se torna cada vez mais extrema em sua resistência ou recusa em ter qualquer contato com o outro pai. Isso pode incluir tias, tios e avós em uma polarização familiar mais ampla.

Polarização no local de trabalho

No local de trabalho, um narcisista repetidamente deprecia ou até mesmo intimida um trabalhador e elogia outros, o que é chamado de mobbing ou bullying em grupo.

Mais cedo ou mais tarde, o grupo vai se dividir entre aqueles que acreditam e favorecem o agressor e aqueles que acreditam e defendem o alvo do bullying. Geralmente isso é liderado por um narcisista, que gosta de depreciar alguém que considera um perdedor enquanto afirma ser bastante superior em comparação.

Publicidade

Um narcisista costuma recrutar ativamente outros para que concordem com ele e fiquem do seu lado. Como este é um processo emocional, cada lado começa a sentir intensa aversão ou ressentimento em relação ao outro lado, à medida que o grupo se torna intensamente “dividido” e cada vez mais disfuncional.

Leia também:  10 sinais de que um narcisista quer sua atenção após o término

Polarização na área da saúde

Um outro exemplo de como um narcisista pode conduzir para polarização é conhecido como “staff splitting” em ambientes de saúde, como hospitais. Locais onde há uma equipe trabalhando com cada paciente, incluindo médico, enfermeiros, assistentes sociais e outros.

Um paciente narcisista diz a um membro da equipe que ele é muito bom em seu trabalho, mas que outro membro da equipe é incompetente ou inútil.

Isso leva os membros da equipe a se verem de maneiras igualmente positivas ou negativas e, eventualmente, se ressentirem uns dos outros à medida que absorvem a noção de vencedor-perdedor do paciente.

É claro que essas equipes muitas vezes trabalham duro para não deixar que essa divisão aconteça, especialmente se estiverem cientes do impacto potencial que um paciente com transtorno de personalidade narcisista pode causar.

Polarização na política

Isso se tornou uma preocupação crescente na última década, pois as pessoas em muitos países viram seus líderes e partidos políticos se tornarem emocionalmente polarizados.

É importante saber que este é um processo emocional, mais do que um produto racional e normal de divergências sobre políticas. Durante décadas, políticos opositores foram capazes de discordar e ainda negociar compromissos em uma ampla gama de questões.

Mais recentemente, com a ajuda de notícias e as redes sociais, as diferenças foram intensificadas, e os políticos com tendências mais narcisistas conquistaram os holofotes e afugentaram os políticos mais moderados e flexíveis.

Leia também:  Estratégias para usar ao divorciar-se de um narcisista

Deve-se entender que, de muitas maneiras, a polarização de hoje não é sobre questões, mas sobre personalidades. Muitas vezes personalidades narcisistas que não parecem se importar com o impacto de suas palavras e comportamento sobre os outros.

Afinal, em seus impulsos para ganhar “poder ilimitado”, eles se sentem livres para serem “exploradores interpessoais”, e sua “falta de empatia” permite que se comportem dessa maneira.

Embora muitas pessoas acreditem que as redes sociais nos tornaram mais agressivos e hostis politicamente, somente um pequeno subconjunto de pessoas que são responsáveis por conduzir para polarização.

Em vez disso, discussões políticas hostis são o resultado de indivíduos orientados por status, atraídos pela política e igualmente hostis tanto online quanto offline. Finalmente, as discussões online parecem mais hostis, em parte porque o comportamento de tais indivíduos é mais visível online do que offline.

Como evitar se deixar conduzir para polarização?

Ao reconhecer esses padrões de comportamento, somos mais capazes de sintonizar aqueles que nos polarizam para propósitos narcisistas.

Falar respeitosamente cara a cara parece ser muito mais eficaz como forma de superar a polarização do que ouvir e acreditar no que personalidades agressivas nos dizem sobre os outros.

Muitas vezes, o “problema” não é o problema; a personalidade é o problema.

Sobre o autor: Emilson Lúcio da Silva

Avatar de Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Artigos relacionados

Avatar do Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Autor: Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Emilson Lúcio da Silva é Psicólogo desde 2012. Ele possui o título de especialista pelo Conselho Federal de Psicologia e é reconhecido como uma autoridade na área de saúde mental.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *