O que há de errado com quem se apaixona por um narcisista?

Estátua de pedra com o rosto ao contrário

Categoria: Narcisismo

Avatar de Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Importante: este artigo é meramente informativo e insuficiente para um diagnóstico definitivo. Sendo assim, é recomendado agendar uma consulta sobre seu caso em particular.

Publicidade
Início do artigo

Houve uma época, durante conversas comuns, que a palavra “narcisista” raramente era usada como um adjetivo. Hoje, porém, ela está em toda parte. Porém, é correto usar a palavra “narcisista” para descrever uma pessoa que professa sentir amor por outra, mas demonstra o contrário, abusando desse suposto objeto de afeição? Não. Ele ou ela apenas tem “problemas” que precisam ser suportados para que a união ou relacionamento sobreviva.

Se você conheceu, se apaixonou e se casou com alguém que se enquadra como narcisista, então pode, sem dúvida, identificar os traços que essas pessoas aparentemente encantadoras possuem.

Aqueles que são ou foram vítimas de um narcisista, não importa há quanto tempo, conseguem descrever alguém que repetidamente as puxa, as empurra, e corrói o senso de identidade. Elas vivem em uma realidade que nunca imaginaram.

O narcisista é alguém que distribui abuso mental, emocional (ou mesmo físico) e depois demonstra um impressionante remorso, mas não consegue ver a causa e o efeito de suas ações como um motivo para buscar ajuda. E ainda mais triste: uma pessoa que nunca conseguiu imaginar a ideia de que a palavra “narcisista” pudesse se aplicar a ela, o que, aliás, faz parte do próprio transtorno.

Leia também:  As maneiras como um narcisista trata o ex após a separação

Alguém se apaixona por um narcisista por várias razões, mesmo que pareça desafiar o bom senso e a incapacidade de reconhecê-lo desde o início. A verdade é que qualquer um pode se envolver em um relacionamento com um narcisista. Até nossa própria autoestima contém elementos de narcisismo, e uma dose saudável dele tem suas vantagens.

Os narcisistas grandiosos são os mais habilidosos em atrair alguém para relacionamentos românticos. Eles começam demonstrando charme e carisma. E, estranhamente, são as partes manipuladoras de sua personalidade que nos atraem.

Eles são ótimos no flerte, nos desafiando enquanto nos atrai. É diferente. É sexy. Sentimo-nos especiais por termos nos tornado objetos de sua atenção. Eles confiam em nosso entusiasmo contínuo por estar com eles. Essa “fachada” de empolgação pode durar um longo tempo e, mesmo quando temos vislumbres de sua incapacidade, damos de ombros por medo da empolgação desaparecer.

Isso não significa que haja algo de errado com você. Significa apenas que ainda não percebeu o que está acontecendo, escolhendo ficar com ele. Ninguém (nem mesmo um narcisista) consegue fazer você se sentir pequeno, com seus abusos sutis ou evidentes, sem permissão implícita de sua parte.

Publicidade

Nossas primeiras influências, autopercepções e exemplos de vida são, claro, nossos pais. Se você teve um pai que mostrava amor apenas quando você agia de uma determinada maneira, então aprendeu a aceitar o amor que acredita merecer.

Leia também:  Love bombing e narcisismo: uma mistura tóxica

Nossa “necessidade de se sentir necessário” explica por que os narcisistas são atraídos por nós e nós por eles. Sua propensão a amar incondicionalmente é como ouro para uma pessoa que deseja que todo o foco permaneça nela.

Se você é ingênuo em relação a qualquer uma das coisas mencionadas aqui, levará muito mais tempo para perceber o que está acontecendo. Você pode rotular sua devoção a uma pessoa que o trata mal como um sinal de lealdade e estabilidade, em vez de reconhecer a codependência existente.

Como quebrar essa atração por pessoas narcisistas? Cabe a você perceber que não será capaz de convencê-lo de que qualquer conflito central de relacionamento decorre de uma “distúrbio”. Até mesmo referir-se a sua personalidade dessa maneira geralmente é um anátema para eles.

Leia também:  Quais são os padrões de relacionamento de um narcisista?

Faça um balanço da pessoa incrível que você é, e especialmente aquela que era antes de encontrar o narcisista por quem se apaixonou, e que faz você se sentir pequeno.

Vá a um Psicólogo. Com a pessoa certa e sua vontade de examinar o que te leva a se apaixonar por um narcisista, no passado ou no presente, tudo isso virá à tona. Quebrar esse padrão é uma das coisas mais saudáveis ​​que você pode fazer por si mesmo, mesmo que demore um bom tempo para encontrar outro parceiro.

Sobre o autor: Emilson Lúcio da Silva

Avatar de Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Artigos relacionados

Avatar do Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Autor: Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Emilson Lúcio da Silva é Psicólogo desde 2012. Ele possui o título de especialista pelo Conselho Federal de Psicologia e é reconhecido como uma autoridade na área de saúde mental.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *