Questão: Não sei se devo dizer à minha futura namorada ou esposa que tenho atração gay e também já tive relações com outros rapazes (não tenho namorada neste momento). Minha preocupação é que ela, ao descobrir meu problema, conte para minha família e prejudique minha relação com eles. Contanto que eu não queira mais ter relações homossexuais, eu gostaria de saber se você acha que ainda posso ter uma boa consciência omitindo minha atração por homens MESMO se ela me fizer uma pergunta direta sobre isso? Ou seja, haveria uma exceção “moral” para “mentir” para proteger o meu bem-estar individual? Neste cenário, você acha que eu poderia me sentir bem se evitasse que ela descobrisse isso dizendo que “o passado é passado, nosso compromisso um com o outro é o que importa” ?

Resposta: Embora eu possa perceber a sua preocupação, acho que você está colocando ênfase na pergunta errada. Em outras palavras, acho que você está usando uma hipotética futura namorada como uma forma mais direta de lidar consigo mesmo. A questão não é o que você vai dizer a sua namorada imaginária sobre suas preferências sexuais no passado e no presente, mas sim o que você vai fazer para lidar com essa realidade em você.

Você afirma especificamente que sentiu atração e teve relações anteriores por outros homens. Você não diz que teve um relacionamento com uma mulher, e isso deixa o que você está dizendo apenas como uma hipótese. O cenário que você apresenta é que, quando a mulher com quem você estiver descobrir que você mentiu para ela sobre sua verdadeira natureza (por omissão), ela ficará chateada. Em outras palavras, quando ela descobrir que você a traiu com esse segredo, ela vai arruinar seu relacionamento com sua família ao contar a eles. Você gostaria que ela mantivesse o segredo de que você não está atraído por ela e que ela não se machuque com isso. Isso não é justo. O “segredo” que você fala parece mais como algo que você não está disposto a admitir.

Eu recomendaria enfaticamente a psicoterapia individual com um Psicólogo especializado em questões relacionadas ao sexo. Esse é um problema seu, e não algo sobre o qual deva mentir para outra pessoa.

No fundo está a sua crença de que o que você está sentindo é impróprio. Você diz: “… eu sei que é errado fazer certas coisas com outros caras …” Isso é o que está te levando a fabricar uma namorada e o que você vai dizer a ela. Trabalhar com um psicoterapeuta habilidoso para resolver esse problema será mais útil do que tentar descobrir se mentir será melhor.

Até breve!

Compartilhe este artigo !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *