Cabeçalho site

Psicólogo online para vítimas de narcisismo em qualquer lugar do mundo

Início

Artigos

Sobre

Início » Quanto tempo leva para superar um ex?

Quanto tempo leva para superar um ex?

Um relógio antigo em cima de uma mesa de madeira

Este conteúdo não foi escrito por inteligência artificial.
Assim, você tem garantia de que ele possui qualidade, precisão e originalidade.


Enquanto você tenta se recompor de um término de relacionamento ruim, é provável que fique se perguntando: “Quanto tempo isso vai durar?”. Porém, infelizmente, não há uma resposta definitiva.

As pessoas se recuperam da dor em ritmos diferentes. Você precisará de mais tempo para superar os relacionamentos que duraram mais, por exemplo, ou que foram mais significativos. De qualquer modo, a cura virá com o passar do tempo.

Talvez você já tenha visto uma teoria, popularizada por vários sites, de que a superação da separação requer metade do tempo que o relacionamento durou. Porém, ter um ponto final claro para o sofrimento vai ajudá-lo a se sentir melhor, mas a superação nem sempre seguirá um cronograma claro.

Algumas pessoas ainda se veem lutando contra a dor da separação mais de um ano depois de terminarem, enquanto outras se curam e seguem adiante em semanas, mesmo quando o relacionamento durou um ano ou mais.

Livre-se do narcisismo em sua vida!

Psicólogo Emilson Silva com camisa roxa e rindo

Com mais de 12 anos de experiência, já ajudei milhares de pessoas a superarem algum tipo de abuso narcisista.

Contudo, em média, você poderá começar a se sentir rapidamente melhor após cerca de 10 semanas.

A superação depende de muitos fatores

Como não há uma definição precisa de quanto tempo é necessário para a superação do rompimento, então é melhor presumir que não há um prazo fixo. O tempo varia muito porque há vários fatores diferentes afetando o processo.

Se você já passou por outras separações antes, reserve um momento para olhar para trás e ver como a cura não aconteceu no mesmo tempo em todas as vezes.

Alguns fatores potenciais que afetam a recuperação incluem:

A qualidade do compromisso

De um modo geral, quanto maior o investimento pessoal em um relacionamento, maior a angústia sentida quando ele termina. Ao acreditar que há um potencial duradouro, provavelmente haverá mais incômodo quando ele terminar.

Digamos que você e seu parceiro acreditavam estarem completamente apaixonados. Talvez vocês tenham acabado de morar juntos ou conversaram sobre filhos. Então, de repente, algo aconteceu e virou seu relacionamento de cabeça para baixo. Quando a separação chega como uma surpresa indesejável, a confusão e a mágoa tornam ainda mais difícil superar a rejeição.

Quando se mora junto, há ainda mais dor, especialmente quando houver mudanças indesejadas nas finanças, arranjos de vida ou amizades compartilhadas.

Infidelidade

Quando um relacionamento termina por causa da infidelidade, a recuperação segue um caminho ainda mais difícil. Além de processar a separação, há a quebra de confiança. O trauma da traição tem um efeito prolongado na saúde mental, dificultando seguir em frente e a confiança em futuros parceiros.

Qualidade do relacionamento

Relacionamentos saudáveis ​promovem um efeito positivo no seu bem-estar. Relacionamentos de baixa qualidade ou prejudiciais, no entanto, não oferecem os mesmos benefícios.

Se você e seu parceiro brigaram muito, tiveram problemas de comunicação, ou sempre pareciam prestes a desistir, o alívio acaba sendo maior do que a própria chateação do término. Talvez você até não tenha brigado, mas não havia mais o interesse pessoal suficiente um no outro.

Quem terminou o relacionamento?

Terminar um relacionamento não gratificante é um alívio. Pode até parecer certo que a pessoa que termina se sentirá menos angustiada, mas nem sempre é o caso. Mesmo alguém percebendo que o relacionamento não está dando certo, ainda assim pode não querer terminar.

Talvez você ainda ame o parceiro e deseje manter o relacionamento, mas reconhecer que tomou a decisão certa vai ajudar a se recuperar mais rapidamente. Por outro lado, a rejeição dói. Quando é seu parceiro que termina, o senso de valor próprio vai deixá-lo vulnerável por muito tempo.

É possível acelerar a superação do término?

É totalmente compreensível que se queira acelerar o processo de recuperação. A maioria das pessoas não gosta de chafurdar em um coração partido, e a dor do rompimento é um fardo pesado.

Não há muito que se possa fazer para apressar sua cura, mas cultivar a paciência e deixar o tempo fazer sua mágica ajudará. Sua dor pode parecer intensa agora, mas não vai durar para sempre.

Como iniciar o processo de superação?

Embora não consiga curar seu coração partido rapidamente, poderá cuidar de si mesmo. Essas dicas ajudarão a aumentar a resiliência e melhorar suas perspectivas ao iniciar a recuperação.

Lembre-se de que está tudo bem sofrer

Aceitar a perda de seu relacionamento e todos os sentimentos dolorosos que o acompanham é um passo importante para se recuperar. Pode parecer mais fácil reprimir esses sentimentos e fingir que está tudo bem. No entanto, suprimi-los não ajudará em nada.

Encontrar-se com a tristeza, a traição, a raiva e o desespero dói no começo, mas a meditação da atenção plena e abordagens semelhantes ajudarão a reconhecer e aceitar essas emoções.

Concentre-se no autocuidado

Nos dias seguintes ao término, você não vai sentir vontade de dormir e acordar regularmente, tomar banho, sair de casa ou cozinhar. É totalmente compreensível dar a si mesmo um tempo para deixar as coisas se acalmarem. Mesmo assim, manter uma rotina adiciona estrutura e normalidade aos seus dias.

Cuidar de suas necessidades físicas também lhe dará energia para se curar. Coma bem , faça algum exercício e reserve um tempo para um sono de qualidade. Isso fará diferença no seu humor.

Mantenha uma perspectiva equilibrada

Não coloque toda a culpa em si mesmo, ou em seu ex. Isso não ajudará muito em sua recuperação. Na verdade, ter uma visão negativa do ex ajuda a superá-lo mais rapidamente. Mas fazer isso também parece aumentar a quantidade de angústia.

Em vez de negar ou invalidar seus sentimentos, lembre-se de que está tudo bem se você ainda amar o seu ex. Dê a si mesmo espaço para experimentar plenamente essas emoções e em seguida, passe para uma distração positiva.

Mantenha distância

Manter uma distância física e emocional do ex cria espaço para processar eventos. É difícil evitar completamente a outra pessoa, especialmente se vocês moram perto um do outro, compartilham círculos sociais, ou interesses semelhantes. No entanto, estabeleça limites claros em torno do contato.

Em um mundo de comunicação instantânea, evitar um ao outro nas redes sociais também é benéfico. Algumas pessoas exigem isso apenas até que terminem o relacionamento, enquanto outras acham mais útil distanciar-se permanentemente.

Livre-se do narcisismo em sua vida!

Psicólogo Emilson Silva com camisa roxa e rindo

Com mais de 12 anos de experiência, já ajudei milhares de pessoas a superarem algum tipo de abuso narcisista.

Como saber que você superou um ex?

Embora não haja uma maneira infalível de determinar quando você finalmente se recuperou do rompimento, provavelmente notará alguns dos seguintes sinais:

  • Você consegue pensar nos bons momentos que estiveram juntos, sem dor;
  • Você não evita mais atividades compartilhadas ou seus restaurantes favoritos;
  • Você se sente inteiro e completo;
  • Não se importa mais em pensar neles;
  • Você se sente pronto para tentar um novo relacionamento com alguém diferente.

Não há como responder quanto tempo realmente leva para superar um ex, mas tenha certeza de que levará o tempo que for necessário.

Das profundezas da angústia, muitas vezes é difícil ver alguma luz adiante, mas você pode ver melhorias antes do esperado. Se você continuar se sentindo mal, um Psicólogo vai oferecer orientação e apoio no processo de cura.


Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *