Mulher olhando através de um binóculo

A busca da felicidade: características de pessoas felizes. Em cada vida, um pouco de chuva deve cair. A sua chuva vem de uma nuvem perdida em um dia ensolarado ou é de um céu cinzento e nublado que nunca vai embora?

Previsões pessoais de dias ensolarados e climas ensolarados contribuem positivamente para a saúde de uma pessoa.

Não é surpresa que uma mente satisfeita e um espírito alegre melhorem o funcionamento fisiológico. Sabemos que o estresse, a depressão e a ansiedade, podem causar doenças físicas.

Tanto o estresse quanto a depressão são causadores de doenças cardíacas e ataques cardíacos. Pessoas com forte estresse no trabalho têm custos de saúde 50% mais altos.

É um equívoco comum pensar que a vida sempre será melhor no futuro: quando temos uma casa maior, um carro mais bonito, quando somos casados, temos filhos ou nos divorciamos, assim que terminarmos uma tarefa difícil no trabalho ou mudarmos de emprego completamente.

Na verdade, a vida está sempre cheia de desafios. Devemos decidir ser felizes apesar das circunstâncias .

A felicidade também não está relacionada com a idade. Pesquisas com milhares de pessoas nos dizem que a idade por si só tem muito pouco impacto na felicidade.

Os anos da adolescência podem ser despreocupados e alegres, ou podem ser cheios de angústia e perturbadores. A pós-aposentadoria é um momento de aventura e exploração para alguns, isolamento e solidão para outros.

Leia também:  15 dicas para aumentar seu bem-estar e felicidade

A felicidade depende da maneira como os desafios são enfrentados, não da idade.

A felicidade não é um gênero. Estudos mostram que nenhum dos sexos é inerente ou estatisticamente mais feliz do que o outro.

A felicidade não está à venda. As discussões sobre dinheiro e felicidade abrangem a história da humanidade. Parece que a riqueza não confere felicidade. Em um estudo de 1957, cerca de 35% da população se identificou como feliz. Hoje, 30% dos brasileiros se dizem felizes. Isso apesar da melhoria na renda familiar média, do conforto, do acesso à informação e do luxo.

A verdade é que o dinheiro tem alguma correlação com a felicidade. Pessoas ricas o suficiente para pagar as necessidades básicas como comida, abrigo e cuidados de saúde geralmente são mais felizes do que as pessoas que não têm essas necessidades.

Depois que as necessidades básicas são satisfeitas, a riqueza perde muito de seu poder de criar contentamento ou felicidade.

Um estudo das pessoas na lista das 100 pessoas mais ricas da revista Forbes indica que elas são apenas um pouco mais felizes do que os cidadãos comuns.

Leia também:  Alivie seu estresse com música

A pesquisa parece dizer que felicidade não é ter o que você quer, mas querer o que você tem.

Principais características de pessoas felizes

Há uma série de qualidades compartilhadas por muitas pessoas que tendem a ser felizes. Veja 8 delas:

  1. Pessoas felizes gostam de si mesmas. Elas se veem como emocionalmente e fisicamente saudáveis, acreditam que são mais éticos e inteligentes, acreditam que são menos preconceituosos e mais capazes de se relacionar com as pessoas;
  2. Pessoas felizes têm uma sensação de controle pessoal. Elas se sentem fortalecidas, e por causa disso tendem a se sair melhor no trabalho e na escola, além de lidar melhor com o estresse.
  3. Pessoas felizes são otimistas. Elas esperam que coisas boas aconteçam, se sentem otimistas, o copo está meio cheio e sempre tentam entender os eventos de forma otimista e positiva.
  4. Pessoas felizes são extrovertidas. Não sabemos se a felicidade torna as pessoas mais extrovertidas ou se a extroversão causa felicidade, mas estatisticamente, elas se correlacionam.
  5. Pessoas felizes têm relacionamentos íntimos. Isso aparece mais obviamente em pesquisas que nos dizem que as pessoas casadas geralmente são mais felizes do que as solteiras. Mas não é uma questão de casamento, e sim de relacionamentos íntimos e de confiança.
  6. Pessoas felizes têm uma base espiritual. Espiritualidade é um sistema de crenças que se concentra em elementos intangíveis que adicionam significado e vitalidade às experiências de vida. Não importa se isso é uma crença em Deus, uma vida de oração dedicada ou comunhão com a natureza. Estudos mostram que pessoas altamente espirituais são duas vezes mais felizes do que pessoas que não o são.
  7. Pessoas felizes tendem a ter vidas equilibradas. O tempo de suas vidas dedicado ao trabalho, lazer e espiritualidade é suficiente para cada um. Eles reservam tempo para reflexão e relaxamento.
  8. Pessoas felizes são criativas. Elas examinam os problemas do maior número de pontos de vista possível e encontram maneiras criativas de lidar com eles. Elas não permitem que a vida se torne sedentária. Elas continuam produzindo novas idéias e aprendendo coisas novas.
Leia também:  Por que é tão difícil ser feliz ?

A relação entre mente, corpo e espírito é muito íntima. Cada aspecto afeta os outros: o coração alegre serve de bom remédio. Esse antigo conselho agora é apoiado pelas pesquisas científicas mais modernas.

Você pode praticar as oito características da felicidade e contribuir para sua saúde geral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *