A terapia por telefone é capaz de destruir barreiras emocionais

Uma mulher fazendo terapia por telefone celular

Categoria: Terapia online

Avatar de Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Importante: este artigo é meramente informativo e insuficiente para um diagnóstico definitivo. Sendo assim, é recomendado agendar uma consulta sobre seu caso em particular.

Publicidade
Início do artigo

Existem muitas razões práticas pelas quais a terapia por telefone é uma coisa boa, mas gostaria de me concentrar mais especificamente em alguns de seus benefícios psicológicos, e lançar a ideia de que ela destrói as barreiras emocionais que mantêm alguns pacientes fora do consultório.

Porém, a terapia por telefone não é para todos. Para alguns pacientes, nada supera a experiência presencial.

Justificativas comuns para fazer terapia por telefone

Contudo, vejamos algumas preocupações comuns e como a terapia por telefone vai ajudar:

A terapia presencial é muito intensa

A terapia é intensa, especialmente se você nunca a fez antes. Quando se pensa sobre isso logicamente, há uma série de fatores que acontecem de uma só vez:

  • Conhecer alguém novo;
  • Entender como funciona a terapia;
  • Discutir assuntos pessoais;
  • Encontrar um bom Psicólogo e;
  • Ajustar-se a um novo espaço.
Leia também:  Como incentivar seu parceiro a fazer terapia online?

Um comentário repetido que ouço sobre a terapia por telefone é que ela ajuda as pessoas a se sentirem menos autoconscientes e mais livres para falar.

Essa modalidade representa uma espécie de campo de força que suaviza a experiência, ou serve como introdução para pessoas reticentes à terapia presencial.

Dificuldade de se concentrar por tanto tempo

Sentar-se no sofá de um consultório de Psicologia por uma hora é um luxo para alguns, outros se incomodam com a possibilidade de ficarem impacientes, incapazes de ficar quietos e distraídos.

Alguns escolhem a terapia por telefone porque, na liberdade de sua própria casa, podem se levantar, se movimentar, beber um copo d’água se necessário, ajudando a continuar uma conversa.

Além disso, sem a necessidade de contato visual, as pessoas conseguem falar com mais facilidade, até mesmo fechando os olhos para facilitar a concentração.

Estar muito ansioso para a terapia presencial

Para alguns, saber que não precisam “ver e ser vistos” faz uma diferença significativa, principalmente em situações em que sofrem de ansiedade social ou agorafobia (medo intenso de espaços públicos onde a fuga é limitada ou impossível).

Para os propensos a ataques de pânico, o receio é ser notado por outras pessoas. Embora raramente detectável, a privacidade do telefone oferece a possibilidade de não ser visto, proporcionando segurança suficiente para prosseguir com a sessão.

Leia também:  O que você precisa saber antes de iniciar uma terapia online

Dificuldades para se abrir presencialmente

Isso está relacionado a um medo de não saber o que dizer, de esperar, da ansiedade ou uma crença de que “eu não faço esse tipo de coisa.”

Embora essas preocupações estejam presentes em uma situação de terapia por telefone, às vezes ouço que, se o Psicólogo tiver uma presença mais anônima, então será mais fácil para o paciente se abrir, ou que a própria estrutura da terapia por telefone é mais emocionalmente íntima.

Esquecer o horário da sessão presencial

Isso pode acontecer, e é um alívio para muitos saber que a sessão pode acontecer por telefone, desde que o Psicólogo ofereça essa opção. O seu tempo e dinheiro não são perdidos pela falta na sessão de terapia.

A terapia por telefone não serve para todos

Obviamente, a terapia por telefone não é adequado para todos. Se você está tendo pensamentos suicidas, psicose, mania, está se automutilando ativamente ou está envolvido em outro comportamento que comprometam sua segurança, ela não é uma opção segura ou ética.

Leia também:  As situações onde a terapia pode trazer prejuízos

A terapia por telefone não deve ser confundida com as linhas diretas de suicídio, como o CVV!

Se você acredita que a terapia por telefone funciona melhor para você, converse ou entreviste um Psicólogo para saber se ele oferece essa modalidade de atendimento.

Publicidade

Alguns Psicólogos não praticam a terapia por telefone rotineiramente, mas estão dispostos a fornecer o serviço se você o solicitar. Outros não fazem terapia por telefone e serão muito claros sobre isso.

Se o Psicólogo fornecer a modalidade de terapia por telefone, pergunte sobre as políticas e como elas diferem de uma sessão presencial. Quer você escolha fazer para todas as suas sessões por telefone, ou esporadicamente, isso ajudará você a prosseguir quando de outra forma não parece possível.

Sobre o autor: Emilson Lúcio da Silva

Avatar de Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Artigos relacionados

Avatar do Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Autor: Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Emilson Lúcio da Silva é Psicólogo desde 2012. Ele possui o título de especialista pelo Conselho Federal de Psicologia e é reconhecido como uma autoridade na área de saúde mental.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *