Com que frequência você deve fazer sessões de terapia online?

Uma mulher sorrindo ao fazer suas sessões de terapia online com um Psicólogo

Categoria: Terapia online

Avatar de Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Importante: este artigo é meramente informativo e insuficiente para um diagnóstico definitivo. Sendo assim, é recomendado agendar uma consulta sobre seu caso em particular.

Publicidade
Início do artigo

Uma das perguntas mais comuns que recebo de novos pacientes é: “com que frequência devo fazer minhas sessões de terapia online?”

Não há certo ou errado no que diz respeito à frequência das sessões de terapia.

Ao contrário da crença comum, a terapia não é aplicada como uma “solução única, para todos”.

Cada indivíduo tem seu conjunto único de desafios e precisará de uma abordagem de tratamento personalizável para suas situações específicas.

Porém, antes de tomar qualquer decisão sobre a frequência com que fará terapia online, é altamente recomendável conversar com um Psicólogo.

Durante sua consulta inicial, ele dedicará um tempo para conhecer você e suas dificuldades.

É importante notar que a frequência das sessões de terapia online não é necessariamente uma “garantia” de que seus problemas serão resolvidos dentro do número especificado de sessões, mas sim uma estimativa baseada nas experiências anteriores do Psicólogo.

Algumas advertências

Fatores mitigantes

As recomendações de frequência para fazer sessões de terapia online depende de cada paciente, individualmente.

Ou seja, uma recomendação geral não é aplicável.

No entanto, algumas das razões pelas quais um Psicólogo modifica à frequência incluem:

  • Situação financeira do paciente: ele pode pagar os honorários do Psicólogo? Ele tem fontes alternativas de financiamento?
  • Circunstâncias: ele têm tempo para participar da terapia online na frequência recomendada?
  • Circunstâncias extraordinárias: existem barreiras sistêmicas que impedem a participação no esquema terapêutico sugerido?

A importância da colaboração

Além disso, embora o Psicólogo tenha uma ideia sobre qual frequência é a melhor para um paciente, esta recomendação deve incorporar colaboração.

Leia também:  A importância do respeito à privacidade no sucesso da terapia

Qual a opinião do paciente? Ele concorda ou acredita que uma frequência diferente seria mais apropriada?

A importância da revisão

A frequência das sessões de terapia online muda ao longo do tempo.

Uma situação típica é que os pacientes compareçam com mais frequência no início e, à medida que os ganhos são obtidos, o tempo entre as sessões aumenta.

Isto promove a confiança do paciente e aumenta suas habilidades de enfrentamento.

De tempos em tempos, é fundamental revisar o cronograma de terapia online com o Psicólogo.

Ela ainda está atendendo às suas necessidades?

Os Psicólogos variam na quantidade de tempo disponível para atendimento ao longo do ano, influenciando a frequência das sessões.

Os motivos incluem:

  • Período de férias;
  • Doenças eventuais;
  • Fatores da vida pessoal, como por exemplo, cuidados com crianças, idosos, morte de entes queridos, outras circunstâncias da vida;
  • Fatores adicionais, como feriados, eventos climáticos, etc.

Agendamento

Alguns Psicólogos têm todos ou a maioria de seus pacientes em um horário fixo, enquanto outros são mais flexíveis.

Há, ainda, aqueles que oferecem uma combinação de ambos.

Obviamente, fatores como procrastinar o agendamento ou faltar às sessões interferem na frequência ideal da terapia online.

Os Psicólogos também devem ter suas agendas abertas com antecedência suficiente para que os pacientes se planejem adequadamente.

Recomendação de frequências

Vamos analisar mais de perto por que determinadas frequências de sessões de terapia online são mais recomendadas do que outras.

É claro que o que funciona para um pode precisar ser modificado, dependendo da situação e dos fatores mencionados acima.

E, como quase tudo na vida, não existem regras rígidas e rápidas.

A situação de cada paciente é única, assim como as recomendações.

Uma vez por semana

As sessões semanais são as mais comuns para pacientes que estão iniciando na terapia online.

Reunir-se semanalmente com um Psicólogo permite que ambos co-criem a jornada.

As sessões semanais de terapia online ajudam a desenvolver habilidades relacionadas à comunicação, enfrentamento e atenção plena, junto com muitas outras.

Essas habilidades se desenvolvem em qualquer frequência, mas a frequência semanal faz com que essas habilidades “peguem” muito mais cedo!

Depois de algum tempo nessa rotina, paciente e Psicólogo conseguem tomar a melhor decisão para aumentar ou diminuir a frequência da sessão.

  • Proporciona um apoio mais intensivo, muitas vezes relacionado com sofrimento/crise intensa, situações de vida altamente desafiadoras ou preocupações de saúde mental mais agudas;
  • Oferece uma abordagem mais intensiva, de modo a acelerar os ganhos terapêuticos;
  • Para quem está começando na terapia online, deseja desenvolver a aliança terapêutica mais rapidamente e busca um crescimento precoce;
  • Indicado para quem está passando por uma fase difícil e precisa se beneficiar de um suporte extra.
Leia também:  O que é e o que faz um terapeuta?

Uma vez a cada duas semanas

As sessões quinzenais são praticamente o mesmo das sessões semanais, mas ocorrem quinzenalmente.

Alguns pacientes consultam-se com seus Psicólogos a cada duas semanas, dependendo de suas necessidades terapêuticas.

Isso também é benéfico se ele estiver pagando do próprio bolso ou apenas precisar de um check-in quinzel.

O paciente obtém benefícios semelhantes às sessões semanais, mas com um pouco mais de tempo para o processamento.

Isso significa que ele terá um pouco de lição de casa extra para fazer entre as sessões de modo a mantê-lo responsável por sua jornada terapêutica.

  • Proporciona crescimento constante e sustentado, o suficiente para ganhar impulso, mas não tanto apoio que torne difícil avaliar se o enfrentamento pessoal está ou não melhorando;
  • Para quem está enfrentando um nível moderado a alto de estresse na vida, problemas de saúde mental ou circunstâncias desafiadoras;
  • Para quem quer trabalhar questões mais profundas ou antigas de forma dedicada.

Uma vez por mês

As sessões mensais são ótimas para quem progrediu na maior parte da jornada terapêutica e só precisa de suporte mensal.

Publicidade

A maioria dos Psicólogos não recomendará esta opção até sentir que o paciente está bem o suficiente para fazê-lo.

Começar com tão pouca frequência torna mais desafiador obter o suporte necessário ao desenvolver novas habilidades.

  • Pacientes que querem mais espaço para trabalharem em seus objetivos;
  • Aqueles que fizeram mudanças por meio da terapia online e dos quais se orgulham;
  • Pacientes que estão se sentindo mais confiantes em suas habilidades de enfrentamento;
  • Pacientes que reconhecem que os principais aspectos da sua situação melhoraram.

Conforme o necessário

Sessões de terapia online conforme o necessário variam em frequência.

Normalmente, elas começam depois do paciente ter passado por uma terapia online de curto ou longo prazo, mas também é usada por aqueles que não têm necessariamente quaisquer problemas de saúde mental.

Leia também:  Como dispensar sua Psicóloga da forma correta?

Em uma semana, pode-se consultar o Psicólogo duas vezes e depois passar algumas semanas ou meses sem ele.

  • Pacientes que já alcançaram vários de seus objetivos;
  • Pacientes que desejam manter os ganhos;
  • Pacientes que valorizam a conexão com o Psicólogo, de uma forma que os ajude a se sentirem encorajados e afirmados;
  • Pacientes que estão procurando um check-in periódico para “se manterem no caminho certo”;
  • Pacientes que estão buscando soluções esporádicas.

Embora alguns pacientes compareçam com uma frequência superior a uma vez por mês, isso não é ideal.

Com uma frequência tão espaçada, a primeira parte da sessão sera gasta na reorientação para as circunstâncias atuais, e que mudaram desde a última sessão.

Assim, haverá menos tempo para trabalhar com os problemas atuais.

Palavras finais

O recomendado é iniciar com sessões semanais durante 4 a 6 semanas, independentemente de você estar sendo proativo ou trabalhando em um desafio específico.

No entanto, em situações de crise, várias sessões por semana serão necessárias para estabilizar a situação.

Realizar as primeiras 4 a 6 sessões semanais são importantes porque duas coisas estão acontecendo:

  1. Conhecer seu Psicólogo, como ele trabalha e se você se sente confortável. Veja se pode confiar na orientação e nos insights que ele apresenta, se considera que as respostas e a forma de trabalhar são úteis. Se essa confiança não existir, você não obterá o retorno do investimento;
  2. Seu Psicólogo precisa saber tudo sobre você e o que o levou à terapia online. Ele está coletando informações sobre sua história, sua família, sua saúde, sua rede de apoio e suas estratégias atuais de enfrentamento por meio do que você diz e do que não diz.

Depois que construírem confiança e um bom relacionamento, vocês poderão decidir juntos o que será melhor em termos de frequência de sessão.

Por outro lado, se você já faz terapia e acha que seu Psicólogo está recomendando uma frequência que não faz sentido para você, fale!

Se não estiver satisfeito com a resposta dele, faça uma pausa ou escolha outro Psicólogo.

Sobre o autor: Emilson Lúcio da Silva

Avatar de Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Artigos relacionados

Avatar do Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Autor: Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Emilson Lúcio da Silva é Psicólogo desde 2012. Ele possui o título de especialista pelo Conselho Federal de Psicologia e é reconhecido como uma autoridade na área de saúde mental.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *