Por que é necessário pagar pelas sessões de terapia?

Homem em frente a um notebook segurando um cartão de crédito com a mão direita

Categoria: Terapia online

Avatar de Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Importante: este artigo é meramente informativo e insuficiente para um diagnóstico definitivo. Sendo assim, é recomendado agendar uma consulta sobre seu caso em particular.

Publicidade
Início do artigo

Algumas pessoas que já quiseram fazer terapia podem ter experimentado um desconforto ao descobrirem quanto deverão pagar ao Psicólogo. Contudo, as questões que normalmente ficam sem respostas são:

  • Por que é necessário pagar pelas sessões de terapia?
  • O Psicólogo não se preocupa com o paciente o suficiente para fazer isso gratuitamente?

Em outras palavras, há um embate e uma contradição entre a intimidade interpessoal na hora da terapia e a troca mercantil de dinheiro. O tópico raramente é abordado diretamente durante as sessões, então quero tentar examinar algumas de suas facetas.

As resposta mais simples e lógicas para as perguntas anteriores são:

  • O paciente não está pagando pelos cuidados do Psicólogo, estará pagando pelo tempo que o Psicólogo se dedicará à ele;
  • O Psicólogo deve ser compensado financeiramente se quiser ganhar a vida fazendo o que o paciente está procurando;
  • Sem pagar pela terapia, como o paciente vai valorizá-la?
Leia também:  Por que os Psicólogos não dão conselhos diretos?

Isto não é uma verdade absoluta, mas pacientes que pedem redução no preço da sessão não se envolvem tanto quanto aqueles que não pedem uma redução. É mais fácil entrar no “modo de bate-papo” quando o tempo que o paciente passa com o Psicólogo não custa muito.

Quando cada minuto gasto custa algo significativo, é mais provável que o paciente se esforce para aproveitá-lo ao máximo.

Aqui está uma quarta resposta às perguntas: o Psicólogo não é amigo do paciente, mas um profissional que está trabalhando para ajudá-lo. O dinheiro é apenas um aspecto de muitos que diferencia um Psicólogo de um amigo.

Um amigo geralmente é partidário aos problemas do paciente, enquanto o Psicólogo é treinado para ser mais objetivo e para auxiliar a olhar para os problemas de uma maneira que um amigo não pode ou não quer fazer. Isso sem falar dos anos em que o Psicólogo foi para uma faculdade e estava em treinamento.

Publicidade

Uma quinta resposta às perguntas: por estar pagando ao seu Psicólogo, você tem o direito de esperar que o relacionamento penda a seu favor. Com amigos e conhecidos, existe um contrato social de reciprocidade. Se seu amigo ouve seus problemas, espera-se que você ouça os dele.

Na terapia, tudo gira em torno de você o tempo todo (ou pelo menos deveria ser). Pode levar algum tempo para se acostumar, quando você inicia a terapia pela primeira vez, que o foco estará sempre em você. E é por isso que você está pagando.

Leia também:  6 verdades sobre as pessoas que fazem terapia

Uma sexta resposta à pergunta: o pagamento é literalmente uma das diferenças do que torna alguém um profissional. Seu vizinho pode saber como consertar sua torneira com vazamento, mas um encanador que você paga é um profissional que fez o trabalho centenas, senão milhares de vezes. Ele pode lidar com uma ampla gama de problemas que seu vizinho nunca lidou, porque é o que o encanador faz em tempo integral.

O mesmo ocorre com um Psicólogo: por trabalhar em tempo integral, há uma profundidade de experiência, uma tranquilidade e um profissionalismo que vêm com o tempo, o que torna mais seguro para você revelar seus segredos de forma mais segura.

E a resposta final que listarei, embora tenha certeza de que há mais, é que a terapia não é tão fácil quanto parece. Superficialmente, parece que estamos apenas sentados lá, recolhendo dinheiro para acenar com a cabeça e dizer “o que você acha?”.

Leia também:  O que considerar e quanto custa uma terapia online?

Lembro-me de ter lido uma descrição de que um bom Psicólogo se parece com um cisne, deslizando pela água. Abaixo da superfície, o cisne está remando como um louco. O mesmo acontece com a terapia: o que parece ser silencioso na superfície, ou com explicações prontas para tudo o que o paciente diz, cobre o que está acontecendo abaixo dessa superfície.

Há um diálogo contínuo dentro da cabeça do Psicólogo enquanto ele verifica, mede, questiona e se concentra em cada nuance do comportamento do paciente. É um trabalho árduo, por isso nenhum Psicólogo pode atender 40 clientes por semana. Exige muito foco mental para fazer isso.

Ai estão algumas das principais razões pela qual o paciente deve pagar pelas sessões de terapia.

Sobre o autor: Emilson Lúcio da Silva

Avatar de Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Artigos relacionados

Avatar do Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Autor: Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Emilson Lúcio da Silva é Psicólogo desde 2012. Ele possui o título de especialista pelo Conselho Federal de Psicologia e é reconhecido como uma autoridade na área de saúde mental.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *