Não há qualquer qualquer obrigatoriedade da empresa em abonar faltas no trabalho mediante apresentação de atestado psicológico.

O atestado psicológico tem apenas efeitos de justificativa de faltas e impedimentos.

A empresa deveria, em tese, aceitar tal documento, uma vez que os atestados psicológicos são documentos emitidos com base em avaliações cientificamente fundamentadas e, portanto, gozam de veracidade e validade.