Não se preocupe com coisas que você não pode controlar

Um homem com cara de preocupado em frente ao seu computador

Categoria: Outros

Avatar de Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Importante: este artigo é meramente informativo e insuficiente para um diagnóstico definitivo. Sendo assim, é recomendado agendar uma consulta sobre seu caso em particular.

Publicidade
Início do artigo

Se você está constantemente se preocupando e tentando descobrir maneiras de mudar as coisas sobre as quais não pode controlar, então este artigo fornecerá algumas estratégias para ajudar a reduzir seus níveis de estresse.

Preocupar-se com coisas que você não pode controlar prejudica sua saúde mental.

Aceite que você não pode controlar tudo

O primeiro passo para reduzir o estresse ao tentar controlar algo que está além de nosso controle é simplesmente aceitar o fato de que não somos capazes disso.

Porém, aceitação não significa resignação ou apatia, mas entender que não importa o quanto você tente, algumas coisas estão simplesmente fora de seu controle.

Aprender a reconhecer e aceitar esse fato vai ajudá-lo a deixar de se preocupar com o que não pode mudar.

Utilize técnicas de respiração focada

Respirar fundo ajuda a controlar os níveis de estresse, e é aí que entra a respiração focada.

Leia também:  Os 12 maus hábitos mais irritantes que os Psicólogos devem evitar

Os exercícios de respiração focada são uma ferramenta eficaz para centrar-se e trazer a sua consciência de volta ao momento presente, bem como ajudando-o a desligar-se dos pensamentos de preocupação e ansiedade.

Comece concentrando-se na respiração, contando cada inspiração e expiração.

Quando feita de forma consistente, essa prática ajuda a gerenciar o estresse agudo com mais eficiência, cultivando a autoconsciência.

Redirecione os sentimentos estressantes para ações produtivas

É importante reservar um tempo para si mesmo e priorizar sua saúde mental, por meio da criação de mecanismos de enfrentamento.

Portanto, reserve um tempo para pensar nas coisas que lhe dão alegria, e aplique essas coisas em sua rotina diária.

Seja escrevendo, pintando ou praticando esportes, o envolvimento nessas atividades ajudarão a se expressar de maneira significativa e produtiva.

Além disso, essas atividades atuam como aliviadores do estresse, oferecendo uma fuga de pensamentos opressores.

Encontre pontos positivos em situações que você não pode mudar

Concentre-se em algo bom sobre as coisas que você não pode mudar e, mais importante, comemore os pequenos sucessos.

Por exemplo, tente dizer a si mesmo: “Embora minhas costas estejam doendo, ainda assim vou à academia”. Se houverem dias em que a dor é menos perceptível, expresse-se assim: “Nada mal por hoje! Eu fiz um monte de trabalho, e quase sem dor.”

Concentre-se no que você pode controlar

Concentre sua atenção nos elementos de uma situação que você pode controlar.

Isso não é tão assustador quanto parece. Pequenos passos e ajustes podem ser feitos para aliviar a sensação de estresse e, ao mesmo tempo, ajudar a criar um impulso positivo em direção aos seus objetivos.

Leia também:  O que significa quando um ex entra em contato anos depois?

Por exemplo, se estiver se sentindo sobrecarregado com as responsabilidades do trabalho, divida as tarefas em porções menores e mais gerenciáveis.

Além disso, concentre-se em como seguir em frente, mesmo em situações mais desafiadoras, tomando a melhor decisão com base no que você sabe agora.

Dar pequenos passos e reconhecer o progresso proporciona uma sensação de realização que ajuda a restaurar a esperança em tempos difíceis.

Cerque-se de pessoas positivas

Muita preocupação por si só o deixará louco. Converse com pessoas que te escutam e realmente entendem. Diga a seus amigos o que está te incomodando.

Ouça seus conselhos. Deixe-os compartilhar com você uma nova perspectiva sobre como lidar com coisas que estão além do seu controle.

Evite a auto-culpa

É errado colocar toda a culpa em si mesmo. Você pode ter feito algo estúpido no passado, mas ainda tem a chance de aplicar as lições aprendidas.

Publicidade

Repreender a si mesmo não vai adiantar nada.

Inspire-se nas histórias de pessoas que passaram por muitas dificuldades e acredite que você também pode.

Esteja ciente de seus pensamentos

Pensamentos inúteis costumam ser uma grande fonte de estresse, por isso é importante estar ciente dos pensamentos que passam pela sua cabeça.

Aprenda a reconhecer quando os pensamentos se tornam limitantes e comece a se afastar deles, redirecionando sua atenção.

Para fazer isso, reserve alguns momentos para verificar e observar como você se sente fisicamente: onde você sente a tensão em seu corpo e que emoções você está experimentando?

Quando reservamos um tempo para observar nossas próprias emoções, aprendemos mais sobre nós mesmos e começamos a diferenciar os pensamentos úteis dos pensamentos inúteis.

Leia também:  Como se proteger da energia negativa dos outros?

Isso criará mais consciência sobre a linguagem que usamos conosco, bem como nos permite escolher conscientemente como redirecionar nossos pensamentos.

Tire mais tempo de folga

O trabalho tende a nunca acabar, e as pessoas sempre vão te pedir alguma coisa.

Então, se você não fizer pausas, inevitavelmente haverão interrupções.

Aprenda a dizer “não” e determine uma hora para descanso, quando ninguém no mundo pode te pedir nada, e você não deve nada a ninguém.

Não tente parecer melhor do que é

Às vezes não podemos relaxar e aceitar a nós mesmos como somos por uma razão um tanto ridícula: queremos parecer melhores do que somos, ser como outra pessoa, mesmo que nem sempre seja uma pessoa real.

Então, pare imediatamente com isso e veja como as coisas começam a se encaixar e funcionar.

Imitação e inveja são assassinos da personalidade e da paz de espírito.

Palavras finais

O estresse é uma parte inevitável de nossas vidas, e nem sempre é fácil de administrá-lo.

Uma das maiores causas de estresse é a preocupação com coisas que não podemos controlar. Também é frustrante e opressor sentir que você está à mercê de circunstâncias fora de seu controle.

No entanto, concentrando-nos no que podemos controlar, praticando a atenção plena e buscando apoio quando precisamos, podemos aprender a administrar nosso estresse e encontrar paz interior.

Sobre o autor: Emilson Lúcio da Silva

Avatar de Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Artigos relacionados

Avatar do Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Autor: Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Emilson Lúcio da Silva é Psicólogo desde 2012. Ele possui o título de especialista pelo Conselho Federal de Psicologia e é reconhecido como uma autoridade na área de saúde mental.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *