Cabeçalho site

Psicólogo online para vítimas de narcisismo em qualquer lugar do mundo

Início

Artigos

Sobre

Início » Narcisismo » O relacionamento entre borderline e narcisista pode dar certo?

O relacionamento entre borderline e narcisista pode dar certo?

O relacionamento entre borderline e narcisista pode dar certo?

Este conteúdo não foi escrito por inteligência artificial.
Assim, você tem garantia de que ele possui qualidade, precisão e originalidade.


Sim, um relacionamento entre borderline e narcisista pode funcionar se as duas pessoas estiverem dispostas a obter ajuda. Os tratamentos, como a terapia, ajudam esses indivíduos a superarem habilidades negativas de enfrentamento e melhorar as habilidades de intimidade.

É importante lembrar que embora os comportamentos de ambas as partes nesta relação tenham a capacidade de causar dor e desconforto, isso não é feito por maldade. Por mais desagradáveis ​​pareçam, eles estão simplesmente adotando mecanismos de defesa (muitas vezes aprendida na infância) para satisfazer suas necessidades.

A superação desses mecanismos é que melhora as relações e impede que uma nova geração desenvolva as mesmas competências desadaptativas.

O que acontece no relacionamento entre entre borderline e narcisista?

Embora a relação entre eles os ajude a atingir necessidades não satisfeitas, ela também é extremamente volátil, pois ambos lutam com a constância do objeto e as relações com o objeto inteiro.

Livre-se do narcisismo em sua vida!

Psicólogo Emilson Silva com camisa roxa e rindo

Com mais de 12 anos de experiência, já ajudei milhares de pessoas a superarem algum tipo de abuso narcisista.

Constância do objeto é a capacidade de sentir-se positivo em relação a alguém, mesmo quando se está chateado. Também se refere à capacidade de alguém em manter emoções positivas quando alguém que se afasta.

A habilidade de ter relações do objeto inteiro permite ver o que há de bom e de ruim na mesma pessoa, bem como inclui aceitar que esses mesmos valores coincidam simultaneamente em si mesmos e nos outros.

Pessoas com borderline e narcisismo lutam contra o pensamento preto e branco. Quando alguém os machuca, ambos veem a pessoa como “totalmente má”, bem como esquecem as qualidades e experiências positivas que compartilharam com a mesma pessoa.

Esses indivíduos também encaram as pessoas como “longe da vista, longe da mente”. Durante os conflitos, ambos tem dificuldade em manter uma conexão íntima ao serem magoados, irritados ou desapontados.

O relacionamento entre borderline e narcisista pode funcionar apenas em tempos felizes. No entanto, as lutas com a constância do objeto tornam os conflitos entre os dois extremamente voláteis.

Por que o borderline é atraído pelo narcisista?

Pessoas com borderline são atraídas por narcisistas porque ambos possuem habilidades semelhantes, como entrar rapidamente em relacionamentos. Outro motivo é que o narcisista é muito confiante e seguro de si, e o borderline anseia por isso.

Outro fator importante é a busca por validação e amor. Pessoas com borderline frequentemente têm uma baixa autoestima e uma sensação de vazio emocional, o que as leva a procurar constantemente por aprovação e afeto. O narcisista, por sua vez, fornece essa validação e atenção, alimentando o ciclo vicioso entre os dois transtornos.

Quando o borderline está em um relacionamento com um narcisista, ele acredita que finalmente encontrou alguém que o compreende. Além disso, o borderline fantasia sobre o mundo em que vive com o narcisista, adquirindo uma sensação de onipotência e grandeza que o narcisista não consegue.

Por que o narcisista é atraído pelo borderline?

Uma das razões pelas quais o narcisista é atraído pelo borderline é a afeição pelo diferente. O narcisista, com sua necessidade constante de atenção e admiração, é seduzido pela intensidade emocional e pela paixão que o borderline traz para o relacionamento.

Essa atração pelo diferente cria uma dinâmica inicialmente cativante, onde o narcisista se sente valorizado e admirado pelo borderline. Como eles estão em níveis semelhantes de intimidade, o relacionamento é bem-sucedido.

Livre-se do narcisismo em sua vida!

Psicólogo Emilson Silva com camisa roxa e rindo

Com mais de 12 anos de experiência, já ajudei milhares de pessoas a superarem algum tipo de abuso narcisista.

Além disso, a atração também pode estar ligada à repetição de padrões de relacionamento disfuncionais. Por exemplo, se um narcisista cresceu em um ambiente onde recebeu pouca atenção e validação emocional, um borderline que oferece uma intensidade emocional que falta em sua vida se torna atraente.

Palavras finais

Embora o relacionamento entre borderline e narcisista possa dar certo no início, ele também se transformará em um relacionamento tóxico e disfuncional com o passar do tempo caso ambos não se preocupem em obter ajuda.

O narcisista, com sua falta de empatia e manipulação, explora e abusa emocionalmente do borderline. Por sua vez, o borderline se sente cada vez mais inseguro e desvalorizado, alimentando um ciclo de dependência e sofrimento.


Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *