Quais são os pontos fortes de quem tem TDAH?

Um menino de óculos, com os braços cruzados, enquanto ao fundo há um quadro negro com o desenho de dois braços musculosos

Categoria: TDAH

Avatar de Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Importante: este artigo é meramente informativo e insuficiente para um diagnóstico definitivo. Sendo assim, é recomendado agendar uma consulta sobre seu caso em particular.

Publicidade
Início do artigo

O Transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) é caracterizado por sintomas como hiperatividade, desatenção e impulsividade. Quando as pessoas têm problemas de saúde mental, como o TDAH, há uma tendência de se concentrar apenas no negativo.

Embora o TDAH crie desafios na vida de uma pessoa, também é importante observar que algumas das características associadas à condição trazem benefícios.

Publicidade

Os sintomas do TDAH são problemáticos quando interferem em diferentes aspectos da vida de uma pessoa ou se tornam perturbadores.

No entanto, muitas dessas características também podem ser vistas como pontos fortes. Portanto, nem sempre precisam ser vistas como desvantagens.

É importante lembrar, no entanto, que nem todos com TDAH apresentam os mesmos sintomas ou experiências.

Existem três subtipos diferentes da condição que estão associados a diferentes apresentações de sintomas. Algumas pessoas apresentam:

  • Sintomas predominantemente de desatenção;
  • Sintomas predominantemente de hiperatividade/impulsividade;
  • Uma combinação de desatenção e hiperatividade/impulsividade.

Embora o foco esteja frequentemente nos desafios criados por esses sintomas, existem vantajosas qualidades e habilidades únicas.

Altos níveis de energia

As pessoas com hiperatividade como sintoma de TDAH têm altos níveis de energia. Isso se apresenta como inquietação e fala excessiva.

No entanto, essa energia será útil quando canalizada para a busca de objetivos.

Embora essa energia possa ser desfocada, ela se torna uma poderosa força motriz para aqueles que são capazes de encontrar maneiras de aproveitá-la e direcioná-la para a produtividade.

Leia também:  Como melhorar a concentração quando se tem TDAH?

Esses altos níveis de energia também levam a outras vantagens, incluindo:

  • Ajudar outras pessoas com TDAH a se sentirem mais jovens do que seus pares;
  • Mais capacidade de se envolver em uma ampla variedade de atividades, incluindo atividades físicas e esportes.

Tais benefícios têm um impacto positivo no bem-estar geral.

Hiperfoco

As pessoas com TDAH experimentam hiperfoco, o que envolve tornar-se intensamente focado em uma tarefa ou assunto específico.

Isso causará problemas se interferir em outras áreas da vida, mas também ajuda a se concentrar, concluir tarefas e aprender muito sobre um assunto.

Esse hiperfoco é semelhante ao estado de fluxo, um período de intensa concentração, atenção e absorção em uma atividade que produz fortes sentimentos de prazer.

Criatividade

Embora pessoas com TDAH sejam desatentas e facilmente distraídas, elas também são pensadoras divergentes.

Em vez de seguirem padrões fixos e formas de pensar sobre os problemas, elas são capazes de identificar novas soluções e apresentar ideias inovadoras.

Pessoas com TDAH têm melhor desempenho em tarefas criativas em tempo real do que as pessoas que não têm a condição.

Essas pessoas são naturalmente curiosas, e a curiosidade é um componente chave da criatividade. Elas têm desejo por aprendizado, ajudando na exploração de novas ideias de maneiras inovadoras.

Espontaneidade

A impulsividade é outro sintoma comum do TDAH. Embora ela seja caracterizada por agir sem pensar, impaciência ou interrupção dos outros, tem suas vantagens.

As pessoas que conseguem administrar esses sintomas e canalizá-los de maneira eficaz são espontâneas, vivas e abertas a novas experiências.

Elas geralmente precisam encontrar um equilíbrio entre estarem excessivamente excitadas e entediadas. Ações espontâneas ajudam a manter as coisas interessantes para muitas pessoas, levando a experiências agradáveis e livre de preocupações com outras distrações.

Essa espontaneidade também desempenha um papel no desenvolvimento da coragem. Ela ajuda as pessoas a perseguirem suas paixões e se concentrarem em coisas que lhes trazem alegria.

Resiliência

Viver com TDAH vem com desafios e obstáculos. Os desafios diários incluem:

  • Manter o foco no trabalho ou na escola;
  • Lidar com gerenciamento de tempo e procrastinação;
  • Lidar com sintomas que afetam as relações sociais;
  • Lembrar de tomar medicamentos.
Leia também:  8 simples estratégias para estudantes com TDAH

Enfrentar esses desafios nem sempre é fácil, mas exige força e resiliência. Resiliência refere-se a força mental para lidar com o estresse e as dificuldades, sem depender de mecanismos de enfrentamento prejudiciais.

Enquanto os contratempos acontecem, a resiliência é fundamental para as pessoas com TDAH continuarem trabalhando em direção aos seus objetivos, apesar das dificuldades.

Autoconsciência

Como as pessoas com TDAH precisam monitorar seu comportamento com frequência, elas geralmente desenvolvem um maior senso de autoconsciência.

Tornar-se mais autoconsciente significa entender seus próprios sentimentos e necessidades, bem como encontrar maneiras de se adaptar para gerenciar melhor seus comportamentos em qualquer situação.

Elas geralmente monitoram suas próprias ações para ter certeza de que não estão atrapalhando.

A autorregulação refere-se à capacidade de gerenciar comportamentos e emoções de acordo com as demandas da situação.

Embora a autorregulação seja uma habilidade importante, ter que se automonitorar e regular-se constantemente contribui para a fadiga mental e o esgotamento do ego.

Por causa disso, pessoas com TDAH desenvolvem habilidades de enfrentamento que as ajudam no controle do comportamento, evitando a fadiga.

Como aproveitar ao máximo os pontos fortes do TDAH?

Compreender as próprias habilidades ajudao a aproveitá-las ao máximo, em diferentes ambientes e situações. Por exemplo:

  • Quando você sentir que tem muita energia: direcione-a para fazer algo produtivo. Por exemplo, o exercício físico ajuda a queimar o excesso de energia ao mesmo tempo que o deixa fisicamente ativo;
  • Se você passar por períodos de hiperfoco: use esse tempo para trabalhar em um projeto pelo qual você é apaixonado. Isso vai ensiná-lo novas habilidades e a realizar muitos negócios;
  • Quando você estiver enfrentando um problema: dê a si mesmo a liberdade de buscar soluções inovadoras. Envolva-se no tipo de ação que alimenta sua criatividade, seja fazendo arte, ouvindo música ou conversando com um amigo.

Lidando com os desafios

É importante lembrar que esses “superpoderes” do TDAH também podem causar problemas se não forem controlados.

Muita energia é prejudicial quando não canalizada ou direcionada para uma atividade, e a espontaneidade causa problemas se levá-lo a comportamentos impulsivos ou arriscados.

Leia também:  O que você não deve falar para alguém com TDAH?

Algumas maneiras pelas quais você pode aproveitar ao máximo suas habilidades estão detalhadas a seguir.

Organize-se

Esquecer o que você precisa fazer é um problema, mas se organizar e fazer listas de tarefas vai ajudar.

Faça listas sempre que precisar. Por exemplo, uma lista diária de tarefas ou uma lista de coisas que precisa comprar no supermercado.

Ter essas coisas anotadas ajuda a concentrar sua energia para algo produtivo.

Divida grandes projetos

Grandes projetos são assustadores, e as pessoas com TDAH têm dificuldade em encontrar o foco e a motivação para começar.

Você pode aproveitar ao máximo seus talentos dividindo projetos maiores em tarefas muito menores e gerenciáveis, ondevocê pode resolver uma coisa de cada vez.

Isso facilita o aproveitamento de sua natureza espontânea, pois você trabalhará nas coisas que lhe interessam no momento.

Crie um cronograma e estabeleça limites de tempo

O hiperfoco é útil quando você está se concentrando no trabalho, mas se torna um obstáculo se você for atraído para algo como um filme, videogame ou outra distração.

Uma maneira de combater isso é por meio de uma programação diária, com limites de tempo bem definido para cada atividade.

Defina lembretes ou alarmes em seu telefone para ajudá-lo a cumprir o cronograma, bem como se afastar das tarefas assim que atingir o limite de tempo.

Palavras finais

As pessoas que têm TDAH têm uma ampla variedade de habilidades, talentos e experiências.

Embora alguns aspectos da condição criem desafios em determinados ambientes, muitas dessas mesmas qualidades também são vantajosas.

Compreender os pontos fortes e encontrar maneiras de gerenciá-los é um dos aspectos mais desafiadores do TDAH, e vai ajudá-lo a aprender a utilizar seus talentos de modo positivo.

Sobre o autor: Emilson Lúcio da Silva

Avatar de Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Artigos relacionados

Avatar do Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Autor: Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Emilson Lúcio da Silva é Psicólogo desde 2012. Ele possui o título de especialista pelo Conselho Federal de Psicologia e é reconhecido como uma autoridade na área de saúde mental.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *