Cabeçalho site

Psicólogo online para vítimas de narcisismo em qualquer lugar do mundo

Início

Artigos

Sobre

Início » Love bombing » O perigo da manipulação no love bombing

O perigo da manipulação no love bombing

Vários doces coloridos em forma de coração

Este conteúdo não foi escrito por inteligência artificial.
Assim, você tem garantia de que ele possui qualidade, precisão e originalidade.


O love bombing é a tentativa de influenciar outra pessoa por meio de exibições exageradas de atenção e afeto.

Ele invariavelmente inclui muitas conversas românticas, longas discussões sobre “nosso futuro” e longos períodos de olhar nos olhos um do outro.

É a combinação de palavras e ações que torna o love bombing tão tóxico, especialmente considerando a tecnologia atual.

A capacidade de ligar, enviar mensagens de texto, e-mail ou se conectar nas redes sociais 24 horas por dia, 7 dias por semana, torna mais fácil estar em contato constante com o objeto de afeição.

Livre-se do narcisismo em sua vida!

Psicólogo Emilson Silva com camisa roxa e rindo

Com mais de 12 anos de experiência, já ajudei milhares de pessoas a superarem algum tipo de abuso narcisista.

O paradoxo é que as pessoas que o usam nem sempre buscam alvos que transmitem insegurança, pelo contrário, o love bombing também é inseguro.

Sendo assim, o narcisista é especialista em detectar pessoas com baixa autoestima e explorá-la.

Aí ele vem para enchê-las de carinho e atenção. A onda de dopamina do novo romance é muito mais poderosa do que seria se o alvo tivesse uma autoimagem saudável.

O love bombing é um manipulador que procura e persegue alvos.

Ele é como vampiro emocional, porque usa atenção e carinho para construir confiança, como forma de manter o controle, e acaba sugando a emoção e a alegria de viver de seu parceiro.

O traço mais comum é um ciclo que começa com intenso namoro e idealização por um período muito curto de tempo, de dias ou semanas, e não meses. Idealização é quando os parceiros se veem como “perfeitos”, “destinados a ser” ou “almas gêmeas”.

Isso não quer dizer que a idealização por si só não seja saudável em relacionamentos românticos.

Com o tempo, todos os casais podem pensar um no outro dessa maneira, mas a chave é “com o tempo”.

Não importa quão perfeita seja a conexão, quão bom seja o sexo, ou a lista aparentemente interminável de interesses mútuos, você não pode realmente conhecer alguém em menos de seis meses.

É por isso que “amor à primeira vista” costuma ser uma receita para o desastre.

As fases do love bombing

A chave para entender como o love bombing difere do namoro romântico é observar o que acontece depois que duas pessoas são oficialmente um “casal”.

Se demonstrações extravagantes de afeto continuarem indefinidamente, se as ações combinarem com as palavras e não houver uma fase de desvalorização, então provavelmente não estaremos diante de um love bombing.

Por outro lado, se houver uma mudança abrupta no tipo de atenção, de afetuoso e amoroso para controlador e raivoso, com o parceiro fazendo exigências irracionais, então isso é um sinal de alerta.

Não importa o quão confiante possa parecer, ele carece de autoestima e usa os outros para validação.

O love bombing manipulador usa a desvalorização para controlar parceiros românticos. Essa é uma ferramenta normalmente usada para manter a vítima isolada e dependente.

A maioria dos casais envolvidos neste ciclo tóxico passará por várias rodadas de idealização e desvalorização.

Cada vez, o parceiro desvalorizado tem que trabalhar mais para voltar às boas graças do love bombing, geralmente sacrificando algo que compete com ele por atenção.

Já vi pacientes que desistiram da família, amigos, passatempos favoritos, estabilidade financeira e até saúde, tudo em um esforço para reconquistar o afeto e a atenção.

Sentindo-se exposto, o love bombing troca sua vítima não complacente por alguém que ainda não vê por trás de sua máscara de falsa perfeição.

Ele desaparece, às vezes sem avisar, deixando a vítima arrasada e confusa.

Então, dias, e às vezes meses depois, reaparece, do nada, professando amor eterno e prometendo mudar.

O retorno é um teste para seu poder e controle, um desafio para ver se o parceiro descartado pode ser levado a outra rodada de abuso.

Sinais de alerta

Com tempo suficiente, identificar o love bombing é fácil. Há mais do que levantar uma sobrancelha se alguém lhe enviar flores após o primeiro encontro.

Na verdade, isso pode ser apenas um gesto romântico. Então, como saber se a pessoa que faz você sonhar acordado no trabalho e se sentir como adolescente é um love bombing?

Se qualquer um dos seguintes elogios ocorrer antes de seis meses se passarem, dê um passo para trás, verifique seus limites e lembre-se do velho ditado: “Se parece bom demais para ser verdade, provavelmente é”.

“Sei que acabamos de nos conhecer, mas somos perfeitos juntos!”

O love bombing manipulador não chega e diz: “nós pertencemos um ao outro”.

Ele têm que dar provas de que é verdade. É por isso que visa o vulnerável. Disfarçado de “bom ouvinte”, ele reúne informações sobre seus gostos, desgostos, inseguranças, esperanças e sonhos.

Antes que você perceba, ele está dizendo que vocês têm muito em comum, portanto são almas gêmeas.

“Nosso futuro é tão brilhante que temos que usar óculos escuros!”

O love bombing não estão apenas confiante de que vocês pertencem um ao outro para sempre; ele descreve o futuro em detalhes, como se fosse um roteiro de filme.

Ele usa frases como “vamos ser tão felizes juntos…”, “algum dia, quando eu te levar para a Europa…” ou “mal posso esperar para meus pais te conhecerem…”

Percebe como todas essas declarações são conclusões precipitadas, e não perguntas? O love bombing não pergunta; ele declara como as coisas serão, com convicção.

Ele não parece louco, porque é provável que você já tenha compartilhado suas esperanças e sonhos, enquanto era tão “bom ouvinte”.

Tudo o que ele precisa fazer é fingir ser o herói que tornará essas esperanças e sonhos realidade.

É assim que manipula alguém, fazendo-a pensar que ele é indispensável para a felicidade futura.

“Você é tão perfeito, merece o melhor de tudo!”

Para manipulá-lo a pensar que acabou de encontrar sua alma gêmea, o love bombing transforma você em um objeto idealizado.

Ele aponta constantemente todas as boas características que você possui e minimizam as ruins.

Você ganhou alguns quilos? Então ele dirá o quanto você parece mais saudável com um pouco de peso extra. O ex trocou você por alguém mais jovem?

A resposta será: ele é cego, estúpido, louco e você é a pessoa mais bonita do mundo. Ao reclamar do patrão que não elogia, ele dirá que é uma idiota por não reconhecer seu talento!

O love bombing está aí para dar a autoimagem que você gostaria de ter, mas não tem.

Na verdade, ele o colocará em um pedestal 24 horas por dia: conversar por texto que duram horas, privando você de sono; flores enviadas para o trabalho, com bilhetes exaltando suas virtudes; visitas surpresa, viagens, presentes, tudo com a mesma mensagem: “você não merece nada menos do que isso!”

Se você tem medo de estar na fase inicial de um love bombing, imagine que está querendo cruzar uma ferrovia. Você precisará: parar, ver e ouvir.

  • Pare: desacelere as coisas e diga: “vamos desacelerar um pouco as coisas, está indo rápido demais e estou com um pouco de medo disso.”;
  • Veja: as ações falam mais alto do que as palavras. Se suas palavras e ações não estiverem sincronizadas, isso é um grande sinal de alerta;
  • Ouça: não tenha medo de contestar as afirmações. Se ele disser: “seremos perfeitos juntos”, responda: “bem, é cedo, mas até agora, tudo bem.”.

Além disso, lembre-se de que ele odeia ser desafiado, e uma resposta sarcástica a qualquer um dos seus comentários anteriores é outro sinal de alerta.

Recuperando-se

Se você está lendo isso tarde demais, e precisa se recuperar, siga estas etapas:

Não entre em contato

Nenhum contato significa apenas isso, nenhum, nada, zero, nunca.

Bloqueie-o, mas antes deixe claro que tentativas de contatá-lo aparecendo em sua casa ou trabalho serão consideradas assédio.

Esteja preparado para buscar a polícia, se necessário.

Manipuladores costumam pensar que o “não” é um desafio, levando-os a perseguir ainda mais, a menos que se estabeleça uma linha clara desde o início.

Você não pode permanecer “amigo” de um love bombing, nem pode se deixar aberto à comunicação.

Ele continuará tentando explorar suas inseguranças, e o ciclo se repetirá de novo e de novo e de novo.

Reconecte-se com a família e amigos

Outra chave para a recuperação é se reconectar com uma rede de apoio saudável.

O love bombing isola sua vítima como uma forma de controle, para que ninguém possa dar conselhos e dizer para deixar a relação.

A família e os amigos não suportam o love bombing porque veem todas as mudanças, e querem o antigo você de volta.

Você pode precisar se desculpar por desaparecer, mas os amigos entenderão.

Na verdade, confessar as desvalorizações e separações os tornará solidários se forem amigos verdadeiros.

Lembre-se de que ele é sinônimo de abuso

Quando uma pessoa intencionalmente manipula e explora a fraqueza ou insegurança de outra, não há outra palavra para isso além de abuso.

O amor não é sobre controlar quem você vê ou o que você faz.

Relacionamentos saudáveis ​​são construídos lentamente e se baseiam em uma série de ações, não em uma enxurrada de palavras.

O love bombing é especialista em falar, mas quando responsabilizado por suas palavras, tende a atacar.

É normal sentir-se confuso ou traído, e o desejo de dar desculpas é forte porque ele trabalhou duro para vincular sua autoestima à boa opinião deles.

E é isso que torna esse ciclo de idealização, desvalorização e descarte tão devastador. O love bombing explora a necessidade humana natural de autoestima e a transformam em vergonha, arrependimento e autoaversão.

Palavras finais

A última coisa que quero abordar é que há coisas que você pode fazer para se tornar menos alvo de um love bombing.

Nunca se deve culpar a vítima de abuso, mas:

Livre-se do narcisismo em sua vida!

Psicólogo Emilson Silva com camisa roxa e rindo

Com mais de 12 anos de experiência, já ajudei milhares de pessoas a superarem algum tipo de abuso narcisista.

Mantenha amizades saudáveis

Fique em contato com sua família. Tenha amigos próximos que estão abertos a discutir e dar conselhos sobre coisas que acontecem em sua vida amorosa.

Certifique-se de que você está satisfeito em sua vida profissional

Seja franco sobre suas necessidades e desejos em um novo relacionamento, e sempre vá devagar. Finalmente, lembre-se de parar, olhar e ouvir.

Não se preocupe, pois sempre há maneira de encontrar um final feliz.


Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *