Cabeçalho site

Psicólogo online para vítimas de narcisismo em qualquer lugar do mundo

Início

Artigos

Sobre

Início » Narcisismo » Glossário de narcisismo: principais termos e seus significados

Glossário de narcisismo: principais termos e seus significados

Glossário de narcisismo: principais termos e seus significados

Abuso por procuração

O abuso por procuração no contexto do narcisismo, também conhecido como síndrome de Munchausen por procuração, é uma forma insidiosa de abuso infantil.

Nesse cenário, um dos pais, frequentemente a mãe, simula ou provoca sintomas ou doenças na criança para chamar a atenção para si mesma e satisfazer as próprias necessidades emocionais.

Abuso reativo

O abuso reativo ocorre quando a vítima retruca ao agressor, geralmente após recorrente provocação. O agressor, por sua vez, acusa a vítima de ser o agressor apontando seu comportamento isoladamente.

Em suma, o narcisista provoca a vítima e depois a culpa pela sua reação, como forma de justificar seu abuso. Na cabeça dele, isso prova que a vítima mereceu e também faz com que ela se sinta pelo menos parcialmente responsável.

Livre-se do narcisismo em sua vida!

Psicólogo Emilson Silva com camisa roxa e rindo

Com mais de 12 anos de experiência, já ajudei milhares de pessoas a superarem algum tipo de abuso narcisista.

Amnésia tóxica

A amnésia tóxica também é considerada uma memória seletiva e uma forma de gaslighting porque faz a vítima duvidar de si. É onde o narcisista convenientemente finge esquecer alguma coisa.

Durante a amnésia tóxica, ele “esquece” os abusos e comportamentos prejudiciais do passado, principalmente as que contradizem as coisas do presente.

Às vezes, o narcisista também finge que esqueceu algo apenas para criar dúvidas e confusão.

Bode expiatório

Bodes expiatórios são pessoas que os narcisistas designam para assumir a culpa por tudo que dá errado. Isso lhes permite manter seus delírios de superioridade. Porque tudo o que o narcisista faz de errado é atribuído ao seu bode expiatório.

Um pai narcisista muitas vezes escolhe um filho como bode expiatório. Culpá-los por tudo que dá errado em casa. E muitas vezes os jogam contra o outro “filho de ouro”.

No local de trabalho, um gestor narcisista pode apontar um trabalhador que assume a culpa por tudo o que corre mal.

Campanha difamatória

Uma campanha difamatória é onde o narcisista tenta desacreditar alguém espalhando boatos e mentiras.

Eles sabem que, se puderem prejudicar a reputação de outras pessoas, será menos provável que as pessoas acreditem neles.

Alguns narcisistas até iniciam uma campanha difamatória antes do fim do relacionamento para obterem uma vantagem inicial.

Colapso narcisista

Um colapso narcisista ocorre quando o narcisista experimenta fracasso ou humilhação e não consegue mais defender sua grandiosa imagem superior. Isso lhe diz que ele não é tão bom quanto pensa que é.

Em vez de refletir sobre o que poderia ter feito melhor, o narcisista ataca, ficando furioso consigo mesmos e com os outros.

Durante um colapso narcisista, ele tenta combater seu intenso medo e vergonha enquanto tenta desesperadamente recuperar o controle de sua autoimagem superior.

Confusão mental

Parceiros de narcisistas muitas vezes experimentam confusão mental. É aqui que eles têm dificuldade para se concentrarem e lembrarem das coisas, e o mundo parece surreal e onírico.

A névoa cerebral costuma ser causada por cansaço e fadiga, uma especialidade dos narcisistas!

Eles aumentam a confusão ao fazerem jogos mentais. E quando se combina todos esses fatores, não é surpreendente que seus parceiros experimentem confusão mental.

Constância de objeto

Pessoas com Transtorno de personalidade narcisista sofrem de falta de constância de objeto, ou da capacidade de sustentar em tempo real uma consciência de sentimentos positivos gerais e experiências positivas passadas com pessoas.

Se o filho se esquecer de fazer uma tarefa, por exemplo, o pai narcisista fica furioso e o puni, mesmo que o filho geralmente seja responsável.

Criança dourada

Os pais narcisistas às vezes têm um filho de ouro, que tratam melhor do que os outros. Ela recebe todos os elogios e atenção.

Eles fazem isso para jogar os filhos uns contra os outros e fazê-los competir por seu amor. É nessa divisão que eles conquistam seus filhos, para que detenham todo o poder.

Culpabilização

A culpa é uma tática de manipulação em que o narcisista tenta fazer você se sentir culpado por suas ações.

Ele costuma fazer isso trazendo à tona algo que fez por você no passado, implicando que agora deva atender às suas solicitações, ou falando sobre seu comportamento ofensivo quando você estava estabelecendo um limite.

Os narcisistas geralmente culpam os outros para obrigá-las a fazerem coisas que não querem. Assim, mantém as pessoas em um estado de dúvida, ansiedade e submissão.

A culpabilização é mais eficaz contra pessoas empáticas e conscienciosas.

Delírio

Delírio é uma crença fixa e irreal que persiste mesmo quando há evidências contrárias. A pessoa não consegue distinguir o que é real do que é imaginado.

No contexto do narcisismo, os delírios estão relacionados a grandiosidade, como a crença de ter habilidades extraordinárias, talento excepcional ou ser alvo de conspirações.

Os narcisistas estão plenamente conscientes da diferença entre verdadeiro e falso, real e fictício. Eles conscientemente escolhem adotar uma versão dos eventos, mesmo que seja uma narrativa engrandecedora.

Descarte narcisista

Descarte narcisista é um termo usado para descrever o fenômeno de encerrar repentinamente todo contato com alguém de quem se era próximo.

Esse ato é praticado sem qualquer aviso ou explicação, deixando a vítima confusa e magoada.

O descarte de narcisistas pode acontecer em qualquer fase de um relacionamento, mesmo que seja sério e de longo prazo.

Desvalorização

Depois que um narcisista se estabelece em um relacionamento, ele inicia a desvalorização. É aqui que ele direta e indiretamente rebaixa seu parceiro, fazendo-o com que se sinta inútil.

Os narcisistas desvalorizam alguém diretamente por meio de xingamentos e intimidação, indiretamente por meio de críticas sutis disfarçadas de “piadas” ou ignorando-os ou decepcionando-os.

Dissonância cognitiva

A dissonância cognitiva ocorre quando você experimenta algo que contradiz suas crenças fundamentais, fazendo com que você tenha duas visões conflitantes simultaneamente.

Os narcisistas usam a dissonância cognitiva nas pessoas ao seu redor. Eles dizem uma coisa, mas fazem o oposto.

Portanto, com os narcisistas, e com qualquer pessoa, é mais importante observar o que eles fazem do que ouvir o que dizem. As ações falam mais alto que as palavras.

Divisão

Os narcisistas lutam para manter duas visões opostas ao mesmo tempo. O que leva ao pensamento “preto e branco” ou “tudo ou nada”.

Isto também é conhecido como Divisão, porque rejeita a visão integrada de que as pessoas são uma soma de muitas partes, boas e más.

Se um narcisista estiver satisfeito com você, ele poderá vê-lo como “tudo bom” e pensar que você é a pessoa mais maravilhosa da Terra. Mas, 5 minutos depois, te odiar por qualquer outro motivo.

Os narcisistas lutam para compreender que as pessoas têm qualidades boas e más.

Duplo vínculo

Um duplo vínculo é quando o narcisista o coloca em uma posição sem vitória. Você estará condenado se fizer isso, e condenado se não fizer isso.

Os vínculos duplos são frequentemente usados ​​para criar argumentos atificiais. Se usado regularmente, causará ansiedade porque a vítima estará sempre se questionando.

Egocentrismo

No contexto do narcisismo, o egocentrismo refere-se à tendência de uma pessoa estar excessivamente centrada em si mesma e em suas próprias necessidades, muitas vezes sem considerar os sentimentos ou perspectivas dos outros.

É uma característica comum em indivíduos narcisistas, mas não é exclusiva deles.

Empatia

Empatia é a capacidade de vivenciar as coisas da perspectiva de outra pessoa. Em termos gerais, existem dois tipos diferentes de empatia – empatia cognitiva e empatia emocional.

A empatia cognitiva é entender logicamente o que outra pessoa deve estar sentindo, enquanto a empatia emocional é sentir o que alguém está sentindo.

Os narcisistas e até os psicopatas têm empatia cognitiva. Eles entendem que suas ações afetam outras pessoas. Mas têm pouca ou nenhuma empatia emocional.

É por causa dela que conseguem dormir à noite, mesmo depois de machucar alguém.

Espelhamento

Os narcisistas muitas vezes espelham ou copiam traços de caráter, frases e até maneirismos de outras pessoas.

Como os narcisistas não têm um senso de identidade estável, eles espelham os outros para parecerem mais neurotípicos do que realmente são.

Eles também espelham se quiserem conquistar alguém. Geralmente refletindo seus pensamentos, opiniões e gostos

Fachada narcisista

Uma fachada é o falso eu que os narcisistas apresentam ao mundo. Eles geralmente fingem serem gentis, atenciosos e empáticos, sendo alguém que não são. Embora todos apresentemos uma fachada lisonjeira, os narcisistas levam isso ao extremo.

Eles podem enganar amigos próximos e familiares durante anos, pois sabem que isso ajuda a construir confiança, mantém as pessoas ao seu redor e os ajudam a conseguir o que desejam.

Facilitador

Geralmente um parceiro/cônjuge do narcisista, os facilitadores “normalizam” e até perpetuam sua personalidade grandiosa, o extremo senso de direito e a atitude e comportamento arrogantes em relação aos outros, absorvendo o abuso e agindo como um apologista dele.

Os facilitadores estão sempre evitando conflitos e ataques, ao mesmo tempo que também buscam recompensas como afeto, elogios, poder, presentes ou dinheiro.

Eles têm a ilusão de que são os únicos que compreendem o narcisista e, muitas vezes, sacrificam ou transformam seus filhos em bodes expiatórios.

Falsapologia

Como os narcisistas recusam responsabilidades e acreditam que estão sempre certos, eles raramente ou nunca se desculpam genuinamente.

Em vez disso, apresentam um falso pedido de desculpas, ou falsa desculpa, com o objetivo de desviar, induzir culpa ou antagonizar. Exemplos:

  • “Lamento que você pense que sou uma decepção como mãe”;
  • “Lamento que você tenha interpretado algo tão inocente como injusto”;
  • “Lamento que você seja tão sensível”;
  • “Sinto muito você não consegue entender como os outros se sentem”;
  • “Lamento que você esteja com tanta raiva”.

Falsificação do futuro

A falsificação do futuro é onde o narcisista faz promessas vazias sobre o futuro. Isso estimula as pessoas e as mantém fornecendo o que desejam.

Eles prometem ao parceiro que estão resolvendo seus problemas e os fazem viver na esperança de que melhorem.

Se quiserem algo agora, ficarão felizes em prometer algo para o futuro, mesmo que não tenham intenção de cumprir essa promessa.

Fornecimento narcisista

Fornecimento narcisista é o motor de muitos dos comportamentos narcisistas e se caracteriza pela oferta de atenção, adoração e, em alguns casos, poder e dinheiro.

Os narcisistas precisam se sentir e parecerem especiais, e ficam gravemente deprimidos sem isso. É por isso que muitos deles desenvolvem numerosos comportamentos de busca de atenção.

Fúria narcisista

A fúria narcisista é quando um narcisista fica furioso com pouca ou nenhuma provocação óbvia. Quando não entendem ou se sentem desrespeitados, as coisas podem ficar feias.

Gaslighting

Gaslighting é quando o narcisista faz alguém questionar seu senso de realidade. Pode ser uma manobra deliberada ou um resultado indireto do seu egoísmo.

De forma direta, no gaslighting os narcisistas acusam seus parceiros de terem má memória ou de serem loucos. Eles sabem que, se conseguirem convencê-los disso, escaparão impunes de quase tudo.

Ghosting

Ghosting é onde o narcisista desaparece repentinamente do contato, sem explicação. Geralmente acontece quando eles temem o confronto e a remoção de uma máscara, ou quando encontrarem outro suprimento.

O ghosting também ocorre quando o narcisista percebe que não pode mais controlar a vítima. Então, eles optam por sair, em vez de admitirem a derrota.

Hipervigilância

Para lidar com um ambiente caótico e muitas vezes psicologicamente e fisicamente abusivo, as pessoas próximas ao narcisista se tornam hipervigilantes a ameaças ou ataques.

Elas estão sempre em guarda, buscando antecipar e potencialmente evitar estarem na linha de fogo.

A hipervigilância é debilitante porque esgota o sistema de defesa natural do corpo, sobrecarregando-o constantemente. Ela geralmente leva ao Transtorno de Estresse Pós-Traumático Complexo e a doenças.

Os próprios narcisistas são hipervigilantes a qualquer coisa que possa desencadear uma lesão narcisista.

Hoovering

Hoovering é a tentativa do narcisista em fazer contato depois de algum tempo afastado, geralmente com a intenção de se restabelecerem na vida da vítima.

Eles telefonam ou enviam mensagens do nada, fingem que enviaram uma mensagem “acidental” ou aparecem “coincidentemente” em lugares onde sabem que a vítima estará.

Durante o hoovering, o narcisista dirá coisas que a vítima deseja ouvir, como eles mudaram ou como estão indo bem no trabalho. Também podem tentar ganhar a simpatia alegando que têm uma doença.

Os narcisistas fazem hoovering sempre que querem alguma coisa. Pode ser atenção, dinheiro ou qualquer outra coisa.

Idealização

No início de um relacionamento, os narcisistas sempre idealizam seus novos parceiros, dizendo como eles são maravilhosos e que merecem estar com eles.

Mas, isso não dura para sempre. Inevitavelmente, o narcisista começa a ver as falhas e a desvalorizar a vítima.

Lesão narcisista

Indivíduos com Transtorno de personalidade narcisista sofrem lesões emocionais invalidantes durante os primeiros anos, o que interfere no desenvolvimento de uma identidade estável, senso de autoestima e empatia emocional.

Acredita-se que o cuidado condicional por causa de perda, rejeição, abuso, negligência ou excesso de indulgência (ou uma mistura confusa dessas coisas) e uma possível predisposição genética esteja na raiz da lesão narcisista, levando a sentimentos fundamentais de inutilidade.

Love bombing

O love bombing geralmente ocorre durante os estágios iniciais de uma amizade ou relacionamento. É aqui que o narcisista elogia excessivamente, é altamente romântico e conta tudo o que a vítima quer ouvir.

O love bombing é usado para atrair as pessoas porque os narcisistas precisam desesperadamente de pessoas ao seu redor. Mas, uma vez atraídos, tudo se inverte e a desvalorização começa.

Assim, os narcisistas mantêm seus parceiros em um ciclo constante de love bombing e desvalorização.

Macacos voadores

Macacos voadores são os facilitadores e líderes de torcida dos narcisistas, além de serem manipulados para promover seus objetivos. Por exemplo, um narcisista pode convencer a família de que o irmão está sendo mau ao não passar tempo com ele.

Isso faz com que os familiares entrem em contato com o irmão, exigindo que ele passe mais tempo com o narcisista. O que eles não sabem é que o irmão evitava o narcisista por causa de seus comportamentos tóxicos. Mas, o narcisista usou a família para pressionar o irmão a passar mais tempo com eles.

Macacos voadores também são usados ​​para coletar informações, mentir e fornecer álibis.

Manipulação

A manipulação narcisista é uma tática utilizada para controlar e influenciar os outros em seu benefício.

Essa manipulação ocorre principalmente nos relacionamentos, onde ele busca atender às suas próprias necessidades e desejos, muitas vezes sem considerar os sentimentos ou bem-estar dos outros.

Narcisismo antagônico

O narcisismo antagônico é um dos tipos de narcisismo e se caracteriza por uma abordagem focada na rivalidade e competição.

Diferentemente do narcisismo grandioso, que é mais extrovertido e dominante, o narcisismo antagônico envolve uma propensão a discutir, criar conflitos e se envolver em disputas e brigas.

Narcisismo declarado

Um narcisista declarado é o que algumas pessoas consideram um narcisista clássico. Eles são ousados, barulhentos e adoram ser o centro das atenções.

Os narcisistas declarados adoram exibir sua riqueza, sucesso e contraem dívidas sérias para manter esta ilusão.

Narcisismo grandioso

O narcisismo grandioso é um dos tipos de narcisismo e se caracteriza por uma abordagem extravagante, assertiva e interpessoal.

Diferentemente do narcisismo vulnerável, que é mais retraído e inseguro, o narcisismo grandioso envolve uma autoestima elevada, ousadia e confiança em relação à própria vida.

É importante lembrar que o narcisismo grandioso não é necessariamente negativo em todos os contextos. Alguns líderes carismáticos e bem-sucedidos exibem traços de narcisismo grandioso.

No entanto, só quando esses traços se tornam extremos e prejudicam os relacionamentos e a empatia pelos outros é que se tornam um problema.

Narcisismo maligno

Um narcisista maligno é alguém que apresenta traços de Transtorno de personalidade narcisista e Transtorno de personalidade antissocial.

A maioria dos narcisistas machuca as pessoas como subproduto de seu egoísmo, e não com uma intenção deliberada.

Mas, os narcisistas malignos são diferentes. Eles decidem ferir deliberadamente os outros e obtêm prazer sádico ao ver o sofrimento.

Narcisismo oculto

Os narcisistas ocultos são mais introvertidos e silenciosos do que os narcisistas declarados.

Geralmente mais difíceis de detectar porque se esforçam mais para manter uma fachada positiva e esconder o seu narcisismo.

Os narcisistas oculto passam despercebidos durante anos, até mesmo por seus amigos próximos e familiares.

Isso acontece porque eles não usam táticas de intimidação para conseguir o que querem. Pelo contrário, eles fazem o papel de vítima e apelam à boa natureza das pessoas para conseguir o que desejam.

Narcisismo vulnerável

Um narcisista vulnerável descreve alguém que é hipersensível à rejeição, extremamente constrangido, inseguro e altamente sensível às críticas.

Pessoas com narcisismo vulnerável carecem de empatia. Mas, se demonstrarem empatia, é porque isso será usado para construir sua própria auto-importância.

Negação

Esta é uma característica compulsiva do narcisismo, pela qual ele acredita ou finge deliberadamente que eventos ou circunstâncias traumáticas não existem ou não aconteceram, mesmo quando apresentadas provas em contrário.

Normalização

Durante os primeiros estágios de um relacionamento, os narcisistas revelam gradualmente seus comportamentos até que eventualmente a vítima esteja imerso neles.

Depois de um tempo esses comportamentos se normalizam porque a vítima se acostuma com eles.

Parentificação

A parentificação ocorre em alguns relacionamentos narcisistas-crianças. É aqui que um pai narcisista espera que seu filho assuma responsabilidades de adulto.

O pai narcisista espera que o filho se defenda sozinho, cuide de seus irmãos, e até mesmo cuide dele.

Embora alguma responsabilidade seja boa para as crianças, muita responsabilidade é um fardo e leva ao estresse, à ansiedade e problemas de desenvolvimento, caso não consigam realizar atividades infantis normais.

Pedra cinzenta

Pedra cinza é uma técnica usada para desarmar narcisistas e consiste em não se envolver emocionalmente. Você permanece calmo e direto ao ponto.

A maioria dos narcisistas deseja uma reação emocional porque isso alimenta sua necessidade de drama e faz com que se sintam poderosos.

Quando você não lhes dá uma reação emocional, eles eventualmente se cansam de provocá-lo e procuram outra pessoa para incomodar. Isso é a técnica da pedra cinzenta.

Projeção

A projeção é onde o narcisista projeta suas falhas e maus comportamentos nos outros. Em grande parte, fazem isso porque não gostam de admitir suas imperfeições.

Um narcisista pode acusar seu parceiro de ter um caso quando é ele que está tendo o caso. Se forem bagunceiros, culparão o parceiro pelo estado da casa.

Alguns projetam e acusam os seus parceiros de serem narcisistas. Isso, muitas vezes, funciona como uma cortina de fumaça para esconder seus próprios problemas.

Salada de palavras

Salada de palavras é o absurdo que os narcisistas dizem, especialmente quando desafiados por suas mentiras ou comportamento.

Ela não precisa fazer sentido porque foi projetada para confundir, distrair e frustrar ao invés de enfrentar as questões levantadas.

Suprimento narcisista

O suprimento narcisista é sua força vital. Para sustentar sua autoestima instável, os narcisistas precisam de um suprimento quase constante de atenção, adoração e outras vantagens, como dinheiro, poder e status.

Os narcisistas não têm um senso de identidade estável. Portanto, precisam de validação externa para reafirmar que são tão bons quanto pensam que são.

É por isso que muitas vezes são tão necessitados. Os narcisistas não procuram amigos ou amantes, mas fornecedores de suprimentos narcisistas. E quando os suprimentos acabam, eles vão em busca de uma nova fonte.

Transferência de culpa

A transferência de culpa é uma tática defensiva usada por narcisistas para evita assumirem a responsabilidade por seus próprios comportamentos ou falhas.

Em vez de reconhecerem seus erros, eles desviam a culpa para outras pessoas, acusando-as de serem responsáveis pelas ações ou sentimentos negativos que eles próprios causaram.

Esse mecanismo de defesa é uma forma de gaslighting, uma técnica de manipulação psicológica onde o narcisista faz a vítima duvidar de sua própria percepção da realidade e questionar suas próprias ações e preocupações.

Transtorno de personalidade narcisista

O Transtorno de personalidade narcisista é um transtorno de personalidade do Grupo B. É caracterizada por um grandioso senso de auto-importância, exigindo níveis excessivos de admiração, senso de direito, exploração, falta de empatia, inveja e arrogância.

Tratamento de silêncio

O tratamento de silêncio é a melhor política quando o relacionamento com um narcisista termina, a menos que você compartilhe filhos com ele.

O tratamento de silêncio é mais do que simplesmente não falar com ele. Você deve bloquear o número de telefone e os vários canais de mídia social. E, em alguns casos, mudar de casa para um lugar onde não possa encontrá-lo.

Ele também inclui se afastar das redes sociais. Os narcisistas fazem jogos mentais e antecipam que você verá as postagens dele. Assim, escreverá coisas que provoquem uma reação.

Triangulação

A triangulação é onde os narcisistas jogam duas ou mais pessoas uma contra a outra, desde que elas não tenham contato entre si. Isso dá à ele uma vantagem para controlar a narrativa.

Eles podem alegar que um fala mal do outro, se quiserem dividir e conquistar. Ou alegar que estão adotando comportamentos que sabem que o outro não aprovará.

Livre-se do narcisismo em sua vida!

Psicólogo Emilson Silva com camisa roxa e rindo

Com mais de 12 anos de experiência, já ajudei milhares de pessoas a superarem algum tipo de abuso narcisista.

Um narcisista também pode dizer que está sendo maltratado se quiser ganhar simpatia, ou inverter a situação e afirmar que os estão tratando muito bem, se quiserem incentivar a competição por seus afetos.

Vínculo traumático

Um vínculo traumático é semelhante à Síndrome de Estocolmo, onde os reféns simpatizavam com seus captores.

No caso dos narcisistas, é onde um parceiro abusado se torna viciado nos altos e baixos de um relacionamento tóxico e sente-se ligado à ele, apesar do mau tratamento.


Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *