Cabeçalho site

Psicólogo online para vítimas de narcisismo em qualquer lugar do mundo

Início

Artigos

Sobre

Início » Narcisismo » E quando o Psicólogo que é um narcisista?

E quando o Psicólogo que é um narcisista?

E quando o Psicólogo que é um narcisista

Este conteúdo não foi escrito por inteligência artificial.
Assim, você tem garantia de que ele possui qualidade, precisão e originalidade.


O que faz um Psicólogo querer ser Psicólogo? Se você pensar bem, o papel dele é notavelmente seguro.

O paciente deve contar tudo enquanto ele escolhe quando compartilhar, confrontar ou permanecer em silêncio. Uma posição de poder.

Olhe para qualquer profissão. Necessidades egoístas, como o desejo por dinheiro ou status, podem influenciar qualquer pessoa indevidamente.

A necessidade de ganhar dinheiro, sentir-se importante, desejado ou amado são motivadores poderosos.

Livre-se do narcisismo em sua vida!

Psicólogo Emilson Silva com camisa roxa e rindo

Com mais de 12 anos de experiência, já ajudei milhares de pessoas a superarem algum tipo de abuso narcisista.

Embora seja contraditório, há algumas razões pelas quais um narcisista pode se interessar em estudar psicologia:

Autoconhecimento

Um narcisista pode ser motivado a estudar Psicologia para obter um maior entendimento de si.

Ao aprender sobre os diferentes aspectos da mente humana, ele procurará identificar características narcisistas em si mesmo e buscar maneiras de lidar com elas.

O estudo da psicologia ajudará o narcisista a desenvolver um maior autoconhecimento e a trabalhar em direção a uma personalidade mais equilibrada.

Manipulação

O narcisismo está associado à manipulação e ao controle das outras pessoas.

Um narcisista pode estudar Psicologia para aprender técnicas de persuasão e manipulação que serão utilizadas para alcançar seus objetivos.

No entanto, é importante ressaltar que a ética não apoia a manipulação e o controle das pessoas, mas sim o entendimento e a promoção do bem-estar.

Reconhecimento social

O narcisista pode ser motivado a estudar Psicologia para obter reconhecimento social e status.

Ao se tornar um profissional da área, ele será visto como alguém com conhecimento e autoridade sobre o comportamento humano.

Isso alimentará o seu ego, além de satisfazer sua necessidade de ser admirado e reconhecido pelos outros.

Poder e controle

O estudo da Psicologia fornece ao narcisista uma sensação de poder e controle sobre os outros.

Ao compreender os mecanismos da mente humana, ele pode acreditar que tem a capacidade de influenciar e manipular as emoções e os pensamentos das pessoas ao seu redor.

Essa sensação de poder é muito atraente para um narcisista que busca dominar e controlar seu ambiente.

Aparência de empatia

O narcisista pode estudar Psicologia para aprender a parecer mais empático e compreensivo com os outros.

Ele usa esse conhecimento para manipular as emoções das pessoas ao seu redor e obter o que deseja.

No entanto, é importante ressaltar que a verdadeira empatia é baseada na genuína preocupação com o bem-estar dos outros, e não em uma estratégia de manipulação.

Características

  • Ele precisa ser admirado;
  • Ele atende o telefone ou responde mensagens de texto durante as sessões;
  • Ele parece distraído, e não escuta;
  • Ele usa o carisma para encantar o paciente;
  • Ele fica facilmente magoado ou zangado se for confrontado;
  • Ele afirma ter um relacionamento “especial” com o paciente;
  • Ele cancela sessões por capricho;
  • Ele confunde limites e explora o paciente de alguma forma;

Como diferenciar?

Enquanto alguns Psicólogos são narcisistas absolutos, outros têm apenas traços que não caracterizam o transtorno.

Contudo, a maioria tem uma boa dose de narcisismo saudável, que é uma crença positiva em si mesmo e orgulho de seu trabalho.

Sim. É bom investir na sua carreira, acreditar que você pode dominar algo difícil e fazer a diferença.

Ainda assim, levado ao extremo egocêntrico, uma pessoa narcisista só investe em si mesma, com exclusão dos outros.

O ponto máximo para o narcisismo saudável é a competência e o prazer de um trabalho bem feito, enquanto o ponto máximo para um Psicólogo narcisista é a auto-preocupação e a auto-promoção sem fim.

O que fazer?

Avalie seu Psicólogo, assim como ela está avaliando você. O narcisismo doentio trata de ganhar atenção, dinheiro e admiração do paciente.

Alguns até ficam satisfeitos quando o Psicólogo compartilha muito sobre si e gera um vínculo especial.

Obviamente que esses arranjos inevitavelmente minam a saúde psicológica do paciente.

Se você suspeita que seu psicólogo seja um narcisista, é importante considerar algumas medidas para garantir que você receba o tratamento adequado e respeitoso.

Aqui estão algumas dicas sobre o que fazer nessa situação:

Avalie seus sentimentos e experiências

Antes de tomar qualquer decisão, é fundamental refletir sobre suas próprias experiências e sentimentos em relação ao seu Psicólogo.

Pergunte a si mesmo se você se sente ouvido, respeitado e apoiado durante as sessões. Considere se há algum comportamento narcisista que você tenha observado.

Procure uma segunda opinião

Se você está preocupado com o comportamento do seu Psicólogo, é uma boa ideia buscar a segunda opinião de outro profissional.

Agende uma consulta com outro Psicólogo para discutir suas preocupações e obter uma perspectiva diferente.

Isso ajudará a confirmar suas suspeitas ou fornecer uma visão mais equilibrada da situação.

Comunique suas preocupações

Se você decidir confrontar seu psicólogo sobre suas preocupações, é importante fazê-lo de maneira respeitosa e assertiva.

Explique seus sentimentos e preocupações de forma clara e objetiva.

Dê exemplos específicos de comportamentos que o incomodam e como eles afetam a aliança terapêutica.

Se, após a comunicação das suas preocupações, você não sentir que seu Psicólogo está disposto a mudar seu comportamento narcisista ou se você não se sentir confortável continuando o tratamento com ele, é considere a possibilidade de mudar de profissional.

Lembre-se de que é essencial encontrar alguém em quem você confie e se sinta à vontade para compartilhar seus pensamentos e emoções.

Palavras finais

Um relacionamento de terapia precisa ser produtivo. Ele consiste em duas pessoas que tentam sinceramente melhorar a vida da pessoa identificada como paciente.

Existem altos e baixos, sessões produtivas e improdutivas, mas o objetivo é o alívio do sofrimento e mais maturidade emocional.

Livre-se do narcisismo em sua vida!

Psicólogo Emilson Silva com camisa roxa e rindo

Com mais de 12 anos de experiência, já ajudei milhares de pessoas a superarem algum tipo de abuso narcisista.

Na maioria da vezes, funciona. E isso é uma bênção.

Personalidades narcisistas estão por aí, e algumas acabam na profissão de Psicólogo. Somos um país livre e o paciente pode obter uma segunda opinião a qualquer momento.

Um Psicólogo competente e seguro incentiva o paciente a falar sobre suas preocupações ou a tentar outras abordagens.

Busque um Psicólogo equilibrado e que seja capaz de realmente ajudá-lo. Não se contente com menos!


Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *