Como é possível ajudar um amigo narcisista?

Psicólogo Emilson Silva de camiseta cinza e olhando para o lado direito e para cima

Categoria: O Psicólogo responde

Avatar de Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Importante: este artigo é meramente informativo e insuficiente para um diagnóstico definitivo. Sendo assim, é recomendado agendar uma consulta sobre seu caso em particular.

Publicidade
Início do artigo

Questão: Lendo um pouco a respeito do assunto no seu site, cheguei a conclusão de que tenho um amigo narcisista.

Eu o conheço há mais de um ano, e ele sempre me impressiona com suas reações “peculiares” aos acontecimentos e ao meu próprio comportamento, a ponto de começar a me perguntar se eu era normal.

Felizmente, meus outros amigos confirmaram que sentiriam o mesmo que eu se estivessem no meu lugar. Tentei dizer o quanto estava me sentindo decepcionada com ele, mas tudo que consegui foi “acalme-se, para seu próprio bem”.

Então decidi acabar com a nossa amizade.

Publicidade

Minha motivação para essa decisão foi me deparar com um artigo sobre transtorno de personalidade narcisista, onde agora consigo compreender a maioria de suas reações.

Ele era hipersensível às críticas, perfeccionista (o que demonstrava com orgulho indisfarçável) e sempre me contava constantemente sobre suas conquistas.

A questão é que agora sinto um pouco de pena dele e me pergunto se deveria tentar ajudá-lo.

Estou ciente de que não vou ganhar nada com isso (meus outros amigos dizem que estou bancando a boa freira!). Mas, deixar de ser seu amigo não lhe ensinará nada e apenas aumentará os problemas.

O que eu gostaria de saber é como posso ajudá-lo da melhor forma?

Obrigada pela ajuda.

Resposta: É louvável a preocupação com seu amigo e sua disposição em compreendê-lo e apoiá-lo.

Leia também:  8 sinais de que seu parceiro tem medo de compromisso

No entanto, supondo que ele tenha transtorno de personalidade narcisista (e ter traços narcisistas não significa automaticamente que uma pessoa tenha o transtorno), é importante abordar a situação com cautela, pois lidar com um amigo narcisista tem suas complexidades.

Aqui estão algumas considerações a serem lembradas:

Autocuidado em primeiro lugar

Embora sua intenção de ajudar seja admirável, é crucial priorizar seu próprio bem-estar.

Indivíduos narcisistas têm um impacto significativo no bem-estar emocional das pessoas ao seu redor.

Certifique-se de estabelecer limites saudáveis ​​e garantir que sua saúde emocional não seja comprometida.

Procure orientação profissional

Traços de personalidade narcisistas são profundamente arraigados e difíceis de resolver sem ajuda profissional.

Leia também:  Como faço para superar a fobia social?

Incentive seu amigo narcisista a procurar terapia com um profissional especializado em transtornos de personalidade.

No entanto, lembre-se de que eles têm dificuldade em reconhecer os seus próprios problemas e em procurar ajuda.

Comunique-se de forma empática

Se você decidir interagir com seu amigo, aborde-o com empatia e compaixão.

Use declarações “eu” para expressar suas preocupações e sentimentos. Por exemplo, diga: “Percebi que nossas interações são desafiadoras para mim e gostaria de falar sobre isso”.

Evite culpas ou críticas

Indivíduos narcisistas são altamente sensíveis às críticas.

Concentre-se em compartilhar suas observações, ao invés de culpar ou acusar. Tenha em mente que seu amigo narcisista pode não responder bem inicialmente.

Defina expectativas realistas

Mudar o comportamento narcisista é um processo longo e complexo.

Esteja preparado para a resistência ou a negação. Seu amigo narcisista pode não estar pronto para reconhecer o próprio comportamento ou procurar ajuda.

Eduque-se ainda mais

Compreender os traços e comportamentos narcisistas vão ajudá-lo a abordar a situação com maior compreensão e paciência.

Leia também:  Por que não sei lidar com as pessoas?

Também irá ajudá-lo a gerenciar suas próprias expectativas e emoções.

Concentre-se nas qualidades positivas

Embora seu amigo narcisista apresente comportamentos desafiadores, ele também apresenta qualidades positivas.

Reconheça e aprecie seus pontos fortes sempre que possível.

Incentive a autorreflexão

Se seu amigo narcisista estiver aberto a isso, incentive a autorreflexão.

Faça perguntas abertas que o levem a considerar o próprio comportamento e o impacto nos outros.

Entenda seus limites

é importante reconhecer que talvez você não consiga mudar o comportamento dele.

As pessoas só podem mudar se elas próprias reconhecerem a necessidade de mudança, bem como estiverem motivadas para fazê-lo.

Lembre-se de que sua principal responsabilidade é consigo mesmo e com seu bem-estar.

Oferecer apoio é fundamental, mas também é importante reconhecer quando os seus esforços não estão tendo um impacto positivo.

Em última análise, cabe ao seu amigo narcisista tomar a iniciativa de abordar os próprios comportamentos e procurar ajuda, se necessário.

Sobre o autor: Emilson Lúcio da Silva

Avatar de Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Artigos relacionados

Avatar do Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Autor: Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Emilson Lúcio da Silva é Psicólogo desde 2012. Ele possui o título de especialista pelo Conselho Federal de Psicologia e é reconhecido como uma autoridade na área de saúde mental.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *