A Psicologia do bloquear e desbloquear nas redes sociais

Uma porta vermelha, com uma corrente e bloqueada por um cadeado

Categoria: Outros

Avatar de Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Importante: este artigo é meramente informativo e insuficiente para um diagnóstico definitivo. Sendo assim, é recomendado agendar uma consulta sobre seu caso em particular.

Publicidade
Início do artigo

Os seres humanos são espécies sociais. Entre nossas necessidades mais profundas estão a de pertencer e a de se sentir incluído.

Bloquear alguém nas redes sociais é uma forma moderna de exclusão social. Um modo de comunicar à pessoa bloqueada que você não a quer em sua vida, que não quer nada dela.

Por outro lado, ser bloqueado por alguém de quem se gosta é muito doloroso e humilhante. Nos deixa deprimidos e nos faz perder a autoestima.

Por que alguém deseja bloquear a outra na redes sociais? A resposta é simples: para causar dor. Ao causar danos ela está sinalizando que quer a outra fora de sua vida. É uma medida de autoproteção perfeitamente válida.

Todos nós devemos nos permitir escolher as pessoas que desejamos por perto em nossa vida.

Bloquear e desbloquear nas redes sociais

Todas as pessoas em sua vida podem ser separadas em duas categorias: as bloqueadas e as desbloqueadas:

  • Bloqueadas: você as bloqueou por um motivo, provavelmente porque lhe causaram inconveniência e dor;
  • Desbloqueadas: essas você escolheu manter em sua vida, pois agregam valor à sua vida.
Leia também:  As melhores maneiras de como parar de pensar em alguém

Porém, como muitas coisas na vida, nem sempre elas precisam ser preto e branco. Também existe um meio termo entre bloquear e desbloquear nas redes sociais.

Quando você não tem certeza se deve ou não manter uma pessoa em sua vida, é possível que fique indeciso entre bloqueá-la e desbloqueá-la. Ações confusas são o reflexo de uma mente confusa e, uma variedade de situações levam a esse tipo de indecisão:

Seu conhecido/amigo

Você adicionou alguém com quem falou algumas vezes à sua lista de contatos. Talvez vocês até sejam amigos, mas não tão próximos. Porém, você ainda não tem certeza se deve ou não aprofundar seu relacionamento com essa pessoa.

Essa situação pode levar você a bloqueá-la e depois desbloqueá-la nas redes sociais.

Sua paixão

Aplica-se aqui a mesma dinâmica do caso anterior, com alguns fatores adicionais.

Quando você adiciona sua paixão à sua lista de contatos, espera chamar a atenção e interagir com ela. Mas, como ela não respondeu como você esperava, então você se sente rejeitado e a bloqueia. Mas aí você fica pensando: “O que eu fiz? Ela é minha paixão. Não posso me dar ao luxo de perdê-la.”, e assim você a desbloqueia.

Bloquear e desbloquear nas redes sociais também tem a ver com uma necessidade de obter atenção. Então, você joga esse jogo de bloquear e desbloquear para que ela perceba você.

Leia também:  Um Psicólogo particular é melhor do que pelo plano de saúde

Como somos sensíveis à inclusão e a exclusão social, notamos quando alguém nos bloqueia e desbloqueia. Esse comportamento provoca confusão e levanta questões.

Seu parceiro

O bloqueio em um relacionamento romântico geralmente é feito por parceiros com um estilo de apego evitativo. Quando o relacionamento fica muito próximo, eles usam o bloqueio como uma estratégia para atender às suas necessidades de espaço.

No entanto, nem todos os evitantes fazem isso. Alguns entendem que o bloqueio é uma decisão extrema.

Se você não quer falar com o parceiro, pode simplesmente deixar o telefone no modo silencioso.

Seu ex-parceiro

Se uma pessoa está bloqueando e desbloqueando nas redes sociais o seu ex, é sinal de que ela não superou o término do relacionamento completamente.

A dor da separação faz com que haja o bloqueio. Mas então, surge a esperança de que ele o aceite de volta, e assim a pessoa o desbloqueia.

Ver as fotos e postagens antigas lembra que ela não está mais com essa pessoa, causando dor. Então ela o bloqueia novamente. É um ciclo vicioso.

Por puro ego

Bloquear alguém nas redes sociais faz você se sentir poderoso e aumenta seu ego. Você se sente como um rei que exilou um súdito rebelde de seu reino.

Pessoas obcecadas por poder e controle são mais propensas a bloquear e desbloquear os outros. Quando um relacionamento vai mal, bloquear alguém antes que ele te bloqueie é uma maneira de obter vantagem sobre a outra pessoa.

Leia também:  Por que você deve parar de culpar os outros pelos seus fracassos?

Ciclo de raiva/culpa

Algumas pessoas são impulsivas e não pensam sobre suas ações. Você pode tê-lo machucado intencionalmente ou não, e te bloqueou no calor da raiva.

Quando ela diminuiu, ele se sentiu culpado e te desbloqueou.

Bloqueio psicológico

Apesar de você poder desbloquear alguém em seu telefone e em todas as redes sociais, ainda é possível bloqueá-lo psicologicamente.

Bloqueio psicológico significa deixar a pessoa tentando adivinhar onde é o lugar dela em sua vida.

Você mal fala com ela, mas é gentil e respeitoso quando o faz. Você mantém uma distância respeitosa.

Ao bloquear psicologicamente alguém, você o mantém em sua vida e dá a ele a opção de entrar em contato. Você o mantém à margem de seu círculo social.

E acredite, as pessoas são tão sensíveis ao bloqueio psicológico quanto ao bloqueio nas redes sociais.

Publicidade

O bloquei psicológico é a melhor maneira de lidar com pessoas que você não pode excluir completamente de sua vida, já que não devemos pensar em extremos (bloqueio/desbloqueio).

Como acontece com muitas outras coisas na vida, o caminho do meio costuma ser o mais equilibrado.

Sobre o autor: Emilson Lúcio da Silva

Avatar de Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Artigos relacionados

Avatar do Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Autor: Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Emilson Lúcio da Silva é Psicólogo desde 2012. Ele possui o título de especialista pelo Conselho Federal de Psicologia e é reconhecido como uma autoridade na área de saúde mental.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *