Cabeçalho site

Psicólogo online para vítimas de narcisismo em qualquer lugar do mundo

Início

Artigos

Sobre

Início » Outros » Bloquear os outros online é uma forma de autocuidado

Bloquear os outros online é uma forma de autocuidado

Celular com um cadeado fechado na tela, enquanto ao fundo à o logo do facebook escrito

Este conteúdo não foi escrito por inteligência artificial.
Assim, você tem garantia de que ele possui qualidade, precisão e originalidade.


Por mais que isso pareça um pensamento negativo ou uma ação extrema, acredito genuinamente que ninguém usa o recurso de bloquear outras pessoas o suficiente nas redes sociais.

É um processo tão simples, com um clique a pessoa desaparece. Em vez disso, nos sujeitamos a miséria e ao desconforto das visualização consistentes de pessoas à nossas redes sociais.

Embora possamos simplesmente deixar de segui-las, isso não tem o mesmo significado que bloquear.

Bloquear alguém pode ser uma atitude definitiva, que demarca uma linha clara para você, sendo, portanto, uma forma de autocuidado.

Livre-se do narcisismo em sua vida!

Psicólogo Emilson Silva com camisa roxa e rindo

Com mais de 12 anos de experiência, já ajudei milhares de pessoas a superarem algum tipo de abuso narcisista.

A melhor forma de autocuidado hoje é fazer uma limpeza nas redes sociais!

Não se envergonhe em bloquear uma pessoa

Bloquear pessoas é uma ação dramática, visto como uma admissão de fraqueza: se você bloqueou alguém é porque não consegue lidar com ela ou não consegue se controlar.

Embora seja um fato embaraçoso de admitir, isso não é verdade!

Se permitir bloquear alguém está longe de ser uma fraqueza, mas uma forma de reconhecer seus limites e colocá-los em ação.

Ao bloquear alguém, cria-se um limite físico, com você selecionando seu feed social conforme às suas necessidades. Você verá somente o conteúdo que escolher, e não se submeterá a nada que o faça se sentir mal.

Qual poderia ser uma demonstração de força maior do que isso?

Ao bloquear uma conta ou, na verdade, uma pessoa, você está garantindo que tem as ferramentas para um bom dia, todos os dias.

Coloque a si mesmo e suas necessidades em primeiro lugar, e escolha se cuidar e reconhecer seus limites.

Você pode bloquear mais do que um ex

Existe uma brecha estranha no estigma de bloquear alguém, e essa brecha é um ex.

Estamos mais acostumados com alguém bloqueando um ex-namorado ou namorada por um dos três motivos:

  1. Garantir que não desista e envie uma mensagem para o ex;
  2. Parar de receber mensagens de um ex;
  3. Seguir em frente.

Esses são motivos extremamente válidos, desde que não seja usado como uma saída rápida.

Mas, também não é o único motivo válido para se bloquear alguém.

Um amigo já se afastou de você? Se sim, você sabe que isso é tão doloroso quanto um rompimento romântico, talvez até mais.

Isso porque estejamos mais preparados para as turbulências românticas e nos agarramos à ilusão de que todos os amigos são para sempre.

Ex-amigos nos causam tristeza e desconforto quando nos lembramos deles, então talvez seja necessário bloqueá-los para remover suas postagens de nosso feed.

O que importa é que uma solução simples está sob seu controle, e não há problema em usá-la.

Quando você deve bloquear alguém

Parar um abuso

Se alguém está escrevendo mensagens de ódio para você, bloqueie-o.

Não ouça suas críticas ou opiniões, não dê à eles o direito a uma resposta e remova-os do seu convívio.

Mensagens abusivas nos afetam muito mais do que imaginamos, sendo fácil não notarmos os sinais de pessoas tóxicas até que estejam bem na nossa cara.

Mas nunca é tarde para se livrar de pessoas tóxicas.

Criar limites

Você precisa escolher quem autoriza visualizar seu perfil, bem como o perfil de quem você se autoriza visualizar.

Crie limites, seja com a família, colegas ou amigos. Mas, para isso acontecer, é preciso se sentir bem consigo mesmo.

Dar mais espaço a si mesmo

Seja depois do rompimento com um parceiro, um amigo, uma paixão insatisfeita ou alguém com quem você passou por algo difícil, dar mais espaço a si mesmo é a coisa mais saudável que você pode fazer.

Reprimir as emoções é um jogo perigoso, fazendo com que a dor se espalhe para outras áreas da vida ou afete a forma como você interage com certas pessoas.

Dê a si mesmo espaço para se curar sem a interferência de certas pessoas, e talvez um dia você as desbloqueie, ou talvez não.

Evitar a insegurança

Você não precisa ter uma conexão pessoal com quem que está bloqueando.

Há ainda menos motivos para se sentir culpado por bloquear alguém que você não conhece. Porém, mesmo que você o conheça e ele não tenha intenções prejudiciais, vê-lo pode te deixar inseguro.

Talvez a vida dele, o relacionamento, o corpo ou qualquer outra coisa faça você se sentir pior consigo mesmo.

Então, simplesmente bloqueie-o para que você possa se sentir bem consigo mesmo.

Remover a negatividade

Não permita discursos de ódio em suas redes sociais.

Portanto, quando alguém estiver sendo racista, sexista, gordofóbico ou qualquer outra forma de negatividade, bloqueie-o.

Você não precisa estar cercado por pessoas reclamando de tudo e de todos o tempo todo. A vida já é bem difícil sem essas coisas, então transforme suas redes sociais um lugar seguro para todos.

Palavras finais

Bloquear alguém é uma escolha que você pode fazer em favor de sua saúde mental e o seu bem-estar.

As redes sociais nos afetam negativamente de muitas maneiras, e uma das maneiras pelas quais podemos neutralizar isso é refinar os feeds para serem um lugar de conforto, alegria e amizade.

Você deve seguir contas e pessoas:

  • Que se adequam aos seus valores;
  • Que façam você se sentir melhor sobre quem é;
  • Que estimulem o seu crescimento.

Não é vergonhoso bloquear alguém, mas pelo contrário, é um sinal de sabedoria em relação ao autocuidado.

Livre-se do narcisismo em sua vida!

Psicólogo Emilson Silva com camisa roxa e rindo

Com mais de 12 anos de experiência, já ajudei milhares de pessoas a superarem algum tipo de abuso narcisista.

Bloqueie qualquer um que não reflita seu crescimento e jornada, que o puxa para baixo.

Se você não consegue pensar em ninguém agora, sem problema!

Mas, quando chegar a hora, saiba que o bloqueio é uma ação razoável a ser tomada, e não serve apenas para rompimentos românticos.


Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *