Cabeçalho site

Psicólogo online para vítimas de narcisismo em qualquer lugar do mundo

Início

Artigos

Sobre

Início » Narcisismo » Como um narcisista manipula o conceito de linguagem do amor?

Como um narcisista manipula o conceito de linguagem do amor?

Boneco de madeira sendo manipulado por cordas

Este conteúdo não foi escrito por inteligência artificial.
Assim, você tem garantia de que ele possui qualidade, precisão e originalidade.


Atualmente a Psicologia concorda que a linguagem do amor pode ser expressa de 5 maneiras diferentes:

  • Atos de serviço;
  • Palavras de afirmação;
  • Dar e receber presentes;
  • Toque físico e;
  • Passar um tempo de qualidade.

Normalmente uma pessoa prefere um tipo de linguagem do amor a outro. Por exemplo, palavras de afirmação podem ser mais significativas para um parceiro do que receber um presente.

Uma pessoa que reconhece a linguagem do amor preferida do seu parceiro irá melhorar o relacionamento.

Entretanto, embora esse conceito seja útil, ele pode ser facilmente usado por um narcisista como ferramenta de manipulação.

Livre-se do narcisismo em sua vida!

Psicólogo Emilson Silva com camisa roxa e rindo

Com mais de 12 anos de experiência, já ajudei milhares de pessoas a superarem algum tipo de abuso narcisista.

Um narcisista pode abusar dessa teoria porque não possui as capacidades relacionais essenciais.

Por exemplo, digamos que as linguagens do amor sejam como “as ferragens em uma ponte” que conecta duas pessoas.

Para ser vista e admirada, a ponte deve ser estruturalmente sólida, de modo a suportar a conexão entre dois pontos. Se a ponte não for estável, a ferragem será irrelevante.

Embora a teoria da linguagem do amor seja destinada a melhorar um vínculo romântico, um relacionamento sem uma base saudável é incapaz de sustentar os belos adornos.

Empatia e responsabilidade

Empatia e responsabilidade são como “as porcas e parafusos” de um relacionamento. Uma pessoa que possui essas características geralmente é capaz de manter a proximidade com o parceiro.

Um parceiro empático se preocupa com os sentimentos de uma pessoa e geralmente ouve para entender.

Quem compreende a experiência e a perspectiva do outro muitas vezes evita que ele se sinta sozinha em sua situação.

A pessoa também se sentirá conectada à um parceiro que “entende”.

Um parceiro que continuamente falha em reconhecer a experiência emocional do outro, como um narcisista, pode não ter empatia.

O déficit de empatia pode ser aparente quando uma pessoa compartilha um sentimento com o parceiro e ele não se importa em ouvir.

Muitas vezes, esse parceiro narcisista se torna ultra-defensivo e contra-ataca injustamente.

A pessoa é punida por expressar um sentimento de que o parceiro não gosta, e é acusada pelo narcisista de algo não relacionado ao conflito em questão.

Usando a linguagem do amor para explorar alguém

Alguém que está em um relacionamento sem empatia e responsabilidade não será capaz de sustentar a proximidade emocional.

Ele frequentemente opera de forma egoísta e manipula o parceiro.

Em vez de usar uma linguagem do amor para melhorar o relacionamento, o narcisista vai usá-la para explorar o outro.

Livre-se do narcisismo em sua vida!

Psicólogo Emilson Silva com camisa roxa e rindo

Com mais de 12 anos de experiência, já ajudei milhares de pessoas a superarem algum tipo de abuso narcisista.

Embora o conceito de linguagens do amor contribua com maneiras de preservar e intensificar um relacionamento, pode ser infrutífero se houver ausência de proximidade emocional.

Sem empatia e responsabilidade, a linguagem do amor será irrelevante.

Além disso, um parceiro narcisista, egoísta e manipulador vai abusar do paradigma da linguagem do amor para camuflar a incapacidade de estar autenticamente próximo.


Comentários

2 respostas para “Como um narcisista manipula o conceito de linguagem do amor?”

  1. Avatar de Ana clara freire Bahia Oliveira
    Ana clara freire Bahia Oliveira

    Excelente!
    Viver um narcisista é árduo e complexo. São danosos e amargos. Vivemos numa jaula onde só Ele manda.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *