A busca por aprovação e a ameaça ao relacionamento romântico

Mulher jovem, sorrindo e fazendo sinal de positivo com ambas as mãos

Categoria: Outros

Avatar de Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Importante: este artigo é meramente informativo e insuficiente para um diagnóstico definitivo. Sendo assim, é recomendado agendar uma consulta sobre seu caso em particular.

Publicidade
Início do artigo

A busca por aprovação é um padrão de pensamentos e sentimentos repetidamente desencadeados que compelem um indivíduo a encontrar a concordância de outras pessoas, como amigos, entes queridos e colegas de trabalho.

Originando-se em experiências infantis de negligência emocional, ela parece um vício:

  • No sentido de que a pessoa nunca se sente o suficiente;
  • Está sempre procurando por mais garantias de que será aceita, validada ou amada e;
  • Está sempre tentando fazer mais para obter aprovação.

A busca de aprovação também é um sinal de baixa autoestima, e a sensação de que as coisas nunca são sufientes.

9 sinais de que você busca por aprovação

  • Diz o que acha que as pessoas querem ouvir;
  • Tem dificuldade em tomar decisões sem que alguém as “valide”;
  • Sente-se inseguro sobre quais são os verdadeiros gostos ou preferências;
  • Adota os gostos ou hobbies de entes queridos, em vez dos seus;
  • Sente-se magoado quando os outros discordam de você;
  • Tem dificuldade em dizer “não”;
  • Pede desculpas com muita frequência;
  • Espera receber elogios, mas fica zangado quando eles não vêm;
  • Sente-se ressentido ou com raiva quando não obtém aprovação suficiente
Leia também:  56 verdades psicológicas sobre o amor

O que causa a busca por aprovação?

A busca por aprovação se origina das necessidades emocionais não satisfeitas na primeira infância. À medida que se desenvolvem, as crianças procuram nos pais a confirmação de que estão fazendo a coisa certa e são amadas.

Como parte do apego humano, pense na atenção dos pais como uma informação crucial para ajudar a criança a sentir que existe. Se ela não consegue obter esse feedback, sente uma necessidade profunda de buscá-lo ativamente.

Ela precisa saber que pertence, que é amada e que é suficiente do jeito que é. Feedback e aprovação são tão importantes quanto comida e ar.

Crianças criadas em um contexto de negligência crônica, como em uma família numerosa, ou negligenciadas, como pais com problemas pessoais debilitantes, carecem desse feedback. Consequentemente, se sentem inseguras sobre quem são e o que precisam fazer para se completarem.

Elas estão cientes de que é injusto serem negligenciadas e tentam lidar com isso buscando aprovação. Esse impulso por aprovação torna-se enraizado na forma de um esquema, que é acionado em relacionamentos românticos na idade adulta.

Publicidade

Como a busca por aprovação causa problemas nos relacionamentos?

A princípio, a busca por aprovação não é um problema no relacionamento e é inicialmente bem recebido. Afinal, obter atenção faz as coisas correrem muito bem. Mas, com o tempo, a busca por aprovação começa a causar estresse e ressentimento, pois o parceiro se sente sobrecarregado com demandas e sentimentos inesperados de mágoa. Aqui estão alguns dos sinais:

  1. O candidato a aprovação sente ressentimento e raiva em relação ao parceiro, vendo-o como retraído ou distante;
  2. O parceiro sente que as necessidades do buscador por aprovação se tornaram intrusivas e opressivas;
  3. Isso forma um ciclo, onde um se sente pressionado, sufocado e evita dar aprovação, e o outro se torna cada vez mais exigente, gerando alienação.
Leia também:  Razões para um Psicólogo não querer mais atender um paciente

Como lidar com um parceiro que busca por aprovação?

Depois de identificar o esquema como um problema, ter um diálogo aberto vai ajudar. Compartilhe este artigo com gentileza, compaixão e convide seu parceiro a considerar se ele tem essa necessidade. Em seguida, aborde os seguintes pontos com ele:

  • Como seu parceiro sente que você está aquém das necessidades dele? Isso é razoável?
  • Compartilhe as maneiras pelas quais você se sente pressionado em relação à busca por aprovação;
  • Discuta maneiras pelas quais seu parceiro pode estar mais ciente do esquema, assim você pode apoiá-lo no desenvolvimento de seus próprios interesses, atividades e gostos.

Se essa avaliação der certo, combinem em fazer um check semanal para discutir cada uma das necessidades em relação ao esquema. Se mais desafios aparecerem, vocês podem considerar a terapia de casais.

Seja cauteloso, no entanto. Lembre-se, só porque alguém tem um esquema de busca por aprovação não significa que “deveria” obter toda a aprovação que precisa. O diálogo ajudará a identificar áreas onde mais aprovação é realmente justa e apropriada. Cada parceiro terá algumas oportunidades de crescimento aqui.

Como lidar com sua própria busca por aprovação?

Entenda a sua história:

  • Pense em sua infância, na situação de sua família e do seu cuidador, como você se sentiu negligenciado e como isso levou à necessidade de busca por aprovação;
  • Concentre-se nas maneiras pelas quais você já é suficiente em sua vida adulta e em como o passado acabou;
  • Faça um balanço de suas realizações de vida, relacionamentos e qualidades positivas. Imagine-se sendo grato pelo que você tem e como os outros o valorizam e;
  • Destile esses pensamentos em uma imagem de você mais amável e valioso. Trabalhe com uma foto ou uma lembrança de um momento recente da vida adulta, onde você se sentiu valorizado e amado.
Leia também:  A videochamada é capaz de substituir o encontro social real?

Observe os sinais do gatilho do esquema:

  • Situações nas quais você provavelmente buscará por aprovação, ou se sentirá privado de aprovação. Faça anotações breves sobre esses gatilhos para que possa se preparar para eles no futuro;
  • Quando a necessidade de buscar por aprovação for acionada, traga a imagem de “você adulto”, e lembre-se de que o passado acabou.

Cultive a cultura em você:

  • Concentre-se em seus próprios gostos, desejos e interesses, registrando em um diário o que o coloca em movimento;
  • Estabeleça metas para se envolver em atividades que são apenas sobre você. Peça o apoio do seu parceiro nisso.

Lembre-se, este esquema é sobre como você-criança se sentiu desvalorizado ou notado. Pense nessas dicas como uma chance para finalmente oferecer a você-criança uma sensação de valorização.

E, se depois de seguir os passos acima você ainda sentir que o esquema é um problema, considere a terapia.

Sobre o autor: Emilson Lúcio da Silva

Avatar de Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Artigos relacionados

Avatar do Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Autor: Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Emilson Lúcio da Silva é Psicólogo desde 2012. Ele possui o título de especialista pelo Conselho Federal de Psicologia e é reconhecido como uma autoridade na área de saúde mental.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *