Como falar sobre sua saúde mental com o seu chefe?

Mulher de olhos claros falando com um homem de terno preto

Categoria: Outros

Avatar de Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Importante: este artigo é meramente informativo e insuficiente para um diagnóstico definitivo. Sendo assim, é recomendado agendar uma consulta sobre seu caso em particular.

Publicidade
Início do artigo

Se você olhasse ao redor no seu local de trabalho agora, saberia dizer quem está com problemas de saúde mental? A resposta provavelmente será “não ”. Talvez seja porque, na maioria da vezes, não existam sinais externos, ainda que pistas visuais indiquem quando estamos passando por um momento difícil, como parecer choroso, retraído ou até agitado.

A única maneira de sabermos como cada um de nós está se sentindo é falando com o outro. Mas, para muitos, a saúde mental é uma parte extremamente privada. É mais fácil levantar uma fachada e fingir que está tudo bem, mesmo quando não está.

Por que é difícil falar sobre saúde mental com o chefe?

Alguns ainda não se sentem à vontade para conversar com o chefe sobre sua saúde mental. Isso é compreensível, afinal, ele não vai responder tão positivamente.

Trabalhamos muitas horas por semana e, quando consideramos o tempo gasto no deslocamento, dedicamos ainda mais de nossas vidas ao trabalho, mesmo quando não estamos no escritório. Não importa o quanto você ame o que faz, todos nós temos dias ruins. Nenhum de nós está imune a problemas de saúde mental, assim como nenhum de nós está imune a doenças físicas.

Todos já passaram por períodos de grande estresse no trabalho. Talvez até reconheça estes sintomas: exaustão, confusão mental e até esgotamento. Esses sentimentos têm um grande impacto na sensação geral de bem-estar, e não apenas quando estamos no escritório, mas também depois que saímos.

Leia também:  Por que alguém te bloqueou em todas as redes sociais?

Às vezes esses sintomas são aliviados por um dia de folga, seja por meio de uma licença médica ou por um período de férias anuais.

Você precisa revelar sua saúde mental ao chefe?

Caso suas emoções estejam afetando a capacidade de concluir um trabalho, a atitude em relação a ele, o relacionamento com seus colegas ou qualquer outro problema relacionado, uma conversa será necessária. A decisão certa “depende” da situação específica.

Se você conhece bem seu chefe e tem uma boa relação com ele, então será realmente benéfico contar sobre o que está acontecendo. Entender com o que você luta, e como isso o afeta dará a vocês uma oportunidade de melhorar o ambiente, e otimizar a taxa de produtividade.

Também reduz o estresse que você experimenta no trabalho (especialmente o fato de ter que guardar um segredo). Esse tipo de suporte diminui a probabilidade de ter sintomas negativos, que impactam negativamente você, seu ambiente, seus colegas e os negócios em geral.

No entanto, se você não conhece bem seu chefe ou não tem uma boa relação com ele, falar sobre suas preocupações com a saúde mental será prejudicial.

Por que é importante?

Ser sincero ajuda a criar um ambiente honesto e aberto, e revelar suas lutas é uma grande forma de alívio. Uma vez que você se abre sobre seus problemas, sentirá que não está lidando com isso sozinho, e as providências para ajudá-lo a alcançar um melhor estado de espírito serão tomadas.

Por mais estranho que pareça, uma boa conversa sempre fazem as coisas melhorarem. É ilegal ser discriminado por causa de sua saúde mental, e você não pode ser penalizado por isso.

Como falar sobre saúde mental com o seu chefe?

Agora que você sabe porque é importante falar sobre saúde mental no trabalho, siga as seguintes etapas:

Nota: Os locais de trabalho são diferentes. Há pessoas que trabalham diretamente com um gerente de linha ou chefe, enquanto outras não entram em contato com eles por semanas ou meses. Quando usamos o termo “chefe”, pense em quem isso pode se traduzir em seu próprio ambiente de trabalho

Consulte outras pessoas sempre que puder

Se houver algum caso de bullying ou assédio, fale com um membro do RH. Normalmente existem procedimentos em vigor para apoiá-lo. Também será melhor abordar primeiro o RH, se você não estiver confiante o suficiente para conversar com o chefe, ou estiver preocupado com a maneira como ele reagirá.

Leia também:  Seu namorado não posta sobre você nas redes sociais?

Dependendo da situação, há benefícios em se falar com um colega. Ter um amigo/companheiro de trabalho é sempre útil, alguém com quem você pode conversar regularmente, e que entenda sua carga de trabalho e como é o ambiente de trabalho.

Mencione à ele que está pensando em falar com o chefe. Ter alguém para apoiá-lo durante o processo vai deixá-lo com mais coragem.

Identifique o que você precisa

Pense por que você está divulgando essas informações e de que suporte precisa. Não conte nada ao seu chefe até ter certeza do que espera ganhar ao compartilhar essas informações. Se estiver contando porque deseja ter menos responsabilidades ou prazos mais longos, por exemplo, pesquise primeiro as políticas de RH da sua empresa.

Tudo bem se ainda não tiver certeza do que fazer, ou de que ajuda precisa, especialmente se for a primeira vez que você tem um problema de saúde mental. Pense nas pequenas mudanças que podem ser feitas facilmente e imediatamente.

Assim que identificar as mudanças necessárias, vá ao RH e documente cuidadosamente a reunião. Outras vezes, o RH vai te ajudar a montar um plano de ação para levar ao seu chefe.

Encontre a hora (e o local) certos

Não sabemos com certeza como será nossa saúde mental no futuro, mas tente prever um dia/horário adequado para tocar no assunto. Aborde seu chefe em um dia em que as coisas estão calmas no escritório.

Se encontrem em um lugar onde possam conversar de forma calma e serena. Se não houver um espaço tranquilo no local de trabalho, sugira ir a outro lugar ou até mesmo dar um passeio. Caminhar tira o sentimento corporativo da reunião, e estar fora da empresa traz uma nova perspectiva de como você se sente.

Leia também:  Como lidar com uma pessoa tóxica?

Quando chegar a hora, siga adiante

O relacionamento que você tem com seu chefe determinará a melhor maneira de ambos conversarem. Pode ser mais fácil solicitar a conversa por e-mail, pois isso permite que reservem um tempo privado longe de seus colegas.

Publicidade

Se seu local de trabalho (ou seu relacionamento com seu chefe) for menos formal e vocês puderem apenas tomar um café e bater um papo, tudo bem e será até melhor. Falar sobre sua saúde mental não precisa ser assustador ou complicado demais, comece a conversa dizendo: “preciso desabafar” ou “preciso conversar, você tem tempo para me ouvir? ”.

Lembre-se de dizer à ele apenas o que é necessário. Seja claro e conciso, informando os detalhes de como os problemas de saúde mental afetam seu trabalho. Mantenha-se profissional e apropriado, uma vez que seu chefe não é um Psicólogo ou amigo próximo.

Não esqueça de cuidar de você

Ao conversar com seu chefe e mantê-lo informado sobre sua saúde mental, comece a fazer as mudanças que o beneficiarão. Se estiver preocupado sobre como ele vai responder à sua revelação, considere pedir a um amigo ou Psicólogo para encenar a conversa.

Assim, você se sentirá muito mais preparado e relaxado quando chegar a hora. Certifique-se de cuidar de si mesmo fora do trabalho também, com autocuidado, exercícios e uma dieta balanceada.

Embora seja mais fácil dizer do que fazer, não tenha vergonha de seus problemas, ou deixar que eles o impeçam de ser feliz e saudável na carreira.

Sobre o autor: Emilson Lúcio da Silva

Avatar de Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Artigos relacionados

Avatar do Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Autor: Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Emilson Lúcio da Silva é Psicólogo desde 2012. Ele possui o título de especialista pelo Conselho Federal de Psicologia e é reconhecido como uma autoridade na área de saúde mental.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *