Sextorção: um tipo de chantagem online que está aumentando

Homem com as mãos cobertas com luva em cima do teclado de um notebook

Categoria: Outros

Avatar de Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Importante: este artigo é meramente informativo e insuficiente para um diagnóstico definitivo. Sendo assim, é recomendado agendar uma consulta sobre seu caso em particular.

Publicidade
Início do artigo

A extorsão sexual, também conhecida como sextorção, é uma forma de chantagem online em que alguém engana ou coage você a enviar imagens íntimas suas, e depois ameaça compartilhá-las com familiares, amigos ou conhecidos, a menos que você cumpra algumas exigências. Normalmente, estas exigências são por mais imagens, pagamento ou favores sexuais.

Além das ameaças e da coerção, as vítimas muitas vezes sentem que fizeram algo de errado e serão punidas pelos pais ou responsáveis, ou processadas pela polícia se as suas ações forem descobertas.

Leia também:  Se te bloqueou é porque te ama e se preocupa com seu futuro

Como acontece a sextorção?

Normalmente, a sextorção começa com uma conversa online aparentemente normal. O agressor então direciona a conversa para um tom romântico ou sexual antes de pedir à vítima que envie vídeos ou fotos de nudez. Ele lisonjea seu alvo ou dá-lhe muita atenção para que se sinta valorizado, especial ou único.

Publicidade

O agressor também tenta fazer com que a vítima se sinta mal por ele, usando uma história triste e com a esperança de apelar ao sentimento de compaixão da vítima. Se o alvo for emocionalmente vulnerável, o agressor vai fingir ser um companheiro compreensivo e que ouve abertamente.

No entanto, depois que a vítima envia conteúdo explícito, o agressor pede mais conteúdo ou exige pagamento em troca de não publicar ou encaminhar o que foi enviado. Em muitos casos ele falsifica a própria identidade com o objetivo de ganhar a confiança da vítima.

Onde a sextorção acontece?

A sextorção acontece em qualquer serviço interativo online, incluindo compartilhamento de imagens e vídeos, mensagens instantâneas ou aplicativos de redes sociais.

Leia também:  Como reagir quando alguém te bloqueia nas redes sociais?

Como se proteger da sextorção?

É melhor evitar se tornar uma vítima, em primeiro lugar. Existem algumas regras simples que, quando combinadas com a autoconsciência, por exemplo, ajudarão a evitar que você seja uma vítima:

  • Não compartilhe e publique muitas informações pessoais online;
  • Use todas as suas configurações de privacidade de mídia social;
  • Use apelidos em sites de namoro;
  • Nunca aceite amigos desconhecidos;
  • Cubra sua webcam;
  • Não clique em links ou baixe arquivos.

Se você foi vítima de sextorção

Neste caso, a orientação é muito clara:

  • Não entre em pânico. Ajuda e suporte estão disponíveis;
  • Não pague qualquer quantia solicitada;
  • Salve as evidências: tire printscreens, salve mensagens, imagens e colete os links de URL para onde as informações estão sendo compartilhadas;
  • Informe às empresas de rede social onde a publicação aconteceu;
  • Denuncie ao seu provedor de serviços de Internet;
  • Bloqueie todas as comunicações com a pessoa que está chantageando;
  • Conte para alguém próximo à você;
  • Denuncie para as autoridades.
Leia também:  Razões para um Psicólogo não querer mais atender um paciente

Palavras finais sobre a sextorção

Embora seja difícil saber em quem confiar, você pode reduzir o risco de ser sextortado interagindo apenas com pessoas online que conheceu pessoalmente. Mas, mesmo assim, é importante verificar detalhes como data de nascimento e postagens recentes que possam ser verificadas como autênticas.

Outra forma de saber em quem você pode confiar é verificar a lista de amigos da pessoa, procurando amigos em comum. Como o agressor pode criar uma rede de “amigos” e “contatos”, apenas as interações pessoais servem como prova de que a identidade do indivíduo é autêntica.

Sobre o autor: Emilson Lúcio da Silva

Avatar de Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Artigos relacionados

Avatar do Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Autor: Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Emilson Lúcio da Silva é Psicólogo desde 2012. Ele possui o título de especialista pelo Conselho Federal de Psicologia e é reconhecido como uma autoridade na área de saúde mental.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *