O que é e quais as características de um narcisista perverso?

Um homem com uma máscara simbolizando um narcisista perverso

Categoria: Narcisismo

Avatar de Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Importante: este artigo é meramente informativo e insuficiente para um diagnóstico definitivo. Sendo assim, é recomendado agendar uma consulta sobre seu caso em particular.

Publicidade
Início do artigo

O narcisista perverso é uma pessoa abusiva e com uma autoimagem depreciativa que encontra prazer em mentir, manipular, humilhar os outros e usá-los para conseguir tudo que deseja.

Os homens geralmente são mais afetados por este transtorno, apresentando uma aparência de superioridade e com uma forte necessidade de admiração.

Além do desejo por se concentrar em si mesmo e de ser respeitado por praticamente todos em suas vidas, o narcisista perverso tem um lado mais sombrio: ele é altamente manipulador, e não se importa com quem machuca, desde que consiga o que quer.

Tipos de narcisismo

O narcisismo perverso é apenas um dos 5 tipos tipos diferentes. Os outros são:

  • Narcisismo aberto;
  • Narcisismo encoberto;
  • Narcisismo comunitário;
  • Narcisismo antagônico;
  • Narcisismo maligno.

O narcisismo perverso é considerado por muitos como o tipo mais grave. Por isso, é fundamental aprender a reconhecer alguém com essa condição em sua vida, bem como o que esperar das interações com essa pessoa.

Publicidade

Esse conhecimento também fornecerá informações sobre como lidar com ela da maneira mais saudável possível.

O que significa ser um narcisista perverso?

A principal diferença é que: enquanto o narcisismo comum envolve sintomas de grandiosidade e baixa empatia pelos outros, o narcisista perverso apresenta sintomas mais graves, bem como de outros Transtornos de personalidade co-ocorrentes.

Entre os diferentes tipos, o narcisista perverso é de longe o mais prejudicial para os outros. Alguém com esse subtipo apresenta, além do os traços gerais do Transtorno de personalidade narcisista, o egocentrismo regular.

Leia também:  O narcisista sente saudade depois que a relação termina?

Ele também tem traços antissociais e até mesmo sádico, bem como um senso de identidade pobre e falta de empatia. Frequentemente a paranoia também está presente.

Há muito pouca diferença entre o narcisismo perverso e o psicopata, pois ambos apresentam comportamento antissocial e baixa empatia.

Sinais de um narcisista perverso

Os sinais e sintomas do Transtorno de personalidade narcisista (e a gravidade desses sintomas) variam. São características comuns de narcisistas perversos:

  • Preocupação com fantasias sobre beleza, brilhantismo, sucesso e poder;
  • Incapacidade de lidar com críticas;
  • Tendência para atacar se forem menosprezados;
  • Propensão a tirar vantagem dos outros para conseguir o que quer;
  • Preocupação excessiva com a própria aparência;
  • Expectativa de ser tratado como superior;
  • Falta de empatia pelos outros;
  • Sentimento inflado de si mesmo e incapacidade de autorregular;
  • Não ter remorso por ferir os outros e nenhum interesse em se desculpar, a menos que isso o beneficie;
  • Ter uma atitude de merecer o melhor de tudo;
  • Tendência a monopolizar conversas e/ou maltratar aqueles que percebe como inferiores;
  • Insegurança oculta e um fraco senso de identidade;
  • Tendência de culpar os outros por seu próprio mau comportamento.

Sinais adicionais de narcisismo perverso incluem:

  • Ver o mundo em termos de “preto e branco” e os outros somente como amigos ou inimigos;
  • Lutar para vencer a todo custo, deixando uma grande quantidade de dor, frustração e até mágoa em seu rastro;
  • Não se importar com a dor que causa aos outros, ou até gostar e se sentir fortalecido com isso;
  • Fazer o que for preciso para se proteger de perdas, das inconveniências ou do não conseguir o que deseja.

Causas do narcisismo perverso

As razões pelas quais uma pessoa se torna um narcisista perverso não são conhecidas. Como acontece com a maioria dos distúrbios de saúde mental, o Transtorno de personalidade narcisista é resultado da combinação de uma série de fatores.

Por exemplo, as seguintes experiências da infância contribuem para o desenvolvimento do narcisismo:

  • Abuso;
  • Excesso de mimos dos pais;
  • Parentalidade excessivamente autoritária.

Ter um parente próximo com narcisismo também aumenta o risco de desenvolver o transtorno.

Também é possível que a neurobiologia desempenhe alguma influência, por conta da substância cerebral branca e cinzenta alterada.

Leia também:  A codependência e o narcisismo são mais comuns do que se pensa

Diagnosticando um narcisista perverso

Embora o narcisismo perverso não seja reconhecido como um diagnóstico oficial, costuma-se usar esse termo para descrever uma combinação dos seguintes transtornos:

  • Transtorno de personalidade antissocial (TPA);
  • Transtorno de personalidade narcisista (TPN);
  • Agressão e sadismo (em relação a si mesmo, aos outros ou a ambos);
  • Paranóia.

Tratamento para narcisismo perverso

O tratamento do narcisismo perverso é um desafio, especialmente porque a pessoa não consegue dar prosseguimento, isso quando o procuram.

Terapia

Terapia segue sendo o tratamento mais comum para o narcisismo.

Se você ou alguém de quem você gosta tem Transtorno de personalidade narcisista, existem algumas terapias úteis. Embora haja dados relativamente limitados sobre esse tópico, as abordagens terapêuticas frequentemente aplicadas incluem:

  • Terapia psicodinâmica: para entender melhor os pensamentos e emoções;
  • Terapia cognitivo-comportamental (TCC): para identificar e mudar pensamentos e comportamentos destrutivos;
  • Terapia comportamental dialética (TCD): para aprender habilidades de enfrentamento saudáveis, técnicas de regulação emocional e como permanecer no presente;
  • Terapia de casal: para melhorar seu relacionamento com um cônjuge;
  • Terapia familiar: para reconhecer e lidar efetivamente com problemas de relacionamento familiar, como os relacionados à comunicação e conflito.

O narcisista geralmente resiste à terapia porque teme críticas. No entanto, a vontade de mudar combinada com terapia trará resultados positivos.

Medicamento

Não há medicamentos específicos para tratar o narcisismo, mas eles podem ser prescritos para melhorar sintomas como raiva, irritabilidade e paranóia.

Eles também podem ser prescritos para tratar distúrbios psiquiátricos concomitantes, como transtorno bipolar, transtorno por uso de substâncias e outros transtornos de personalidade.

Dependendo dos sintomas e outros problemas de saúde mental envolvidos, os medicamentos que prescritos incluem:

  • Ansiolíticos;
  • Antidepressivos;
  • Antipsicóticos;
  • Estabilizadores de humor.

Como lidar com um narcisista perverso?

Como alguém lidar com o narcisismo de um ente querido, um chefe ou colega de trabalho?

Aqui estão algumas dicas que vão ajudar:

  • Coloque alguma distância entre você e ele: manter essa distância é um desafio, pois a pessoa com traço narcisista tende a ter pouco respeito pelos limites;
  • Não tente mudá-la e não espere que mude: como resultado direto dos sintomas, poucas pessoas com o Transtorno de personalidade narcisista reconhecem a necessidade de tratamento e procuram ajuda;
  • Se você o desafiar diretamente, ele vai retaliar: isso não significa que deva concordar com tudo o que o narcisista pedir, mas precisará encontrar maneiras menos conflituosas de comunicar seus limites ou divergências;
  • Não confronte-a na frente de um grande público: confrontar o narcisista perverso na frente de outras pessoas vai fazê-lo se sentir ameaçado;
  • Cerque-se de pessoas que o apoiem: use um grupo de apoio para absorver um pouco da negatividade que você experimenta com essa pessoa.
Leia também:  10 sinais de que um narcisista quer sua atenção após o término

O narcisista perverso carece de empatia, exige atenção constante e se preocupa apenas com suas próprias necessidades.

Por causa disso, ele não pode amar verdadeiramente outras pessoas. O que ele entende por amor é apenas a maneira de buscar sua própria felicidade, bem como realizar os próprios desejos.

Quando procurar ajuda?

Como o o narcisismo perverso afeta os relacionamentos pessoais, obter ajuda melhora a qualidade das interações com outras pessoas. Porém, no final, só depende dele procurar ajuda e obter o máximo de benefícios possível.

Quer ele esteja ou não recebendo tratamento para sua condição, você pode falar com um Psicólogo que entenda de narcisismo.

Além de ajudá-lo a entender melhor os comportamentos narcisistas, ele vai ajudá-lo a desenvolver estratégias de enfrentamento para proteger seu bem-estar mental e emocional.

Palavras finais

Interagir com alguém com narcisismo perverso não é fácil, portanto é melhor manter uma distância entre você e ela.

Se a pessoa for um membro da família ou colega de trabalho, criar essa distância será difícil. Nesses casos, saiba com quem você está lidando e como se comunicar da forma mais saudável possível.

Se você acredita que conhece um narcisista perverso, converse com um Psicólogo. Ele é treinado para ajudá-lo a aprender habilidades de enfrentamento, como estabelecer limites e praticar estratégias de autocuidado.

Terapia de grupo e grupos de apoio também são recursos úteis.

Sobre o autor: Emilson Lúcio da Silva

Avatar de Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Artigos relacionados

Avatar do Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Autor: Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Emilson Lúcio da Silva é Psicólogo desde 2012. Ele possui o título de especialista pelo Conselho Federal de Psicologia e é reconhecido como uma autoridade na área de saúde mental.

4 comentários em “O que é e quais as características de um narcisista perverso?”

  1. Gostei muiiiito do conteúdo. Tenho uma irmã narcisista perverso. Seu artigo ótimo e me ajudou muito. Só tem um probleminha. Tem anúncios demais. Isso tira a concentração da leitura. Tive que retornar ao início dos textos várias vezes pra não perder o fio de linha da interpretação dos textos.
    Texto excelente!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *