O consumo de conteúdo adulto prejudica o relacionamento?

Homem em frente à um notebook com cara de assustado

Categoria: Casamento

Avatar de Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Importante: este artigo é meramente informativo e insuficiente para um diagnóstico definitivo. Sendo assim, é recomendado agendar uma consulta sobre seu caso em particular.

Publicidade
Início do artigo

Ninguém acorda em sã consciência e diz: “Hoje, quero sair por aí e prejudicar meus relacionamentos. Vou me isolar emocionalmente, minar a confiança e deixar meu parceiro confuso, rejeitado, com raiva e traído”. Contudo, é exatamente esse o resultado do consumo de conteúdo adulto, especialmente durante um relacionamento romântico.

O consumo de conteúdo adulto em segredo

Existe uma lacuna considerável entre homens e mulheres quando se trata do consumo pessoal e aceitação de conteúdo adulto. Embora não seja incomum que mulheres a consumam, os homens são mais propensos a vê-la. Isso é particularmente verdadeiro no caso do consumo regular diário ou semanal.

A maior parte das mulheres em relacionamentos heterossexuais não está ciente da quantidade de conteúdo adulto que seu parceiro assiste.

Dada essa lacuna, provavelmente não é surpresa que elas tendam a ver o conteúdo adulto e sofrer seus efeitos de maneira muito diferente dos homens. Elas não veem nenhum papel aceitável do conteúdo adulto em seu relacionamento romântico.

Leia também:  As 11 qualidades mais desejáveis ​​em um casamento de sucesso

Também é comum que descubram que seu parceiro está consumindo esse material, ou que ele está consumindo tipos de conteúdo adulto com os quais não se sentem confortáveis. Quando isso acontece, o parceiro sente uma variedade de emoções negativas, incluindo rejeição, solidão, raiva e vergonha.

Ainda que acreditem que conteúdo adulto não seja o mesmo que traição, elas sentem uma profunda sensação de infidelidade. O segredo, a vergonha, o isolamento e a desconfiança que são introduzidos em um relacionamento pelo consumo de conteúdo adulto se transformam em uma variedade de tipos de problemas.

A expectativa irreal provocada pelo conteúdo adulto

Mesmo que o conteúdo adulto não seja mantida em segredo, ela ainda causa danos reais. Ela promove expectativas irreais, que nunca se cumprirão em um relacionamento romântico.

Nos filmes, os atores sempre têm a melhor aparência. Eles são eternamente jovens, aprimorados cirurgicamente, retocados e photoshopados com perfeição. Portanto, não é difícil ver por que a maioria das mulheres acredita que o conteúdo adulto muda as expectativas dos homens sobre a aparência delas.

Mas não é apenas a aparência física que fica distorcida no conteúdo adulto. As mulheres são geralmente retratadas como ansiosas por sexo em qualquer lugar, a qualquer hora, com qualquer pessoa, e ficam encantadas em ir tão longe e tão agressivamente quanto um ou vários parceiros desejam.

Elas sempre atingem o clímax, geralmente alto e em êxtase, e então estão imediatamente prontas para mais. Nunca ficam cansadas ​​ou doloridas e nunca precisam de uma pausa. Na verdade, elas nunca parecem precisar de nada, exceto relação sem fim. São retratadas como felizes com qualquer coisa que um homem queira fazer, mesmo que seja arriscado, doloroso ou humilhante.

Leia também:  Quais os sinais de que uma pessoa é difícil de agradar?

Quanto mais conteúdo adulto um homem consome, maior a probabilidade de ele ficar insatisfeito com o tamanho de seu pênis. E o mesmo vale para mulheres com parceiros masculinos: quanto mais conteúdo adulto elas consomem, menos satisfeitas ficam com o tamanho do pênis dele.

Muitos jovens dizem ter aprendido sobre sexo assistindo conteúdo adulto, e muitas das jovens dizem que se sentem pressionadas a seguir os “roteiros” que parceiros aprenderam com esse material. Elas são pressionadas a fazer sexo em posições desconfortáveis, fingindo respostas sexuais e consentindo em atos desagradáveis ​​ou dolorosos.

É comum que pessoas que descobrem o hábito de consumo de conteúdo adulto de seus parceiros internalizarem a vergonha, a confusão e a insegurança, perguntando a si mesmos por que não são “suficientes”. Ele está ligado a sentimentos de traição e à erosão do vínculo de apego nas relações de casal.

Junte tudo isso e veja como o consumo excessivo de conteúdo adulto afeta negativamente a profundidade do apego e a confiança nos relacionamentos românticos.

A exposição pública de imagens não consentidas

Nos últimos anos, a onipresença do smartphone também marcou o aumento do abuso baseado em imagens, muitas vezes chamado de “sextorção”. Ela refere-se ao compartilhamento ou ameaça de compartilhamento de imagens íntimas de alguém sem o seu consentimento.

As vítimas desse tipo de abuso experimentam a perda geral de confiança nos relacionamentos, Transtorno de Estresse Pós-Traumático, ansiedade e depressão. Consequências muito semelhantes experimentada por mulheres sobreviventes de estupro.

Publicidade

Essas vítimas também tendem a desenvolver mecanismos de enfrentamento negativos, como se envolver em evitação, negação e automedicação, na tentativa de evitar sentimentos de desespero e angústia em relação à vitimização.

Leia também:  Você sabe identificar um relacionamento tóxico?

O consumo excessivo de conteúdo adulto provoca atitudes de objetificação, deixando-as mais dispostos a compartilhar imagens íntimas sem consentimento.

Palavras finais sobre o consumo de conteúdo adulto

O conteúdo adulto não é um passatempo inofensivo, especialmente quando fere um parceiro romântico, e a vergonha não é uma forma eficaz de motivar alguém a mudar. A vergonha, na verdade, aumenta o consumo desse tipo de material, enquanto é a sensação de culpa que promove uma mudança mais sustentável.

Portanto, se você está tentando desistir do conteúdo adulto, seja gentil consigo e paciente com seu progresso. Como tudo, leva tempo para o cérebro se recuperar, mas os esforços diários fazem uma grande diferença a longo prazo.

Amar alguém é ver o bem e o mal, e ainda assim, aceitá-la. Dedicar seu tempo, sua energia e seu amor à alguém que também se concentra em você é uma das melhores sensações do mundo. Muitas vezes, no entanto, o conteúdo adulto quebra esse foco. Concentre-se novamente no amor.

Sobre o autor: Emilson Lúcio da Silva

Avatar de Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Artigos relacionados

Avatar do Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Autor: Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Emilson Lúcio da Silva é Psicólogo desde 2012. Ele possui o título de especialista pelo Conselho Federal de Psicologia e é reconhecido como uma autoridade na área de saúde mental.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *