Quais as maiores razões para alguém trair a pessoa que ama?

Uma mulher chorando enquanto ao fundo está o seu marido beijando outra mulher

Categoria: Infidelidade

Avatar de Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Importante: este artigo é meramente informativo e insuficiente para um diagnóstico definitivo. Sendo assim, é recomendado agendar uma consulta sobre seu caso em particular.

Publicidade
Início do artigo

Grande parte das pessoas que traem nos relacionamentos afirma amar verdadeiramente o parceiro. Mas, essa sinceridade é duvidosa.

Afinal, se você realmente ama alguém, isso significa manter um nível de confiança, compromisso e honra, certo?

Então, por que alguém trai a pessoa que ama?

Intimidade diminuída

Se as necessidades não estão sendo atendidas, a pessoa pode procurar a satisfação em outro lugar.

Contudo, ao invés de procurar intimidade fora do relacionamento romântico, é melhor conversar com o parceiro, discutir suas necessidades e o que pode ser feito para trazer esse contentamento de volta.

Leia também:  Será que vale a pena perdoar alguém que te traiu?

Negligência

A negligência em um relacionamento romântico refere-se aos sentimentos de ser desconsiderado quando alguém não é mais a precedência do parceiro.

A falta de atenção, tanto em dar como em receber, é seriamente prejudicial ao relacionamento romântico.

Se você não está recebendo a atenção que deseja, comunique.

Vingança

Não importa como você chame, vingança ou retaliação, mas esta é uma maneira terrível de demonstrar dor e raiva.

Ressentimento é a mentalidade de atacar o fogo com fogo, ou seja, vou te machucar quando você me machucar. No entanto, a infidelidade nunca deve ser empregada como defesa.

Oportunidade

Algumas pessoas traem apenas porque podem fazê-lo.

Alguém pode não querer trair, mas a lacuna no relacionamento, os sentimentos sobre a aparência e a atenção de outra pessoa tornam a infidelidade possível.

No entanto, isso não significa que todos os que têm a chance de trair o farão.

Vontade de mudança

Há pessoas que traem quando querem algo distinto, ou quando sentem que as coisas se tornaram complacentes demais.

Publicidade

Elas podem desejar diversidade em sua vida afetiva ou, talvez, algum tipo de aventura para distrair-se do cotidiano.

Leia também:  Por que um homem é capaz de trair a pessoa que ama?

Problemas de compromisso

Problemas de compromisso não são apenas uma condição de infidelidade, mas uma causa significativa pela qual alguns relacionamentos acabam.

O compromisso afugenta algumas pessoas, e elas arruínam o relacionamento como forma de evitar a difícil tarefa de terminar.

Pessoas com problemas de compromisso estão mais inclinadas a trair em algumas situações.

Além disso, o compromisso não implica a mesma coisa para todos. É razoável que um casal tenham opiniões diversas sobre o status de seu relacionamento, como se ele é exclusivo, casual e assim por diante.

Apaixonar-se

A sensação emocionante de se apaixonar por alguém geralmente não persiste para sempre.

Uma vez que o brilho desaparece, a pessoa pode perceber que o amor simplesmente não existe. Ou talvez entenda que está apaixonado por outra pessoa.

Permanecer em um relacionamento sem amor romântico leva ao desejo de sentir amor novamente, e desencadear a infidelidade.

Ressentimento ou raiva

A raiva ou o ressentimento envolve estar bravo com o comportamento do parceiro, uma situação ruim no trabalho ou uma atitude indefinida sobre a vida.

Às vezes, o ressentimento leva as pessoas a desabafar e suprimir esse sentimento por meio da infidelidade, o que também anda de mãos dadas com a retaliação.

Leia também:  6 sinais de infidelidade emocional

Baixa autoestima

Quando as pessoas não se sentem bem consigo mesmas, elas buscam a validação de outros para se tornarem mais autoconfiantes e se sentirem melhor.

Portanto, querer aumentar a autoestima desencadeia a infidelidade.

Várias pessoas que traem por causa de problemas de auto-estima têm parceiros amorosos e solidários que oferecem encorajamento e compaixão.

Os danos da traição podem ser reparados?

Se você foi traído, saiba que não foi sua culpa.

Não importa o motivo que seu parceiro lhe dê para justificar a traição, isso é responsabilidade dele, não sua.

A responsabilidade recai sobre ele porque escolheu trair e colocar seus desejos antes de você e do relacionamento.

Mas, se foi você que traiu, precisa fazer um pequeno exame de consciência e descobrir por que trapaceou. Você foi motivado por um problema de relacionamento ou uma questão pessoal?

Mostre seu arrependimento e vontade de receber ajuda profissional.

Sobre o autor: Emilson Lúcio da Silva

Avatar de Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Artigos relacionados

Avatar do Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Autor: Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Emilson Lúcio da Silva é Psicólogo desde 2012. Ele possui o título de especialista pelo Conselho Federal de Psicologia e é reconhecido como uma autoridade na área de saúde mental.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *