Pare de se lamentar pelo término de uma amizade

Uma garoto sentado em cima de uma escadaria e olhando para o seu celular

Categoria: Outros

Avatar de Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Importante: este artigo é meramente informativo e insuficiente para um diagnóstico definitivo. Sendo assim, é recomendado agendar uma consulta sobre seu caso em particular.

Publicidade
Início do artigo

O rompimento de uma amizade dói, às vezes mais do que o término de um relacionamento romântico. Então, as pessoas começam a pensar constantemente no que deu errado, ou no que poderiam ter feito de diferente.

É natural se perguntar sobre essas coisas, mas às vezes isso se torna uma preocupação frequente, com o quanto você sente falta do seu amigo.

Refletir sobre amizades perdidas faz parte do processo de cura, mas é difícil seguir em frente se você ficar “obcecado” com isso. Portanto, aprender a parar de pensar demais sobre o assunto vai ajudá-lo a recuperar o foco e olhar para o futuro por uma nova perspectiva.

Como seguir em frente após o término de uma amizade?

Pratique a meditação da atenção plena

Meditar e praticar a atenção plena ajuda a acalmar a mente e parar de ruminar sobre o passado.

Publicidade

Se você não consegue parar de pensar no término da amizade, considere o uso da meditação mindfulness para reorientar seus pensamentos. Ela vai ajudá-lo a:

  1. Se tornar consciente de seus sentidos;
  2. Permitir que você perceba o presente e;
  3. Interromper os pensamentos obsessivos.

Converse com alguém de sua confiança

Conversar com alguém em quem você confia vai ajudá-lo a parar de pensar excessivamente no término de uma amizade.

Como as pessoas nem sempre percebem o vazio que o rompimento de uma amizade deixa, então é essencial comunicar suas necessidades aos outros, com um convite aberto para que seus entes queridos se levantem e apoiem você.

Leia também:  É normal sentir atração sexual pelo meu Psicólogo?

Conversar com um amigo ou familiar vai ajudá-lo a processar o que aconteceu. Desabafe com eles e ouça seus conselhos ou feedback. Mas, converse com alguém que não seja amigo em comum da pessoa de quem você vai falar, para evitar drama ou um desconforto desnecessário.

Se você se sente desconfortável em conversar com alguém próximo, considere buscar ajuda de um Psicólogo. Ele o ajudarão a processar o término e descobrir maneiras de seguir em frente.

Pare de olhar para as lembranças

Olhar constantemente para as coisas que lembram o ex amigo só dificultam ainda mais o processo de seguir em frente.

Considere encaixotar presentes, fotos e qualquer outra coisa que o impeça de se concentrar no presente.

Priorize o autocuidado

É sempre melhor manter-se positivo e focar em si mesmo. Concentrar-se em cuidar de suas necessidades físicas e emocionais vai ajudá-lo a seguir em frente.

Isso o ajuda a lembrar que pode prosperar sem essa amizade específica. Concentra-se em si vai ajudá-lo a afastar os pensamentos sobre o término de uma amizade de sua mente.

Assim, você aumentará sua autoestima e descobrirá que pode ficar bem sem essa pessoa. Para priorizar o autocuidado, você pode considerar:

  • Comer alimentos saudáveis;
  • Dormir o suficiente;
  • Fazer exercícios;
  • Concentrar-se em seus interesses e hobbies.

Mude a mentalidade sobre seus erros

Ninguém é perfeito, incluindo você, mas isso não significa que deva se culpar pelo que deu errado. Embora seja valioso assumir a responsabilidade por sua parte no rompimento, não crie uma história que o deixe preso ou o retrate de uma forma que o diminua.

Se você mudar sua mentalidade e ver seus erros como lições em vez de arrependimento, poderá seguir em frente. As lições vão ensiná-lo a como se comportar melhor em futuras amizades.

Mudar sua mentalidade geralmente requer perdoar a si mesmo. Se você se culpa pelo que deu errado, precisa aprender a aceitar a experiência, já que não pode mudar o que aconteceu.

Use seus erros como uma oportunidade de aprendizado e para se tornar um amigo melhor nas situações futuras.

Resolva o mal entendido

O término de uma amizade é difícil porque nem sempre houve uma resolução. Se a outra pessoa estiver disposta, busque respostas para o que aconteceu e por que seu relacionamento acabou.

Isso vai ajudá-lo a encontrar um fechamento, pedir desculpas, expressar seus sentimentos e seguir em frente.

Leia também:  O que você deve fazer se não gostar do seu Psicólogo?

Escreva sobre seus sentimentos

Escrever sobre seus sentimentos vai ajudá-lo a liberar a dor e a confusão associadas a eles.

Considere escrever tudo o que você está pensando, sentindo e fazendo. Isso ajuda a entender a si mesmo e a deixar de lado a negatividade.

Faça uma pausa nas redes sociais

O uso excessivo de redes sociais levam à comparação, baixa autoestima e depressão. Considere fazer uma pausa no uso delas por cerca de 1 a 4 semanas.

Pode ser difícil, mas evitar as redes sociais ajuda a arranjar tempo para atividades que você gosta ou para focar no autocuidado.

Você também pode considerar usar seu tempo longe das redes sociais para se concentrar em sua comunidade ou para ajudar os necessitados. Muitas vezes, ajudar os outros e passar o tempo com a comunidade nos lembra de que não estamos sozinhos, além de proporcionar uma sensação de conexão.

Se você não estiver pronto para ficar longe das redes sociais, opte por silenciar temporariamente o perfil do seu ex amigo. Isso vai reduzir sua chance de ver as futuras postagens dele.

Terminar uma amizade vs. relacionamento romântico

Términos de uma amizade são mais difíceis do que terminar um relacionamento romântico. Você até se cura da dor e fica mais forte, mas leva tempo e requer autocuidado.

Algumas das razões pelas quais terminar uma amizade é mais difícil do que um relacionamento romântico incluem o seguinte:

Diferentes definições e expectativas

Nos relacionamentos românticos, as expectativas são mais definidas. Também é mais provável que você declare suas necessidades quando se sentir negligenciado. Nem sempre é o mesmo para uma amizade.

Ter medo de comunicar seus problemas para um amigo leva a um distanciamento. Enquanto o amigo que se sentiu negligenciado sabe o que aconteceu, o outro amigo fica se perguntando onde errou.

Não saber falar sobre o que aconteceu

Quando as amizades terminam por causa do distanciamento, elas nem sempre envolvem uma conversa final. As pessoas nem sempre sabem devem discuti-lo ou como fazê-la.

Por outro lado, uma separação romântica geralmente envolve uma conversa que permite o encerramento.

Envolve mais vergonha

Os adultos pensam que devem ter amizades duradouras porque acreditam na importância de valorizá-las. Quando não dá certo, você pode se sentir envergonhado por não ter conseguido.

Às vezes você pode sentir que é o único que luta pela amizade. Se isso acontecer, é mais provável que guarde seus sentimentos para si mesmo do que faria com um rompimento romântico.

Leia também:  É saudável voltar com um ex namorado?

Sua vergonha e medo de falar com outras pessoas fazem você se sentir isolado.

Os termos de término de amizade não são tão claros

Quando você termina um relacionamento romântico, os termos geralmente são bem claros. Se você e seu ex decidirem manter contato, poderão discutir isso durante a separação.

Com o término de uma amizade, nem sempre é esse o caso. Ao deixarem se serem amigos, provavelmente não discutirão se continuarão se comunicando em situações específicas.

Quando se deve terminar uma amizade?

O término de uma amizade é difícil porque ela é muito complexa e desempenha um papel importante na vida. O rompimento de uma amizade dói e você pode se sentir pego de surpresa, mas muitas vezes há sinais de que ela precisa terminar.

Esses sinais aumentam com o tempo, e incluem:

  • Traição ou falta de confiança;
  • Frequentes mal-entendidos;
  • Interesses em mudança;
  • Falta de comunicação;
  • Sentimentos de desconexão;
  • Comportamento abusivo (físico ou emocional);
  • Discussões frequentes;
  • Comportamento tóxico sem perspectiva de melhorar;
  • Sentir-se julgado ou menosprezado.

Às vezes é difícil encarar esses sinais e considerar que o melhor é terminar uma amizade. Reserve um tempo para considerar se esse relacionamento pode, deve ser salvo, ou se é melhor seguir em frente.

Próximos passos

A dor do término de uma amizade é real, e você precisará de tempo para se recuperar. Às vezes é pior do que um rompimento romântico ou outra perda, então não se culpe por estar passando por um momento difícil.

Se estiver passando por dificuldades em meio à perda de um amigo, você não está sozinho. As dicas a seguir vão ajudá-lo a lidar com o término de uma amizade:

  • Fale com uma pessoa em quem você confia;
  • Coloque seu bem-estar em primeiro lugar;
  • Procure um profissional de saúde mental;
  • Crie novas memórias e hábitos;
  • Estabeleça limites nas redes sociais e;
  • Comunique-se abertamente para encontrar uma solução.

Essas dicas vão ajudá-lo a encontrar a felicidade novamente. Você vai encontrar outros amigos e experimentar alegria em novas experiências.

Mantenha-se esperançoso e inevitavelmente encontrará amigos que o amam e o apoiam.

Sobre o autor: Emilson Lúcio da Silva

Avatar de Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Artigos relacionados

Avatar do Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Autor: Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Emilson Lúcio da Silva é Psicólogo desde 2012. Ele possui o título de especialista pelo Conselho Federal de Psicologia e é reconhecido como uma autoridade na área de saúde mental.