Afinal, o que a terapia pode fazer por você?

Um jovem sentado em uma cadeira com expressão de preocupação enquanto um Psicólogo está a sua frente

Categoria: Terapia online

Avatar de Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Importante: este artigo é meramente informativo e insuficiente para um diagnóstico definitivo. Sendo assim, é recomendado agendar uma consulta sobre seu caso em particular.

Publicidade
Início do artigo

Seja porque você esteja estressado ou as coisas na vida estejam um pouco confusas, alguém próximo sugeriu que falasse com alguém, particularmente um Psicólogo?

É compreensível que, a princípio, tenha ficado um pouco ofendido com a ideia, mas pense: afinal, o que a terapia pode fazer por você? Você vai apenas conversar? Como falar sobre um problema vai resolvê-lo?

Qual o objetivo da terapia?

Uma das primeiras coisas que digo a um novo paciente durante nossas primeiras sessões é: terapia não é mágica!

Não faço isso para desencorajá-lo, mas quero preparar o terreno e definir as expectativas logo de início: terapia é trabalho. Não há pó de pirlimpimpim, palavra mágica ou insight que fará com que seus problemas “desapareçam”.

Nas primeiras sessões é comum ouvir coisas como:

  • “Como faço para consertar isso?”;
  • “Como faço para parar de me sentir assim?”;
  • “Como eu supero isso?”.
Leia também:  É melhor optar por um Psicólogo homem ou mulher?

Sinto muito em afirmar, contudo essas são as perguntas erradas de se fazer. É necessário olhar para tudo de maneira diferente.

É claro que não pode-se culpar os novos pacientes por essas expectativas. Eles estão dizendo: “eu quero ficar sem dor”. E sim! Eu também trabalho para isso.

Na verdade, é sinal de coragem da parte de um paciente reconhecer essa necessidade e trabalhar para satisfazê-la. É maravilhoso.

Também é meu trabalho mostrar a eles o caminho a seguir, mesmo quando o caminho é um pouco inesperado.

Portanto, o objetivo da terapia é inspirar mudanças e melhorar a qualidade de vida por meio da autoconsciência e da autoexploração. Estar em terapia:

  • Ajuda a melhorar as habilidades de comunicação;
  • Ajuda a se sentir empoderado;
  • Capacita o desenvolvimento de novos insights sobre sua vida;
  • Auxilia na escolha de coisas mais saudáveis;
  • Desenvolve estratégias de enfrentamento para lidar com o sofrimento.

Então, o que é terapia?

Se eu não vou mostrar ao paciente como consertar magicamente a si mesmo ou a seus problemas, qual é o objetivo?

A terapia é um lugar para aprender novas habilidades e, ao mesmo tempo, ouvir e validar as experiências reais do paciente, bem como que suas emoções são amigas, não inimigas (mesmo as assustadoras).

Além disso, trabalha-se para criar uma narrativa coesa da própria vida e entender a si, levando a uma melhor aceitação e menor evitação das coisas como elas são.

Ela incentiva o diálogo aberto e honesto sobre questões que lhe causam angústia. Por meio do relacionamento com seu Psicólogo, você trabalhará na identificação e entendimento de como esses estressores afetam sua vida, além de desenvolver estratégias para controle de sintomas.

Leia também:  Devo compartilhar o que acontece na terapia com meu parceiro?

Quando o paciente pergunta: “como faço para que isso desapareça?” A resposta que dou, é: “aceitando sua existência e convidando-o a ficar.”

Isso geralmente não é o que o paciente espera. Então, o que você fará na terapia é aprender a olhar o mundo de maneira um pouco diferente.

Quando crianças, recebemos as ferramentas para ler, escrever e fazer contas, mas nunca fomos educados sobre como lidar com o caos dentro de nós mesmos e nossas vidas internas.

Existe todo um conjunto de habilidades que não nos é ensinado em nossos primeiros anos de desenvolvimento.

Na maioria das vezes, quando somos criados por humanos falíveis (o que todos somos), ganhamos cicatrizes emocionais, e às vezes físicas.

Publicidade

Isso cria um terreno fértil para na idade adulta:

  • Repetirmos padrões de comportamento que não nos servem mais;
  • Acreditar em roteiros que foram escritos sobre nós;
  • Não saber como lidar ou entender o que está acontecendo.

Por outras palavras: estamos com dor e não sabemos como sair dela.

A terapia fornece as pistas e as ferramentas

Uma vez que você encontra o Psicólogo certo, pois também existem combinações erradas, terá a possibilidade de entender a história de sua vida: como chegou lá, como lidou com tudo e como entender a dor para poder fazer escolhas para se curar.

Leia também:  Como a terapia online por mensagens de texto pode te ajudar?

Contudo, nada disso se resolve como mágica. Há um trabalho árduo e duro pela frente. Mas, é um trabalho que vale a pena.

Um bom Psicólogo fornecerá um espaço estimulante para que você conheça a si mesmo e suas dores.

Ele deve lhe dar segurança para experimentar como atender às suas próprias necessidades. Ele o guiará para conhecer suas emoções e como fazer amizade com elas, em vez bani-las (uma tarefa inútil).

O que isso significa, na prática? Depende do Psicólogo.

A terapia não é uma abordagem de tamanho único, e também não é fácil. Ela requer um exaustivo trabalho e autorreflexão.

Se você sente que está em um ponto de sua vida em que as coisas estão incontroláveis ​​do jeito que estão, um Psicólogo será a pessoa perfeita para que você se consulte e aprenda novas habilidades.

Trabalhar em conjunto com ele te dará a oportunidade de explorar os pensamentos, sentimentos e padrões de comportamento.

Também é fundamental para aprender novas habilidades, técnicas de enfrentamento e gerenciar melhor os estressores e sintomas diários associados ao seu diagnóstico.

Sobre o autor: Emilson Lúcio da Silva

Avatar de Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Artigos relacionados

Avatar do Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Autor: Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Emilson Lúcio da Silva é Psicólogo desde 2012. Ele possui o título de especialista pelo Conselho Federal de Psicologia e é reconhecido como uma autoridade na área de saúde mental.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *