Saiba como identificar facilmente uma mulher narcisista

Uma mulher narcisista tentando conquistar pela sensualidade

Categoria: Narcisismo

Avatar de Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Importante: este artigo é meramente informativo e insuficiente para um diagnóstico definitivo. Sendo assim, é recomendado agendar uma consulta sobre seu caso em particular.

Publicidade
Início do artigo

O Transtorno de personalidade narcisista caracteriza-se pela necessidade excessiva de validação externa. No entanto, ele se manifesta de forma diferente e menos grave nas mulheres, tornando-o mais difícil de ser detectado.

Embora a mulher narcisista seja menos comum do que o homem narcisista, ela possui algumas características reveladoras que ajudam a identificá-la.

Os traços de narcisismo nas mulheres são em menor número e menos graves do que nos homens. Especificamente, a mulher narcisista é menos autoritária, impulsiva, agressiva e mais empática do que os homens.

A mulher narcisista também apresenta outras características distintas, como exagerada preocupação com a aparência ou maior tendência à inveja e ao ciúme.

Egocentrismo

O egocentrismo é um sinal característico do narcisismo tanto em homens quanto em mulheres. Uma mulher narcisista passa muito tempo falando sobre si mesma e sua vida, sem se preocupar em perguntar como os outros estão.

Quando as pessoas interrompem para falar sobre si mesmas, a mulher narcisista demonstra pouco interesse, e rapidamente volta a conversa para si mesma.

Nunca admitir falhas

Outro sinal da mulher narcisista é nunca admitir culpa ou pedir desculpas e, em vez disso, encontrar maneiras de projetar a culpa em outras pessoas ou situações.

Por exemplo, a mulher narcisista muitas vezes evita a culpa inventando desculpas para seus erros, ou encontrando maneiras de distorcer a situação e acusar a outra pessoa de ser a vilã.

Mesquinhez

A mulher narcisista tem tendência a ser mesquinha. Ela geralmente fica presa a pequenos detalhes ou a erros percebidos por outras pessoas.

Por exemplo, ela é incapaz de parar a obsessão com a menor crítica ou desprezo recebida, ficando hiperfocada em se vingar. Essa incapacidade de abandonar pequenas queixas se torna um problema, fazendo-a parecer ciumenta, mesquinha e amarga para os outros.

Leia também:  As melhores estratégias para fazer um narcisista te respeitar

Obsessão por status social

A superficialidade é outra característica comum na mulher narcisista. Isso aparece como uma tendência em ser excessivamente materialista ou preocupada com marcas, itens de luxo ou outros símbolos de status associados à riqueza.

Outras vezes, a superficialidade inclui preocupação excessiva com status social, reputação, redes sociais e aparência.

Vício em redes sociais

Embora todos os narcisistas sejam egocêntricos, ele se apresenta de forma diferente na mulher narcisista. Ela tem maior probabilidade de se envolver nas redes sociais, postar selfies e ficar obcecada em conseguir curtidas e seguidores.

Ela pode até ser viciada em redes sociais e incapaz de se afastar das realidades virtuais que criou.

Necessidade de ganhos pessoais

Sabe-se que os narcisistas exploram outras pessoas para ganhos pessoais ou interesses puramente egoístas, mas homens e mulheres têm formas opostas de o fazer.

Por exemplo, a mulher narcisista frequentemente usará comportamentos manipuladores ou passivo-agressivos para satisfazer suas necessidades, enquanto os homens narcisistas usam a força, a intimidação ou a agressão física.

Excesso de vaidade

A mulher narcisista se preocupa com a aparência física muito mais do que o homem. Além disso, ela é mais sensível a críticas sobre sua aparência física, peso ou atratividade do que os homens.

A mulher narcisista se vale de procedimentos cosméticos excessivos, dietas extremas ou uma obsessão pouco saudável com a aparência e o peso.

Uso da sensualidade para coagir

A mulher narcisista tem maior probabilidade de capitalizar a sua sensualidade ou atratividade física. Para isso, ela se veste de maneira provocativa, com roupas reveladoras e o uso de muita maquiagem.

Há aquelas que usam a sedução como forma de manipular e explorar financeiramente outras pessoas. Ela também pode se envolver em relações parasitárias com pessoas que podem apoiá-la ou ajudá-la de alguma forma.

Insegurança ou timidez

A mulher narcisista é mais propensa a exibir sinais de narcisismo encoberto, experimentando características que a diferem das representações estereotipadas.

O narcisismo encoberto é quando a insegurança e a baixa autoestima estão combinadas com outros sinais e características de narcisismo. Um narcisista dissimulado não parece arrogante, grandioso ou autoritário mas, em vez disso, se apresenta como tímido, quieto e até inseguro.

Sensibilidade e reatividade

A mulher narcisista é mais emocional do que o homem, tornando-a mais sensível e reativa. Embora todos os narcisistas sejam sensíveis às críticas, a mulher narcisista é mais propensas a ser magoada ou ofendida por outras pessoas.

Leia também:  Quais as consequências de ser criado por pais narcisistas?

Isso também aumenta a probabilidade dela atacar, ficar mal-humorados, emotiva ou se fechar quando estiver chateada.

Dependência ou carência

A mulher narcisista, especialmente a dissimulada, apresenta padrões carentes ou dependentes em seus relacionamentos com outras pessoas. Ela precisa de muita validação, elogios e garantias de seus amigos, familiares e amantes, revelando inseguranças subjacentes.

Sem essa validação, ela fica com ciúmes, chateada, mal-humorada, taciturna ou tem explosões emocionais.

Vitimismo

Se vitimizar por meio da submissão ou aparente falta de defesa é uma tática que a mulher narcisista usa para atrair as pessoas e convencê-las a fazer coisas por ela.

Essa tendência é uma das suas características mais comuns, o que pode ser devido às expectativas da sociedade e aos papéis de gênero.

Comportamentos passivo-agressivos

A mulher narcisista é menos agressivas fisicamente do que os homens narcisistas, e mais propensas a usar agressão passiva e manipulação para coagir os outros.

Por exemplo, a mulher narcisista manipula os outros se vitimizando, agindo pelas costas ou ou dando o tratamento silencioso.

Prática de bullying

Só porque a mulher narcisista não é tão agressiva fisicamente, não significa necessariamente que seja mais legal ou menos perigosa. Ela usa diferentes tipos de agressão, como fofocas, boatos, gaslighting ou xingamentos.

Todas essas são formas de abuso narcisista são tão prejudiciais quanto as formas mais evidentes de agressão típicas do narcisista do sexo masculino.

Instabilidade na vida

Como regra geral, é possível avaliar a gravidade do narcisismo pelo nível geral de funcionamento da pessoa. A mulher narcisista é mais instável em sua vida e nos relacionamentos pessoais e profissionais.

Publicidade

Ela não consegue se manter estável no emprego, manter suas finanças e é incapaz de desenvolver amizades e parcerias românticas saudáveis ​​e duradouras.

Como lidar com a mulher narcisista?

Lidar com a mulher narcisista costuma ser difícil e estressante. Portanto, obter algumas dicas sobre maneiras de interagir com essa personalidade irá ajudar.

Se você conhece uma mulher narcisista, então precisa proteger sua saúde mental, além de manter distância de toda a sua toxicidade.

Aqui estão algumas dicas para lidar com uma mulher narcisista:

  • Aprenda seus padrões: prestar atenção às táticas específicas que a mulher narcisista usa ajuda a identificar rapidamente quando ela estiver tramando algo;
  • Verifique suas expectativas: ao manter realistas suas expectativas em relação a mulher narcisista, você evita os altos e baixos que surgem ao ficar decepcionado, desapontado ou pego de surpresa por ela;
  • Limite suas interações: limitar a frequência e o quanto você interage com uma mulher narcisista evita tornar-se um alvo ou se envolver em seu drama;
  • Mantenha as coisas superficiais: fornecer muitas informações pessoais a mulher narcisista é uma má ideia, pois ela vai usá-las contra você mais tarde;
  • Não alimente sua necessidade de validação: a mulher narcisista necessita de validação externa para se sentir bem consigo mesma, então dar à ela muita atenção, elogios ou validação fará de você um alvo;
  • Não ameace a autoestima dela: quando possível, evite criticá-la, ameaçá-la ou desafiá-la para diminuir as chances de se tornar alvo de sua raiva narcisista;
  • Recuse-se a competir com ela: isso aumenta a probabilidade de você ser visto como uma ameaça e ficar suscetível a abusos adicionais;
  • Encontre soluções ganha-ganha: soluções ganha-ganha são aquelas em que ninguém “perde”, e geralmente são a melhor maneira de negociar com uma mulher narcisista;
Leia também:  Os sinais de que você será vítima de um descarte narcisista

Quando procurar ajuda contra uma mulher narcisista?

É uma boa ideia procurar a ajuda de um Psicólogo se você notar sinais de abuso narcisista, ou se sua saúde mental estiver sendo afetada negativamente por suas interações com um narcisista.

Alguns dos sinais que podem indicar a necessidade de procurar ajuda profissional incluem:

  • Baixa autoestima;
  • Aumento da dúvida;
  • Instabilidade emocional;
  • Problemas de confiança recentemente desenvolvidos;
  • Altos níveis de ansiedade ou ataques de pânico;
  • Sintomas de depressão;
  • Altos níveis de estresse ou esgotamento.

Encontrar um Psicólogo especializado em narcisismo é uma boa ideia e garante que você obtenha a ajuda necessária. Ele vai ajudá-lo a aprender mais sobre a mulher narcisista e também maneiras de lidar com a situação, comunicar-se de maneira eficaz, estabelecer limites e se proteger.

Pensamentos finais sobre a mulher narcisista

Tendências manipulativas, agressão passiva, hipersensibilidade a críticas e superficialidade ou vaidade são sinais comuns da mulher narcisista.

Se você notar algumas dessas características e tendências, será uma boa ideia tomar precauções e distanciar-se dessas pessoas para evitar ser enganado, manipulado ou explorado.

Sobre o autor: Emilson Lúcio da Silva

Avatar de Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Artigos relacionados

Avatar do Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Autor: Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Emilson Lúcio da Silva é Psicólogo desde 2012. Ele possui o título de especialista pelo Conselho Federal de Psicologia e é reconhecido como uma autoridade na área de saúde mental.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *