Como superar a síndrome do impostor em um relacionamento?

Homem de olhos claros, vestindo um casaco escuro, abaixando uma máscara branca na metade do rosto

Categoria: Insegurança

Avatar de Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Importante: este artigo é meramente informativo e insuficiente para um diagnóstico definitivo. Sendo assim, é recomendado agendar uma consulta sobre seu caso em particular.

Publicidade
Início do artigo

Embora o termo síndrome do impostor seja geralmente associado ao trabalho e às realizações pessoais, ele também pode afetar as pessoas nos relacionamentos. Em um relacionamento, ela ocorre quando você sente que não é bom o suficiente para seu parceiro e indigno de amor.

Embora seja normal sentir alguma insegurança, principalmente nos estágios iniciais, experimentar a síndrome do impostor faz com que você duvide de si mesmo e se sinta extremamente ansioso.

Como a síndrome do impostor aparece nos relacionamentos?

Estas são algumas das maneiras pelas quais a síndrome do impostor aparece em seu relacionamento:

Sentindo-se indigno

Você se sente insuficiente e tem dificuldade para se ver como uma pessoa que vale a pena. Você coloca seu parceiro em um pedestal e se desvaloriza, além de acreditar que ele merece alguém melhor do que você;

Leia também:  Medo da intimidade: quando alguém evita se aproximar demais

Concentrando-se nas deficiências

Você não consegue ver seus pontos fortes e fica hiperconcentrado nas deficiências percebidas. Como resultado, você se vê como um fardo no relacionamento, em vez de um parceiro igual.

Publicidade

Temendo exposição

Na síndrome do impostor parece que você está desempenhando um papel e fingindo ser outra pessoa. Você também teme constantemente que seu parceiro descubra seu verdadeiro eu e o considere inadequado;

Duvidando do seu parceiro

Seus sentimentos de inadequação farão com que você duvide dos sentimentos do seu parceiro. Você se sente inseguro ou até mesmo com ciúmes dos outros na vida dele porque acha difícil acreditar que ele esteja genuinamente comprometido com você.

Esperando o pior

Você não se sente digno de ter coisas boas e, em algum lugar, está esperando que essas sensações sejam tiradas de você. Em vez de esperar o melhor, você se prepara para o pior.

Quem experimenta a síndrome do impostor?

Algumas pessoas são mais propensas do que outras a experimentar a síndrome do impostor:

Pessoas inseguras

Pessoas inseguras duvidam do seu valor e sentem-se indignas de amor. Quando estão em relacionamentos íntimos, demonstram dificuldade em se abrir com o parceiro e confiar nele. Também temem que a outra pessoa descubra partes deles que não são amáveis.

Pessoas com tendências perfeccionistas

Pessoas que tendem a ser perfeccionistas são mais propensas à síndrome do impostor porque nunca correspondem às expectativas irrealistas que têm para si mesmas. Elas compensam suas falhas percebidas comportando-se de maneiras que acham que os tornarão mais amáveis ​​para o parceiro, o que não é autêntico com quem eles realmente são.

Quais os impactos da síndrome do impostor nos relacionamentos?

Estas são algumas das maneiras pelas quais a síndrome do impostor afeta seu relacionamento:

Leia também:  As 3 causas mais comuns de insegurança e como superá-las

Incapacidade de se conectar

​​Sentir constantemente que está desempenhando um papel e não confiar em seu parceiro dificulta a formação de uma conexão profunda e significativa. Para construir um vínculo forte, você precisa ser vulnerável e compartilhar-se com ele.

Comunicação deficiente

A síndrome do Impostor dificulta a comunicação honesta e aberta com seu parceiro. Você terá dificuldade para compartilhar seus verdadeiros sentimentos com ele e, em vez disso, suprimir seus pensamentos. Você também interpretará as coisas que ele diz fora do contexto e se sentirá ofendido.

Tensão no relacionamento

Se você muitas vezes se sente inseguro e inadequado, seu parceiro terá que fornecer muita garantia e validação, o que será exaustivo e prejudicará o relacionamento.

Conflito

A insegurança e o ciúme infundado também levam a ressentimentos e conflitos, prejudicando o relacionamento.

Sabotagem

Se você não acredita que merece estar em um relacionamento, encontrará maneiras de afastar seu parceiro e sabotar as coisas. Se você está constantemente preocupado com a possibilidade dele terminar com você, será mais fácil você terminar primeiro.

Como superar a síndrome do impostor em seu relacionamento?

Algumas estratégias que ajudam a lidar com a síndrome do impostor nos relacionamentos incluem:

Identifique seus gatilhos

Trabalhe sua autoconsciência e aprenda a identificar situações que desencadeiam seus pensamentos de síndrome do impostor. Estar mais consciente de seus gatilhos vai ajudá-lo a lidar com eles.

Substitua pensamentos inúteis

Rejeite pensamentos sobre a síndrome do impostor e recuse-se a aceitá-los como verdades. Em vez disso, crie pensamentos alternativos para substituí-los. Por exemplo, em vez de pensar “Meu parceiro merece estar com alguém melhor”, diga a si mesmo “Sou gentil, forte e engraçado. Eu mereço o amor do meu parceiro.”.

Concentre-se nos seus pontos fortes

Lembre-se frequentemente dos seus pontos fortes. Você deve optar por fazer afirmações diárias, fazer uma lista de seus pontos fortes e lê-la todos os dias. Fazer regularmente coisas nas quais você é bom também ajudará a aumentar sua confiança.

Leia também:  Os 4 maiores hábitos de pessoas inseguras

Confie seus medos ao seu parceiro

Seja vulnerável e aberto com seu parceiro sobre o que você está enfrentando. Isso envolve compartilhar seus medos e explicar como isso se manifesta em alguns de seus comportamentos, para que ele entenda melhor de onde você vem.

Trabalhe no autoaperfeiçoamento

Nenhum de nós é perfeito e todos temos nossas fraquezas. Em vez de focar em suas falhas ou erros, concentre-se nas áreas onde você pode melhorar. Isso o ajudará a crescer como pessoa e também beneficiará seus relacionamentos.

Considere fazer terapia

Considere fazer terapia para trabalhar alguns desses pensamentos, explorar suas origens e aprender como evitar que afetem seu comportamento. Você e seu parceiro também podem se beneficiar fazendo terapia de casal juntos.

Palavras finais

A síndrome do impostor nos relacionamentos fará você sentir que não merece o amor do seu parceiro. Isso dificulta a busca pela felicidade, porque você se sentirá constantemente ansioso, inseguro e indigno. Felizmente, você pode aprender como superá-la.

Se você já tentou várias estratégias, mas ela afeta negativamente seus relacionamentos, você pode se beneficiar ao procurar intervenção profissional. A terapia para a síndrome do impostor lhe ensinará estratégias de enfrentamento para lidar com sentimentos de dúvida e ajudá-lo a mudar seus padrões de pensamento.

Em última análise, o tratamento da síndrome do impostor vai ajudá-lo a ter relacionamentos mais saudáveis, pois você não ficará tão inseguro com a saída do seu parceiro e não se contentará com relacionamentos abusivos ou unilaterais.

Sobre o autor: Emilson Lúcio da Silva

Avatar de Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Artigos relacionados

Avatar do Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Autor: Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Emilson Lúcio da Silva é Psicólogo desde 2012. Ele possui o título de especialista pelo Conselho Federal de Psicologia e é reconhecido como uma autoridade na área de saúde mental.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *