Quais as diferenças entre psicoterapeuta e Psicólogo?

Um paciente sendo atendido por um Psicólogo e psicoterapeuta

Categoria: Psicólogo online

Avatar de Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Importante: este artigo é meramente informativo e insuficiente para um diagnóstico definitivo. Sendo assim, é recomendado agendar uma consulta sobre seu caso em particular.

Publicidade
Início do artigo

É muito comum as pessoas não entenderem a diferença entre psicoterapeuta e Psicólogo. Sendo assim, este artigo explora algumas das diferenças mais importantes, bem como os papéis de um psicoterapeuta e de um psicólogo.

O que é psicoterapia?

Psicoterapia é um tratamento de saúde mental que envolve um paciente conversando com um Psicólogo ou psicoterapeuta treinado, de modo a lidar com sofrimentos psicológicos e emocionais:

  1. A intenção é ajudar o paciente a compreender seus pensamentos, sentimentos e comportamentos, fornecendo-lhe ferramentas e técnicas para enfrentar desafios, melhorar o bem-estar e sua qualidade de vida geral;
  2. A psicoterapia é um tratamento proposital, poderoso e há evidências científicas que mostram sua eficácia.
Leia também:  A importância de um Psicólogo online para uma boa saúde mental

A psicoterapia é oferecida em modalidades como individual, terapia de grupo, terapia de casal ou terapia familiar, e incorpora diferentes abordagens conforma as necessidades e preferências do(s) paciente(s).

Qual o papel do psicoterapeuta?

O psicoterapeuta geralmente possui formação em psicologia, medicina e/ou concluiu uma qualificação específica em psicoterapia.

Ou seja, ele possui uma qualificação universitária (geralmente pós-graduação)

A profissão de psicoterapeuta é autorregulada, o que significa que o registro em conselhos, e outras organizações não é obrigatória.

O psicoterapeuta trabalha em vários ambientes, como:

  • Consultórios particulares;
  • Clínicas de saúde;
  • Hospitais, escolas ou organizações comunitárias.

Um bom psicoterapeuta fornece um ambiente empático e sem julgamentos para apoiar os pacientes na obtenção de insights, na resolução de conflitos, no gerenciamento de emoções, na construção de resiliência e na melhoria de seu bem-estar mental geral.

Ambos, Psicólogos e psicoterapeutas, não prescrevem medicamentos, mas colaboram com clínicos gerais, psiquiatras e outros profissionais médicos caso o manejo da medicação for apropriada para o tratamento do paciente.

O que é a Psicologia?

A Psicologia é o estudo científico da mente e do comportamento humano, incluindo:

  • Pensamentos;
  • Emoções;
  • Percepções;
  • Motivações;
  • Interações sociais.

É um campo amplo, que inclui múltiplas subdisciplinas e áreas de especialização. Estas incluem a:

  • Psicologia cognitiva: que examina processos cognitivos como memória, atenção e resolução de problemas;
  • Psicologia social: que explora como outros indivíduos e o contexto social influenciam e impactam os indivíduos;
  • Psicologia do desenvolvimento: que estuda o crescimento humano e as mudanças ao longo da vida; e muitos mais.
Leia também:  Guia para encontrar um Psicólogo online grátis ou de baixo custo

A pesquisa psicológica é realizada em universidades, institutos de pesquisa e locais de trabalho. Ela envolve a combinação de estudos experimentais, pesquisas, observações e análises estatísticas para coletar e interpretar dados.

As descobertas da pesquisa psicológica ajudam a fomentar teorias e fornecem insights sobre o comportamento humano, os processos mentais e o bem-estar psicológico.

Um bacharel em Psicologia é alguém que concluiu o ensino universitário em Psicologia. No entanto, os Psicólogos de fato são aqueles registados nos Conselhos Regionais de Psicologia, espalhados por cada Estado do Brasil.

Os Psicólogos atuam em um âmbito especializado (denominado escopo de prática), que inclui:

Publicidade
  • Psicólogos clínicos;
  • Psicólogos educacionais;
  • Psicólogos pesquisadores.

Especificamente, os Psicólogos são treinados para avaliar e contribuir para o diagnóstico de condições de aprendizagem, desenvolvimento ou saúde mental, como por exemplo, os transtornos de personalidade.

Leia também:  Compreenda como a pandemia facilitou o acesso à terapia online

Eles realizam testes psicológicos e fornecem abordagens ou terapias baseadas em evidências, de modo a apoiar indivíduos com dificuldades de aprendizagem, saúde mental ou desenvolvimento.

Alguns trabalham sistemicamente, por exemplo, com famílias, escolas ou organizações.

Semelhante aos psicoterapeutas, alguns Psicólogos oferecem psicoterapia para a compreensão de pensamentos, sentimentos e comportamentos dos pacientes.

Essa psicoterapia pode ser diádica (individualmente), triádica (casais) ou baseada em grupo.

Tal como acontece com os psicoterapeutas, os Psicólogos podem trabalhar de forma independente e como parte de uma equipe interdisciplinar.

Qual é a diferença entre Psicólogo e psicoterapeuta?

DescriçãoPsicólogoPsicoterapeuta
QualificaçõesGraduação em psicologia, geralmente incluindo um trabalho de conclusão de curso.Curso livre focado em psicoterapia
Títulos protegidosPsicólogo é um termo protegido. Um profissional só pode se autodenominar Psicólogo quando registrado em um Conselho Regional de PsicologiaEmbora todos os Psicólogos possam ser chamados de psicoterapeutas se tiverem formação em técnicas psicoterapêuticas, nem todos os psicoterapeutas podem se denominar Psicólogos
Algumas
Especialidades
Psicólogo clínico (foco em condições clínicas e transtornos de personalidade);
Psicólogo educacional (foco no desenvolvimento);
Neuropsicólogo (especialização em testes neurológicos);
Psicólogo pesquisador.
Dependendo da formação, um psicoterapeuta pode se especializar em uma ou mais psicoterapias (psicoterapeutas ecléticos ou integrativos).
DiagnósticoPsicólogos diagnosticam os pacientes para compreendê-los em um contexto clínico usando os critérios do DSM ou do CID.Os psicoterapeutas não diagnosticam. Seu foco está em lidar com problemas comportamentais ou emocionais.
RegistroConselhos Regionais de PsicologiaDependendo do país, a psicoterapia pode ser licenciada ou não. Em sua maioria, os psicoterapeutas são autorregulados, o que significa que pertencem voluntariamente a organizações.

Conclusão

Antes de se decidir por um Psicólogo ou um psicoterapeuta, é essencial observar as qualificações, o histórico e a necessidade de registro.

Profissionais responsáveis recebem supervisão regular e se preocupam com o desenvolvimento contínuo.

Peça para o profissional escolhido falar sobre sua experiência, registro e treinamento.

Sobre o autor: Emilson Lúcio da Silva

Avatar de Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Artigos relacionados

Avatar do Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Autor: Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Emilson Lúcio da Silva é Psicólogo desde 2012. Ele possui o título de especialista pelo Conselho Federal de Psicologia e é reconhecido como uma autoridade na área de saúde mental.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *