Aprenda a dizer não para as pessoas sem se sentir culpado

Terreno vazio com faixas nas cores vermelha e branco de forma cruzada

Categoria: Insegurança

Avatar de Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Importante: este artigo é meramente informativo e insuficiente para um diagnóstico definitivo. Sendo assim, é recomendado agendar uma consulta sobre seu caso em particular.

Publicidade
Início do artigo

Dizer não para as pessoas é uma habilidade que nem todos nós temos. É muito comum haver ansiedade e estresse na total incapacidade de dizer não.

O que acontece é que as pessoas se comprometem demais com uma série de coisas, e acreditam que devem dizer sim a todas as oportunidades.

No entanto, cada nova escolha vem com a perda de capacidade de investir em outras opções.

Por exemplo, quando tomei a decisão de sentar e escrever este post, abri mão da oportunidade de dar uma caminhada, ler ou dormir.

Cada escolha que fazemos tem um custo financeiro, de tempo e energia, e nem sempre estamos conscientes disso.

A resistência em dizer não para as pessoas existe por uma série de razões, incluindo:

  • Exigências sociais como:”você não pode dizer não às pessoas” ou “você não deve ser egoísta”;
  • Expectativas de amigos e familiares ou;
  • O medo de perder compromissos e obrigações.

Quando você deve dizer não para as pessoas?

Às vezes precisamos dizer não para as pessoas, e para isso precisamos ser capazes de dizer não a nós mesmos primeiro.

Em geral, ao tentar descobrir quando dizer não, incentivo meus pacientes a se fazerem várias perguntas para avaliar os custos de oportunidade.

Essas questões incluem:

  • Dizer sim vai me impedir de focar em algo que é mais importante?
  • Este projeto, oportunidade ou atividade se alinha com meus valores, crenças e objetivos?
  • Quais são meus principais valores, crenças e objetivos atuais?
  • Dizer sim me deixará ainda mais cansado ou esgotado ?
  • Dizer sim será bom para minha saúde mental? Ou piorará meus sintomas ?
  • No passado, quando eu disse sim, acabei me arrependendo?
  • Tenho tempo, energia e dinheiro para isso no momento?
  • Eu quero fazer isso?
  • Isso agregará valor à minha vida?
  • Estou dizendo sim só porque tenho medo de dizer não?
Leia também:  Por que você está evitando a intimidade?

Se a resposta a qualquer uma dessas perguntas indicar que um não é a melhor opção, então é importante saber como dizê-lo.

Outras coisas a se considerar ao dizer não, são:

  • O contexto do relacionamento (quão próximo é o relacionamento?);
  • A solicitação feita ou a oportunidade oferecida e;
  • Ao que queremos dizer não (podemos querer dizer não a parte de o pedido, mas permitir outra parte)?

Como dizer não para as pessoas?

Meus pacientes costumam expressar uma série de preocupações quando pensam em dizer não a algo.

Algumas preocupações comuns incluem:

  • Não saber quando dizer não;
  • Incapacidade de dizer não de forma educada;
  • Culpar-se com o fato de as pessoas ficarem chateadas ou com raiva quando receberem um não;

A culpa geralmente está associada a uma quebra de regras. Mas, elas geralmente vêm de outras pessoas, como seus pais ou professores, onde a voz deles, e não a sua, está dentro de sua cabeça.

Uma voz que é autoritária, crítica e desperta a culpa quando você quebra as regras determinada por eles. Ao dizer sempre sim, você evita a culpa e a autocrítica, mas com um custo.

Com essa última preocupação eu incentivo os pacientes a lembrarem que: um bom limite a ser mantido é saber que não podemos controlar a reação de alguém a alguma coisa.

O único controle que temos é avaliar cuidadosamente um não e oferecê-lo com respeito e educação.

Permitir que outros experimentem e processem sentimentos sem tornar isso sua responsabilidade é uma competência-chave ao pensar em dizer não para as pessoas.

Publicidade

É importante lembrar que a maioria das pessoas deve ​​responder bem a um ocasional não.

Se alguém se comportar de forma irracional ao receber um não, então há justificativa para estabelecer limites mais firmes, e dizer não com mais frequência.

Leia também:  Por que não sei lidar com as pessoas?

Em geral, quanto mais próximo o relacionamento, mais provável é que queiramos estar ao lado de alguém, mas isso não significa que nunca digamos não.

Provavelmente, é ainda mais essencial ter bons limites com as pessoas mais próximas a nós, para que possamos manter relacionamentos saudáveis ​​e duradouros.

Algumas maneiras simples, mas que mantêm o relacionamento, de dizer não são:

  • Obrigado, mas isso não é para mim: simples, fácil de entender, fala sobre você e não sobre a outra pessoa. Também é perfeitamente normal dizer não sem explicar por quê;
  • É uma oferta adorável, mas no momento não tenho interesse. Podemos tentar no próximo mês? bom para usar quando você quer fazer algo, mas não tem tempo, energia ou dinheiro para isso. Outra maneira de dizer isso é: “Não é minha intenção ofender, mas minha agenda está cheia e não posso me comprometer com isso agora”;
  • Não tenho capacidade para fazer X no momento, mas poderia fazer Y: bom para usar quando você sentir que pode dizer sim a parte de um pedido, ou pode oferecer um meio-termo;
  • Desculpe, já tenho outros planos em mente: É importante usar isso com cuidado e apenas quando for verdade, não como uma mentira social fácil para evitar dizer não;
  • Não posso ajudar com esse pedido, mas você já tentou falar com X sobre isso? às vezes, simplesmente não somos as melhores pessoas para a função, ou não temos o que está sendo procurado. Frequentemente, é possível usar uma variante disso em relacionamentos pessoais, principalmente quando você sentir que as pessoas estão ultrapassando seus limites;
  • Não acho que sou a melhor pessoa para ajudar com isso, desculpe: simples e honesto;
  • Lamento não poder ajudar com isso, mas acho que você mesmo fará um ótimo trabalho: uma boa maneira de oferecer um meio-termo quando você sente que alguém é muito dependente e está pedindo seu apoio para coisas que ele é capaz de fazer por si mesmo.
Leia também:  Consumir conteúdo adulto frequentemente pode ser um vício?

O ponto crucial de dizer não é:

  • Entender por que você está dizendo não;
  • Observar ao que você está dizendo não e;
  • Entender seus bloqueios ao não conseguir dizer não.

É útil lembrar os custos de oportunidade, e que dizer não para as pessoas que não se alinham com seus objetivos e valores abrirá tempo para outras coisas mais importantes.

Você tem o direito de dizer não para as pessoas

Dizer não, não é fácil. Isso nos faz sentirmos estranhos, ansiosos ou culpados (e possivelmente as três coisas ao mesmo tempo).

Com a prática fica mais fácil, e o resultado é uma vida cheia de satisfação.

Você tem direito de:

  • Dizer não às coisas que vão te machucar;
  • Ter relacionamentos saudáveis;
  • Dizer não a qualquer coisa que drene sua energia e interfira em uma vida saudável;
  • Ter seus melhores interesses em mente;
  • Dizer não à quaisquer histórias que não sejam verdadeiras para você;
  • Dizer a alguém que você precisará de tempo para considerar seu pedido;
  • Dizer não ao uso de uma fachada para que os outros gostem de você;
  • Ter uma vida plena;
  • Dizer não ao passado e ao futuro;
  • Dizer não ao barulho ao seu redor;
  • Não precisar impressionar ninguém;
  • Dizer não a um jantar que não quer ir;

Reflita sobre as coisas que gostaria de dizer não, e lembre-se de que você tem o direito de dizer não a qualquer momento e para qualquer coisa.

Dizer não é uma das melhores formas de autocuidado em que podemos nos envolver.

Em última análise, dizer não nos dá mais autonomia e oportunidade de construir uma vida plena e significativa.

Afinal, só podemos ter poder sobre nós mesmos. Então, vamos exercer esse poder.

Sobre o autor: Emilson Lúcio da Silva

Avatar de Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Artigos relacionados

Avatar do Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Autor: Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Emilson Lúcio da Silva é Psicólogo desde 2012. Ele possui o título de especialista pelo Conselho Federal de Psicologia e é reconhecido como uma autoridade na área de saúde mental.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *