Paixão ou amor: como saber se você está apenas apaixonado?

Um casal ao ar livre, olhando para o alto e com cara de apaixonados

Categoria: Casamento

Avatar de Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Importante: este artigo é meramente informativo e insuficiente para um diagnóstico definitivo. Sendo assim, é recomendado agendar uma consulta sobre seu caso em particular.

Publicidade
Início do artigo

Há uma série de pistas que são usadas para descobrir a diferença entre paixão e amor.

Embora você não possa viver ambos os estados ao mesmo tempo, pode viver ambos no mesmo relacionamento.

Quais são os sinais de paixão e amor?

Características da paixão

A paixão é marcada por euforia, sentimentos irracionais, luxúria e superficialidade.

Algumas pessoas afirmam que o coração dispara em um momento, mas no outro estão para baixo e deprimidas. Elas também perdem o sono ou não têm apetite.

Durante a paixão, há um aumento da frequência cardíaca, excitamento e ansiedade devido à liberação de noradrenalina.

Ela também requer um profundo senso de conexão, mas é baseado principalmente na idealização de outra pessoa.

Se você quiser distinguir entre os dois estados emocionais, aqui estão alguns de que você está apaixonado:

  • Você diz a seus amigos que está perdidamente apaixonado;
  • Você rapidamente deseja a pessoa e talvez até fique obcecado;
  • Você fica atordoado e ansioso na ausência da pessoa;
  • Você tem manifestações físicas como palmas das mãos suadas e dores de estômago;
  • Você fica fantasiando sobre estar com a pessoa;
  • Você tem uma visão idealizada e acredita que ela é perfeita;
  • Você tem um relacionamento superficial com ela;
Leia também:  O consumo de conteúdo adulto prejudica o relacionamento?

Características do amor

Quando você está amando, vê a vida através de uma perspectiva diferente. Há um mútuo calmo conhecimento e um vínculo entre o casal.

Você já teve tempo de conhecer o lado bom e o lado ruim do seu parceiro, e ele também conhece o verdadeiro você.

Quando se está amando, o casal tem uma comunicação aberta, honesta, respeitosa e carinhosa. Se você e seu parceiro cultivaram um apego saudável, então vocês estão verdadeiramente se amando.

Curiosamente, o casal que se ama também tem uma amizade maravilhosa. Parceiros que valorizam a amizade são mais afetuosos e comprometidos

Valorizar a amizade em um casamento é um forte preditor positivo de amor, gratificação sexual e compromisso romântico.

A seguir estão listados os sinais comuns do amor. Você notará que cada uma das seguintes indicações são o oposto das listadas para paixão:

  • Você diz a seus amigos que leva a pessoa a sério;
  • Seus sentimentos se desenvolvem lentamente;
  • Você se sente contente com ela, mas também à vontade quando ela não está por perto;
  • Embora fique feliz em vê-la, você não fica nervoso, ansioso ou confuso;
  • Você cria cenários da vida real sobre um futuro juntos;
  • Você tem uma visão realista da pessoa e a ama apesar de suas imperfeições;
  • Você tem um relacionamento profundo, baseado na intimidade compartilhada, vulnerabilidade e confiança.

A paixão pode se transformar em amor?

A paixão é o primeiro estágio do amor. Porém, isso não significa que todos experimentam a adrenalina da paixão antes de progredir.

Se você estiver na fase de paixão, saiba que isso pode levar a um estado mais estável e maduro mais tarde.

Publicidade

O problema é que algumas pessoas adoram sentir a emoção de estar apaixonado. Elas se tornam viciadas em começos emocionantes que este primeiro estágio oferece.

Leia também:  A amizade entre homem e mulher é possível?

O amor também pode se tornar tão viciante quanto outras subtâncias. O vício do amor, que não tem a ver com o amor verdadeiro, é uma modalidade disfuncional.

Se você deseja passar da paixão para o amor, precisa estar disposto a trocar a velocidade do relacionamento pela profundidade.

Você precisará estar aberto, compartilhar vulnerabilidades e fraquezas e deixar de lado as fantasias.

Depois de conhecer quem realmente é seu parceiro e deixá-lo saber quem você realmente é, você pode amá-lo.

Quanto tempo dura a paixão?

A paixão geralmente acontece imediatamente após conhecer alguém pela primeira vez.

Em média, a paixão dura entre 18 meses e três anos. Mas, não há realmente uma quantidade de tempo definida para durar em todos os relacionamentos.

Ela é mais evidente na “fase de lua de mel”, que pode durar algumas semanas, alguns meses ou mesmo anos para alguns casais.

Em vez de pensar em quanto tempo dura o estágio de paixão, considere quanto tempo leva para avançar para o estágio do amor.

A paixão é uma coisa ruim?

A paixão não é necessariamente uma coisa ruim. Ela é apenas um pré-requisito para se conhecer alguém mais intimamente e, posteriormente, se transformar em amor.

Entretanto, ela pode ser prejudicial se em extremos.

Quando você está apaixonado, isso significa que você gosta de sua aparência e se sente sexualmente/fisicamente atraído por alguém.

É importante ter atração sexual/física por alguém para desenvolver um relacionamento romântico. Mas, se a paixão se torna uma obsessão com expectativas irrealistas e exigência de perfeição, sim, torna-se ruim.

Leia também:  Como sobreviver em um casamento infeliz?

Um relacionamento sobrevive apenas com paixão?

Compromissos de longo prazo geralmente não sobrevivem apenas com paixão, mas é possível senti-la por anos, dependendo das circunstâncias.

A menos que um relacionamento à distância esteja acontecendo, ou um indivíduo extremamente inseguro esteja fascinado, a paixão raramente dura mais do que esse tempo.

Como permanecer apaixonado de maneira saudável?

Por meio de um processo contínuo de maximizar os pontos fortes de seu parceiro, você pode manter uma sensação de alegria e excitação permanentes.

No amor genuíno, você compartilha seus valores, esperanças e sonhos com seu outro significativo. Vocês confiam um no outro durante as crises e torcem um pelo outro durante os bons momentos.

Isso não significa que não possam continuarem apaixonados.

Explorem maneiras físicas e não físicas de aumentar a intimidade sexual, na dramatização e fantasia.

Vocês também podem relembrar suas histórias de amor, incluindo como se conheceram e quando sentiram atração entre si.

Passear pela memória ajuda a reacender a paixão.

Palavras finais

A paixão costuma ser baseado na fantasia por outra pessoa.

Isso impede que você reconheça suas fraquezas, e pode até colocá-lo em uma situação insalubre.

Por outro lado, o amor se baseia na realidade e se alimenta da proximidade e do conhecimento da outra pessoa.

Vocês respeitam as diferenças um do outro, desfrutam da verdadeira intimidade e trabalham em equipe.

Embora a paixão possa levar ao amor, o amor exige que você abandone a fantasia e aceite as diferenças, deficiências e individualidade.

Sobre o autor: Emilson Lúcio da Silva

Avatar de Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Artigos relacionados

Avatar do Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Autor: Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Emilson Lúcio da Silva é Psicólogo desde 2012. Ele possui o título de especialista pelo Conselho Federal de Psicologia e é reconhecido como uma autoridade na área de saúde mental.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *