Coisas a se considerar ao tentar ficar amigo de um ex

Casal sentado no telhado de um prédio e apreciando as luzes da cidade

Categoria: Divórcio

Avatar de Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Importante: este artigo é meramente informativo e insuficiente para um diagnóstico definitivo. Sendo assim, é recomendado agendar uma consulta sobre seu caso em particular.

Publicidade
Início do artigo

Várias pessoas chegam à terapia querendo descobrir como ficar amigo de um ex. Embora o relacionamento tenha terminado, a ligação ainda sobrevive. Afinal, passaram muito tempo juntos e desenvolveram uma química um pelo outro.

Alguém quer ficar amigo de um ex para aliviar a dor do rompimento. Embora um relacionamento platônico pareça uma ótima maneira de manter um ex na vida, isso levará a várias situações desafiadoras.

Aqui estão três coisas para se perguntar antes de tentar ficar amigo de um ex.

O que você valoriza na amizade com um ex?

As pessoas optam por ficar amigo de um ex por quatro grandes motivos:

Publicidade
  • Segurança;
  • Praticidade;
  • Civilidade e;
  • Desejos românticos não resolvidos.
Leia também:  9 dicas para superar um divórcio

Ficar amigo de um ex por segurança e praticidade tem mais chances de ter resultados positivos.

Quando conhecemos alguém intimamente, confiamos nela para receber apoio emocional e ajuda. As amizades que nascem a partir da vontade de estarem ao lado um do outro em tempos difíceis são sinceras.

Se esta é a situação entre você e seu ex, é improvável que a amizade cause problemas.

Da mesma forma, se vocês têm um filho juntos ou compartilham o mesmo local de trabalho, a amizade é baseada em uma necessidade prática de se dar bem. Essas amizades são gratificantes e tornam a vida mais fácil.

Por outro lado, se você quer ficar amigo de um ex apenas para manter a civilidade ou porque um de vocês nutre desejos românticos não resolvidos em relação ao outro, a amizade ficará prejudicada.

Amizades baseadas na civilidade não duram tanto, e aquelas decorrentes de desejos românticos não resolvidos levam a desgosto e ciúmes .

Então, seja honesto consigo mesmo: por que você quer ficar amigo de um ex?

Quanto tempo se passou desde a separação?

Depois de um rompimento, é importante se afastar de um ex por um tempo para obter um fechamento. É quando você se faz perguntas como:

  • O que deu errado?
  • O que posso aprender com esse relacionamento para melhorar como pessoa?
  • Meu ex é responsável pelo como estou me sentindo agora?
  • Existem alguns sinais de alerta que preciso observar no futuro?
Leia também:  A pessoa que termina um relacionamento também precisa de apoio

Se você e seu ex permanecerem amigos depois que se separarem, haverá uma barreira para o processo de fechamento.

Embora seja reconfortante sentir que você não os perdeu completamente, é uma maneira perigosamente fácil de cair em um padrão de relacionamento com o ex, que também está buscando conforto e validação de você.

Relacionamentos de idas e vindas são altamente estressantes e levam a problemas sérios como depressão e ansiedade .

Há também a possibilidade de que um (ou ambos) de vocês se envolva em relacionamentos de rebote. Ficar amigo de um ex que está se recuperando é como esfregar sal em suas feridas, e não ajuda ninguém.

Dê a si mesmo tempo para se curar antes de considerar a possibilidade de ficar amigo de um ex. Não há nada de egoísta nisso.

O que essa amizade significará para seus futuros relacionamentos românticos?

Uma separação é um sinal claro de que o relacionamento não funcionou da maneira que se esperava.

Isso não significa que agora você está destinado a ser solteiro para sempre. Você ainda vai conhecer novas pessoas e formar novos relacionamentos.

A última coisa que você quer que aconteça é começar a namorar alguém novo, e descobrir que seu ex continua ligando ou mandando mensagens de texto.

Encontrar ou conversar regularmente com um ex sinaliza para um novo parceiro que você não o superou, ou está carregando a bagagem de um relacionamento antigo com o qual ele não quer lidar.

Leia também:  3 grandes razões que levam o casal a deixar de se amar

Mesmo que a nova pessoa não se sinta desencorajada pela amizade, é preciso ser sincero e estar presente no novo relacionamento. Pergunte a si mesmo sobre esses cenários se desenrolando:

  • Como seu ex reagirá ao novo parceiro?
  • Como você responderá às perguntas sobre seu ex?
  • Quão confortável ficará em apresentar seu ex ao novo parceiro?
  • Como se sentirá ao contar ao seu ex sobre seu novo parceiro?

Se essas perguntas o deixarem desconfortável, você não pode ficar amigo de um ex sem que isso afete seus relacionamentos futuros.

Você não está sozinho em querer ficar amigo de um ex, e não há nada inerentemente errado com isso. O ex pode ser um amigo que sabe como apoiar, motivar e cuidar de você. No entanto, cada situação é única.

Não se apresse, pergunte a si o que quer da amizade e certifique-se de que seu o ex permaneça no passado.

Sobre o autor: Emilson Lúcio da Silva

Avatar de Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Artigos relacionados

Avatar do Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Autor: Psicólogo Emilson Lúcio da Silva

Emilson Lúcio da Silva é Psicólogo desde 2012. Ele possui o título de especialista pelo Conselho Federal de Psicologia e é reconhecido como uma autoridade na área de saúde mental.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *